Enviado por toledosrenata

Dispensação - aula 7

Propaganda
Boas Práticas de Dispensação
RDC Anvisa n° 44/09
Seleção dos
medicamentos
Planejamento
e
gerenciamento
de estoque
Aquisiçãoou
reposiçãode
estoque
Ciclo Logístico
Orientação
farmacêutica
de
Medicamentos
DISPENSAÇÃO
Distribuição
Critérios
armazenamento
Dispensação
Ato de fornecimento ao consumidor dedrogas, medicamentos,
insumos farmacêuticos e correlatos, a título remunerado ou
não,
a um paciente, geralmente como resposta à apresentação de
uma prescrição elaborada por um profissional autorizado.
Deve-se assegurar que o medicamento seja entregue ao
paciente certo, na dose prescrita, na quantidade adequada e
que sejam fornecidas informações suficientes para o uso
correto do medicamento.
Objetivos
• Garantir o cumprimento da prescrição por meio o
fornecimento do medicamento correto e em quantidade
adequada;
•Contribuir para adesão ao tratamento;
•Minimizar erros de prescrição;
•Proporcionar atenção farmacêutica de qualidade;
Observar
Atenção
Orientação
ETIQUETAS PARA ORIENTAÇÃO
Informações para o paciente
Genérico , Referência ou Similar
Indicação terapêutica do medicamento
Posologia;
Modo de usar;
Efeitos adversos que podem ocorrer;
Interações (fármaco x fármaco; fármaco x alimento; fármaco x exames
laboratoriais);
Atenção
A lista de medicamentos genéricos deve estar
disponível em versão impressa para os clientes a
consultarem.
Uma prática proibida é a “captação de receitas”, ou seja,
aquela situação em que uma farmácia recebe uma
receita de medicamento manipulado para ser
manipulado em outra farmácia. As receitas para
medicamentos manipulados devem ser entregues
somente em farmácias de manipulação
Manual de Boas Práticas
Farmacêuticas
Capa
Sumário
Apresentação
Documentos
Pessoal (Uniforme, Atribuições e Responsabilidades)
Infraestrutura
Aquisição
Recebimento
Armazenamento
Dispensação
Atenção Farmacêutica
Outros Serviços Farmacêuticos
OBS: O Manual de Boas Práticas Farmacêuticas deve incluir POPs e Anexos
relacionados às atividades.
Manual daqualidade
•
•
•
•
•
•
Identificação do estabelecimento
Nome e endereço do estabelecimento
Nome e registro do responsável técnico
Objetivos do estabelecimento
Objetivo do Manual
Referências: Regulamentação utilizada como referência para
desenvolvimento deste Manual
• Estrutura Física – Instalações
– Áreas
– Instalações: metragem, materiais
– Características
– Layout / Planta baixa (cópia)
– Equipamentos, utensílios, acessórios
– Limpeza e sanitização - controle integrado de pragas
– Segurança coletiva
POP
PROCEDIMENTO
OPERACIONALPADRÃO
Documento
que
expressa
o
planejamento do trabalho repetitivo
que deve ser executado para o
alcance da meta padrão.
POP´S
Manutenção das condições higiênicas e sanitárias adequadas a cada ambiente da
farmácia;
Aquisição, recebimento e armazenamento dos produtos de comercialização
permitida;
Exposição e organização dos produtos para comercialização;
Dispensação de medicamentos;
Destinação dos produtos com prazos de validade vencidos;
Destinação dos produtos próximos do vencimento;
Prestação de serviços farmacêuticos permitidos, quando houver;
Utilização de materiais descartáveis e sua destinação após o uso.
• Descrever o fluxo e arotina:
– Armazenamento/ estocagem
– Conservação
– Dispensação
•
•
•
•
Medicamentos em geral
Medicamentos sujeitos a controle especial
Medicamentos vencidos
Medicamentos em geral
POPS
APLICAÇÃO DE INJETAVEIS
•
•
•
•
•
Procedimentos
Introdução
Administração /Controle
Rotinas para aplicação de injetáveis
Técnicas de lavagem das mãos
(antissepsia)
• Aplicações IM , SC, ID
• Cuidados na aplicação de injetáveis
• Materiais utilizados e descarte de
pérfurocortantes
ARMAZENAMENTO
Descrever o fluxo e arotina:
Armazenamento/ estocagem
Conservação /Dispensação
Medicamentos em geral
Medicamentos sujeitos a controle
especial
Medicamentos vencidos
POPs
INALAÇÃO
PRESSÃO ARTERIAL, TEMPERATURA
• Procedimentos
• Procedimentos
• Técnicapreconizada para verificação da
• Rotinas para inalação
temperatura, glicemia capilar ePA
• Técnicasde lavagem das mãos (antissepsia)• Aparelhos utilizados
• Técnicasde higienização de material
• Calibração periódica eregistros
TOP01
TREINAMENTO OPERACIONALPADRÃO
TÍTULO: Referente ao POPpara Atendimento aosClientes
REVISÃO:00
DATA:
17/09/2008
PÁGINA
ELABORADOPOR:Daniel
OBJETIVO: Registrar o treinamento de acordo com o POP(Procedimento
Operacional Padrão) a que se refere.
NOME DO COLABORADOR
ASSINATURA
RESP.PELO
TREINAMENTO
ASSINATURA
01
AVALIAÇÃO
01
DATA
FQ02.01
ANEXO 01
TÍTULO: CONTROLEDEREGISTROS
ELABORADOPOR:Daniel
REVISÃO:01
DATA:
19/04/2005
PÁGINA
OBJETIVO: Garantir o armazenamento, a organização e recuperação dos
registros e formulários do SGQ, permitindo a rastreabilidade dosmesmos.
Código / Título
Responsável
RESPONSÁVEIS:
APROVAÇÃO:
Local de
Armazenamento
Recuperação
(Indexação)
01
Tempo Mínimo de
Retenção
NATUREZA DAS ALTERAÇÕES:
Rubrica
REGISTROS:
0
1
Organização Drogaria
De acordo com laboratório
Ordem alfabética
Seção do medicamento
Forma de apresentação
Seção medicamentos sólidos: comprimidos, drágeas, capsulas ou pastilhas
Ampolas e injetáveis
Medicamentos Líquidos : solução, xarope, elixir, gotas
• O que o cliente vem buscar nafarmácia?
• Em que estado emocional ele se encontra?
• Quanto está disposto a pagar pelo serviço ou
pelo produto?
Passos básicos para um bom
atendimento ao paciente:
•não agir com superioridade;
•não mostrar ‘pena’, nem envolver-se
emocionalmente;
•evitar orientações demasiadamente simplistas ou
demasiadamente rebuscadas ou científicas;
•controlar o tempo da entrevista, mas sem
apressar o paciente;
•enfatizar os pontos principais.
2013
Forma de Falar
• Quando nos comunicamos, o nosso cliente nos
percebe da seguinte maneira:
– 7% atenção naspalavras
– 33% atenção no tom de voz
– 60% atenção na postura do corpo
Atitudes que devem serevitadas
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Conversas entre funcionários;
Relacionamento pessoal demais;
Quando o cliente chegar, não continue falando ao telefone;
Deduzir informações;
Vendedor não é aquele que fala, mas o que sabe escutar...
Quando estiver atendendo, efetivamente Atenda!
Ficar completamente mudo;
Pessimismo na conversa;
Não dê ordens;
Evite termos técnicos;
“O briguento”
• Gosta de brigar
– Evite discussões e atritos
• Discute por qualquer coisa
– Não use o mesmo tom de voz
• Não hesita em expor suas opiniões
– Use suas próprias ideias para convencê-lo
• Acha que sempre tem razão
– Saiba ouvi-lo; mantenha calma e cortesia
“O bem humorado ou amigo”
• Ésimpático e bonachão
– Seja sempre cordial e objetivo
• Adora uma conversa agradável
– Coloque limites na relação
• Gosta de contar piadas e histórias
– Procure aproveitar os exemplos e histórias
• Gosta de ouvir, sendo muito sociável
– Mantenha o bom relacionamento
O “falante”
• Gosta de falar
– Seja objetivo de forma amistosa
• Desvia do assunto profissional
– Mantenha o foco da conversa
• Tem dificuldade para concentrar-se
– Conduza e mantenha o diálogo
• Só ouve aquilo queinteressa
– Saiba ouvir
• Interrompe a fala dos outros
– Seja paciente
Atendimento aotelefone
– Deve ocorrer até o terceiro toque
– A voz do atendente:
• Muito agradável
• Cheia de vida e segura
• Voz de quem tem muita confiança efirmeza
• Ter uma boa dicção
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards