Capítulo IX - professor dr. alexandre silva de oliveira

Propaganda
CAPÍTULO IX
Planejamento Estratégico
9.1.
Introdução
Este capítulo tem por objetivo apresentar questões básicas de Planejamento
Estratégico e discutir alguns aspectos do processo de formação de estratégias.
9.2.
Organização
Basicamente até 1960 as organizações eram consideradas como um sistema
fechado.
Ambiente Externo
ORGANIZAÇÃO
A partir de 1960 a organização passa a ser vista como um sistema aberto.
Ambiente Externo
ORGANIZAÇÃO
52
TGA
_______________________________________________________________________________
O ambiente de um sistema, representado por uma organização, pode ser
visualizado como:
Mercado de Mão de Obra
Governo
Concorrência
Fornecedores
Comunidade
ORGANIZAÇÃO
Sistema Financeiro
Tecnologia
Sindicatos
Consumidores
AdAPTAÇÃO
9.3.
Planejamento
Significa a Formulação sistemática de objetivos e ação alternativas e a escolha da
melhor ação.
Características:

Diz respeito a implicações futuras de decisões presentes<

É um processo de decisões inter-relacionadas e interdependentes que
visam alcançar objetivos previamente estabelecidos;
9.4.

O processo de planejamento [e mais importante que seu produto final;

Diz respeito a mudança.
Estratégia
Vários são os conceitos atribuídos a palavra estratégia, entre os quais citamos:

É um conjunto de decisões que são formulados com o objetivo de orientar o
posicionamento da empresa no seu ambiente;
53
TGA
_______________________________________________________________________________

É um caminho ou ação estabelecida de forma fazer com que a organização
possa alcançar os seus desafios e objetivos;

É o conjunto de objetivos, finalidades, metas, diretrizes fundamentais e os
planos para atingir esses objetivos, postulados de forma a definir em que
atividades a empresa se encontra, que tipo de empresa ela é ou deseja ser;

Expressa como uma empresa utiliza seus pontos fortes e fracos existentes e
potenciais, para alcançar seus objetivos, levando em consideração as
mudanças do meio ambiente.
Estratégia
9.5.
Capacidade Gerencial
Competitividade
Competitividade
É a capacidade de uma empresa para vender seu produto em um mercado
competitivo.
9.6.
Histórico
Planejamento a Longo Prazo
Origem anos 50 (EUA):

Extrapolação do passado;

Projeção do lucro.
Princípio da Descontinuidade Temporal
Os sistemas complexos nunca vão se comportar no futuro como se comportavam no
passado.
Planejamento Estratégico
Nos anos 60 ANSOFF propôs o planejamento estratégico, considerando a
estratégia como um mix produto /mercado, ou seja passava-se a levar em conta o
54
TGA
_______________________________________________________________________________
ambiente externo e o princípio da descontinuidade temporal porém não havia
preocupação com os problemas internos da empresa.
Planejamento Estratégico
X
Administração Estratégica
Preocupação com o
mix Produto /Mercado
Preocupação com as
mudanças organizacionais
Planejamento Estratégico Organizacional
9.7.
Planejamento Estratégico Organizacional
É um processo que consiste na análise sistemática dos pontos fortes e fracos da
empresa e das oportunidades e ameaças do meio ambiente, de forma a estabelecer
objetivos, estratégias e ações que possibilitem um aumento da competitividade
empresarial.
Processo do Planejamento Estratégico
CULTURA /VALORES
RELAÇÕES DE PODER
SENSIBILIZAÇÃO
NEGÓCIO /MISSÁO
FATORES CHAVES DE SUCESSO
ANÁLISE EXTERNA
ANÁLISE INTERNA
POLÍTICAS
OBJETIVOS E METAS
ESTRATÉGIAS
IMPLANTAÇÁO E CONTROLE
55
TGA
_______________________________________________________________________________
No diagnóstico básico vamos trabalhar com:

Cultura empresarial;

Valores;

Relações de poder;

Filosofia empresarial.
1. Sensibilização
Nesta fase tratamos de sensibilizar as pessoas para a aplicação do planejamento
estratégico e uso das estratégias.
Por que usar planejamento estratégico
Algumas razões para o uso do planejamento estratégico são:

Dinâmica do meio ambiente;

Geração de flexibilidade;

Interação dinâmica;

Integração interna da empresa;

Revitalização do espírito empresarial.
2. Missão Empresarial
Define a razão de ser da empresa. A missão tem por função a orientação e a
delimitação da ação empresarial.
2. Negócio
Define os setores onde a organização atua ou pretende atuar.
3. Fatores Chaves de Sucesso
São atributos que uma empresa deve possuir para ter sucesso em suas atividades.
OPORTUNIDADES
VARIÁVEL CRÍTICA EXTERNA
AMEAÇAS
Variável Crítica: É um fator interno ou externo a empresa cujo o comportamento tem
um efeito positivo ou negativo em um ou mais fatores chaves de sucesso.
56
TGA
_______________________________________________________________________________
4. Análise Externa
Tem por finalidade estudar a relação entre a empresa e o seu ambiente em termos
de oportunidades e ameaças.
Ex.: Oportunidades: ___________________________________________________
Ameaças: _______________________________________________________
METODOLOGIA BÁSICA
CLIENTE
MERCADO
COMPETIÇÃO
TENDÊNCIAS DO
MEIO AMBIENTE
OPORTUNIDADES
E AMEAÇAS
Modelo de Porter: A lucratividade de uma empresa é determinada por cinco forças
competitivas:
Competidores
Potenciais
1
3
A Rivalidade Entre
as Empresas
2
3
A Ameaça de
Novos
CompetidoresCompetidores
Atuais
1
1
Fornecedores
Compradores
3
3
A Empresa
4 O Poder De
3 O Poder
3 Negociação
3 De Negociação
5 A Ameaça de Produtos/Serviços
3 Substitutos
Substitutos
57
TGA
_______________________________________________________________________________
5. Análise Interna
Tem por finalidade a identificação dos pontos fortes e fracos da empresa em relação
aos fatores críticos de sucesso.
PONTO FORTE
VARIÁVEL CRÍTICA INTERNA
PONTO FRACO
Ex.: Oportunidades: ___________________________________________________
Ameaças: _______________________________________________________
METODOLOGIA BÁSICA
SISTEMA DE
MARKETING
SISTEMA DE
PRODUÇÃO
SISTEMA
ORGANIZACIONAL
RECURSOS
HUMANOS
PONTOS FORTES
E FRACOS
10.
Análise da Cadeia de Valor
Função: É uma atividade agregadora de valor, ou seja,aquela que contribui para os
custos além de criar uma base para diferenciação.
Contribuição: É a diferença entre o preço de mercado e o custo da função.
Empresa: É uma cadeia de atividades agregadoras de valor ou funções.
58
TGA
_______________________________________________________________________________
A maior competitividade de uma empresa está relacionada com:

Funções de baixo custo;

Funções que possibilitem a diferenciação do produto.
11.
Políticas Empresariais
São regras que vão orientar o comportamento e o procedimento interno e externo
da empresa.
Exemplos: __________________________________________________________
12.
Objetivos e Metas
Objetivos: __________________________________________________________
Metas: _____________________________________________________________
13.
Estratégia
Expressa como uma empresa utiliza seus pontos fortes e fracos existentes e
potenciais para atingir seus objetivos, levando em conta as oportunidades e ameaças do
meio ambiente.
Estratégias Competitivas Genéricas: São ações ofensivas ou defensivas para
enfrentar com sucesso as cinco forças competitivas. Estas estratégias ofensivas são:

Liderança de custo;

Diferenciação;

Enfoque.
Retorno
sobre o
investime
nto
Enf
oque
Diferenciação,
alto preço
e baixa produção
Alta produção e baixo preço
Parcela de Mercado
Segmento de
Mercado
Específico
Estratégias Específicas ou Funcionais: Expressam como uma função da empresa
poderá contribuir para que a mesma possa atingir seus objetivos.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards