modelo resumo GM.indd

Propaganda
50º Congresso Brasileiro de Genética
Resumos do 50º Congresso Brasileiro de Genética • 7 a 10 de setembro de 2004
Costão do Santinho • Florianópolis • Santa Catarina • Brasil
www.sbg.org.br - ISBN 85-89109-04-6
[email protected]
Palavras-chave: Leishmania, data-mining, bioinformática
Pereira, PVS; Patricio, FJB; Holanda-Vianna, AMA; Barbosa, MHN; Lisboa, F; Frazão, JB; Leal-Mesquita, ER
Laboratório de Genética e Biologia Molecular, Departamento de Biologia, Universidade Federal do Maranhão.
Caracterização in silico de ESTs
de Leishmania chagasi,
São Luís – MA – Brasil
A leishmaniose visceral ou calazar é uma antropozoonose que acomete grande parte da Região Nordeste.
Pelos estudos realizados nota-se que mais da metade (51,8%) da população da região já teve contato com o
parasita (FONSECA et al., 1973). Não existindo vacina preventiva para a patologia, a profilaxia está única e
exclusivamente ligada à prevenção do contato com os vetores, mosquitos dos gêneros Phlebotomus e Lutzomia.
O presente trabalho visa caracterizar o conteúdo genético do parasita (Leishmania chagasi) e obter informações
sobre seu metabolismo, que indiquem novas possibilidades profiláticas contra a doença. As seqüências analisadas
foram obtidas pelo seqüenciamento automático de cDNA de Leishmania chagasi que envolve o Projeto Genoma
Nordeste – ProGeNe. Foram caracterizadas mais de 5000 seqüências, usando-se o critério de Phred 20. As
seqüências foram testadas contra os banco de dados do NCBI, usando-se a ferramenta BLAST para o alinhamento
de seqüências. Além do BLAST, foram utilizadas as ferramentas ORF finder e VecScreen, e o programa GenScan
para obtenção de dados complementares sobre as seqüências. Após a análise simples, que envolve o BLAST
das seqüências produzidas, foi realizada a sobreposição de seqüências e a conseqüente formação de clusters. Os
clusters também foram submetidos ao BLAST. A qualidade média das seqüências produzidas está em 79,44%
de base pagáveis, quando considerados os padrões de Phred 20. A média de pares de bases por seqüência é de
733, o que indica um bom processamento pré-data-mining. Da comparação dos clusters do ProGeNe, nos
quais nossas seqüências estão inseridas, há uma homologia significativa com genes pertencentes aos seguintes
organismos: Arabidopsis thaliana, Trypanosoma brucei, Crithidia fasciculata, Mus musculus e demais espécies de
Leishmania. Todas as seqüências homólogas apresentam um bom padrão de e-value (de 0 a 1e-165) e um score
alto. Todas essas homologias expressivas significam resultados convenientes para a elaboração de um mapa
metabólico do organismo, visando um maior conhecimento do mesmo. De acordo com os resultados, além do
mapa metabólico, a elaboração de modelos computacionais para o parasita seria adequada e viável.
Apoio financeiro: FAPEMA, GECTEC-MA e CNPq
1005
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Criar flashcards