Enviado por Do utilizador6572

Aula 9 - Treinando as Principais Capacidades Biomotoras

Propaganda
Profº Me. Paulo Sávio = 26/04/18
Condicionais
Coordenativas
Performance /
Treinamento /
Aptidão
 Capacidades condicionais são
essencialmente determinadas
pelas componentes enérgicas
predominando os processos de
obtenção e transformação de
energia – caráter quantitativo.
 Capacidades
coordenativas em
geral compreende-se a ação
conjunta do sistema nervoso
central e da musculatura
esquelética, dentro de uma
sequencia
objetiva
do
movimento- caráter qualitativo.

Geral e Localizada = quanto a participação da
musculatura no exercício.

Geral e Específica = quanto a modalidade esportiva.

Aeróbia e Anaeróbia = quanto a manifestação
energética.

Curta, Média e Longa = quanto a duração.

Resistência de força, força rápida e resistência de
velocidade = quanto aos requisitos motores.
Os métodos de treinamento da resistência podem ser divididos no ponto de vista
fisiológico, em quatro grupos principais:
Duração – a melhoria da capacidade aeróbia está em primeiro plano.
Intervalado – pode ser em caráter extensivo ou intensivo de curta, média e longa duração.
Repetição – é válido para o treinamento de velocidade e de resistência de curta, média e longa
duração.
Competição – reservado para o esporte de alto nível, usado como preparação do ponto
máximo da temporada.

RCD = 45” a 2’ – suprida por uma mobilização
anaeróbia de energia.

RMD = 2’ a 8’ – mobilização aeróbia de
energia.

RLD = acima de 8’ (RLD I - RDL II - RDL III)

RDL I = ESTIMULAÇÕES ATÉ 30 MINUTOS.
(catabolismo de glicose)

RDL II = ESTIMULAÇÕES DE 30 A 90 MINUTOS.
(catabolismo de glicose e ácidos graxos livres)

RDL III = ESTIMULAÇÕES COM MAIS DE 90
MINUTOS
(catabolismo de ácidos graxos)

Do desenvolvimento da força pode ser:

Geral – quando visamos o desenvolvimento
de todos os grupos musculares;

Específicas – quando visamos o
desenvolvimento de um ou vários grupos
musculares característicos dos gestos de cada
modalidade.
Treinamento
dinâmico positivo
Treinamento
dinâmico negativo
Treinamento
pliométrico

Capacidade de executar movimentos de
dentro para fora no mais curto espaço de
tempo. É a capacidade de executar ações
motoras no mínimo de tempo, com
intensidade máxima e com duração não
superior a 6/8 segundos.Velocidade pode ser
introduzida como "a capacidade de realizar
um movimento em menor tempo possível"

Capacidade que o atleta tem para executar ao
longo de toda a amplitude articular
movimentos de grande amplitude por si
mesmo ou por influência auxiliar das forças
externas.


Geral – consiste na amplitude moral de
oscilações de articulações especialmente nas
principais articulações.: ombros, quadris e
coluna vertebral.
Específica – consiste na amplitude necessária
para a realização de movimentos específicos de
cada modalidade. Flexibilidade é a capacidade
motora de aproveitar as possibilidades de
movimentar e articular o seu corpo o mais amplo
possível.




- Amplo repertório; rico e variado.
- Abrevia o tempo de aprendizagem de
um novo movimento.
- Movimentos idênticos são realizados
com menor custo energético; possibilita
economia de energia.
- Permite maior adaptação e readaptação
dos movimentos quando há modificações
do ambiente ou situações.

Controle motor: É necessário para aprender
ou realizar habilidades que requerem
elevadas exigências de precisão motora.

Reação motora: Capacidade de reagir rápida
e corretamente a determinados estímulos;
1- reação simples => tipo de partida
2- reação complexa => resposta exata
3 – reação de escolha => sistema cognitivo /
decisão.

Expressão Motora: É a capacidade de criar os
próprios movimentos segundo as leis da
estética, do belo;

Ginástica Olímpica
Ginástica Artística
Nado Sincronizado
Aeróbio de competição




Antecipação: É a capacidade de prever o
desenvolvimento e o resultado de uma ação
motora ou de uma situação, e a partir desta,
preparar a próxima ação.

Ritmo: Agrupar o desenvolvimento temporal e
dinâmico do movimento;
Dar sustentação rítmica às ações motoras.
Tem influência na emoção e na motivação.

Coordenação Motora: Permite ligar
habilidades motoras como corrida e salto,
impulso e lançamento, e nos movimentos de
mm. Sup. e inferiores; (exemplo: voleibol)

Orientação espacial: é a capacidade de reagir
a um estímulo externo em termos deslocação
ou de estabilização da postura.

Equilíbrio: é a capacidade de manter o corpo
numa relação normal quanto ao solo,
desenvolvendo reflexos para acomodar o
corpo ao movimento.

Capacidade de diferenciação cinestésica: é a
capacidade de diferenciar as informações
provenientes dos músculos, tendões e
ligamentos, que nos informam sobre a
posição do nosso corpo num determinado
momento e espaço e que nos permite realizar
as ações motoras de uma forma correta e
econômica, conseguindo assim a
coordenação dos movimentos.
Download
Random flashcards
teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards