universidade federal de santa maria

Propaganda
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
CENTRO DE CIENCIAS SOCIAIS E HUMANAS
PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA:
Temas de Metaética III – 1. Semestre 2014
Curso de Pós-Graduação em Filosofia
Prof. Dr. Ricardo Bins di Napoli
_____________________________________________________________________
1. Tema.
O seminário desenvolve a análise e discussão sobre o papel das emoções na
ação e no julgamento moral considerando, por um lado, os dados de pesquisas
científicas nos campos da biologia evolutiva, psicologia moral evolutiva e neurociência,
e, por outro, uma análise dos conceitos e da linguagem moral envolvidos.
A investigação parte do chamado dilema do trem desgovernado indicando que
o seres humanos podem horas decidir moralmente tanto com base em um cálculo
racional quanto em emoções. Novas pesquisas utilizando-se de variações do mesmo
experimento vem elucidando o papel das diferentes capacidades mentais humanas.
Pretende-se sustentar a tese de que as emoções concorrem junto com outras
capacidades mentais tais como a cognição (em sentido amplo), a consciência e uso de
racionalidade, consideradas como resultando de diferentes processos evolutivos
biológicos e sócio-culturais para a deliberação e para a ação morais. Isto permite dizer
que de certo modo que não se pode atribuir nem exclusivamente a razão o papel
central na deliberação moral, nem as emoções.
Assumindo-se que os condicionantes da ação moral são mais amplos do que
se costuma assumir na filosofia, por isso, pensa-se que se deveria revisar o espectro
das teorias morais normativas e metaéticas.
Ao final dever-se-á tirar conclusões a respeito da validade de certas teorias
morais filosóficas normativas.
1. Objetivos:
Ao final do semestre os alunos deverão ser capazes de:
1. Examinar o problema da ação moral e da deliberação moral;
2. Assumir um posicionamento próprio com relação ao tema com base em
argumentos apresentados pelos textos discutidos ou outros que possam
encontrar por conta própria.
2
Programa (Tópicos a serem abordados)
A moralidade: origens sócio-biológicas (contribuições da ciência- biologia e psicologia
evolutivas e neurociência). As contribuições da biologia evolutiva e da neurociência.
Emoções e sentimentos morais e seus conceitos.
3
Bibliografia.
BIRCHAL, T. de S. Joshua Greene e Marc Hauser nas fronteiras da filosofia: a moral
das morais evolucionistas. [email protected] v. 8, n. 3, p. 89-100, 2009.
ALANEN, L. What are emotions about? Philosophy and phenomenological
research. Vol. 67, no. 2, p. 311-334, 2003.
DAMASIO, A. O erro de Descastes. São Paulo: Cia das Letras, 1996.
DAMASIO, A. Ao encontro de Espinoza. 4a ed. Portugal: Europa-América, 2003.
[Temas de Metaética III – 2014-1- Prof. Dr. Ricardo B. di Napoli]
1
D’ARMS, J.; JACOBSON, D. Sentiment and Value. Ethics. v. 110, n. 4, p. 722-748.:
PRINZ, J.Beyond the human nature. London: Allen Lane, 2012. p. 293-329.
CHURCHLAND, P. Braintrust. Princeton/New Jersey: PUP, 2011
JOYCE, R. Evolution of morality. Cambridge/UK: CUP., 2001.
WILSON, et al. On the inappropriate use of the naturalistic fallacy in evolutionary
psychology. Biology and Philosophy. n. 18, p. 669-682, 2003
GOLDIE, P. Emotion. Philosophy Compass. vol. 6, n.2, p. 928-938.
FLANAGRAN, O.; SARKISSIAN, H.; WONG, D. Naturalizing Ethics. In: SINNOTARMSTRONG, W. (ed.). Moral Psychology. Vol. 1. London/Massachusetts: MIT
Press, 2008. p. 2-22.
HARRIS, S. A paisagem da moral. São Paulo: Cia das Letras, 2013
MOLL, J. The cognitive Neuroscience of Moral Emotions. In: SINNOT-ARMSTRONG,
W. (ed.). Moral Psychology. Vol. 3. London/Massachusetts: MIT Press, 2008. p. 2-22.
Download