Hoje na Economia 2014_09_10

Propaganda
Hoje na Economia
Edição 1111
10/09/2014
Mercados seguem com ligeira queda na manhã de quarta-feira, após já terem recuado bastante
no dia anterior. A maior razão para o pessimismo do mercado financeiro é o aumento de
apostas de que o Federal Reserve dos EUA pode subir juros mais cedo do que o esperado, após
discurso na segunda-feira do presidente do Fed de San Francisco.
Na Ásia, as bolsas fecharam em queda, com o índice MSCI Ásia Pacífico recuando 0,8% O índice
Nikkei225 do Japão subiu 0,25%, com dados econômicos vindo abaixo do esperado, mas ainda
positivos (inflação ao produtor em 3,9% A/A e crescimento de pedidos de máquinas de 3,5%
M/M). A bolsa de Xangai teve queda, com rumores de que a contração nas vendas do setor
imobiliário chinês se intensificou. O presidente do Banco do Povo da China adiantou a
divulgação do dado de crescimento de moeda no país, que ficou menor em agosto, indicando
menor crescimento do crédito e da economia. O iene segue se desvalorizando contra o dólar,
perdendo 0,43% de valor hoje, cotado a ¥/US$ 106,66.
Na Europa, as bolsas operam em sua maioria em queda. O índice pan-europeu STOXX600 cai
0,17%, com a bolsa de Frankfurt recuando 0,09% e a de Paris 0,01%. A bolsa de Londres sobe
0,07%, com tentativas dos governantes britânicos de tentar evitar a separação da Escócia em
plebiscito que ocorrerá no final de semana. O euro basicamente estável diante do dólar, cotado
a US$/€ 1,2937.
Nos EUA, os futuros das bolsas operam em ligeira alta, com Dow Jones subindo 0,02% e S&P
500 0,01%. O dólar está perdendo valor contra certas moedas, com índice DXY caindo 0,09%.
Essa queda de valor parece estar concentrada em moedas de países desenvolvidos. As moedas
de países emergentes estão se desvalorizando consideravelmente diante do dólar hoje, como
seria de se esperar dada a mudança de expectativas em relação à taxa de juros nos EUA. A
Treasury de 10 anos segue em alta hoje, tendo alcançado o patamar de 2,52% a.a. (era 2,33%
há duas semanas). Hoje sairão dados sobre estoques no atacado que devem ter pouco impacto
no mercado.
Os preços de commodities hoje continuam em queda, seguindo os rumores de piora no setor
imobiliário chinês. O índice UBS/Bloomberg de commodities recua 0,18%, com queda nas
commodities metálicas e agrícolas. O petróleo tipo WTI cai 0,16%, com o preço do barril a US$
92,61.
Hoje no Brasil a agenda é consideravelmente vazia. Deve haver divulgação de pesquisa eleitoral
Datafolha ao longo do dia. O ambiente de maior aversão ao risco, devido ao que ocorre nos EUA
e na China, deve dar o tom no dia de hoje. O aumento nas Treasury deve fazer o dinheiro sair
de mercados emergentes, com desvalorização do real ao longo do dia. A bolsa brasileira
também deve cair e os juros futuros devem subir.
Superintendência de Economia
SulAmérica Investimentos
Sulamericainvestimentos.com.br
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards