MARKETING PESSOAL NA ENFERMAGEM: ESTUDO

Propaganda
MARKETING PESSOAL NA ENFERMAGEM: ESTUDO DE REVISÃO
Andrade JB, Lopes VC
Introdução: Marketing caracteriza-se como um processo social e gerencial onde os
indivíduos e grupos obtêm aquilo que necessitam, utilizando-se da criação, oferta e
troca de produtos de valor1. O avanço do conhecimento na área permitiu que
surgissem ramificações em diversos segmentos profissionais, sendo considerado um
instrumento para a valorização da imagem profissional2. Entretanto, o profissional da
enfermagem pouco tem se utilizado desta ferramenta para aumentar sua
visibilidade, fenômeno evidenciado principalmente pela produção científica escassa
sobre o assunto na referida área. Justificativa: Estratégias de marketing aplicadas
à enfermagem podem contribuir para maior visibilidade e projeção da profissão,
além de alcançar o reconhecimento enquanto ciência e exercício da prática,
imprescindíveis ao processo de cuidar do ser humano. Objetivo: Identificar na
literatura estudos sobre o marketing pessoal do enfermeiro. Método: Trata-se de
uma revisão de literatura sobre marketing pessoal do enfermeiro. As buscas
incluíram as bases de dados Lilacs, BDENF, SciELO e Medline por meio da
Biblioteca Virtual da Saúde (BVS), além de estratégias complementares como
consulta ao Google acadêmico, referências dos estudos incluídos na revisão e
currículo da plataforma Lattes dos principais autores identificados.Os descritores
utilizados foram: “marketing” e “enfermagem”, para ampliar os resultados utilizou-se
também “marketing pessoal” como palavra-chave, com auxílio dos booleanos “and”
e “or”. Resultados: Dos 110 estudos identificados inicialmente nas buscas, apenas
seis artigos, um trabalho apresentado em congresso e uma dissertação de mestrado
atendiam aos critérios de inclusão. Os estudos foram publicados entre 1994 e 2012.
Quanto à abordagem metodológica cinco estudos eram de revisão de literatura,
sendo três de revisão narrativa com abordagem histórica e duas revisões
integrativas. Outro estudo de cunho experimental antes-depois, um descritivo
exploratório e uma dissertação de mestrado do tipo discurso único revelador com
abordagem qualitativa. Todos os artigos da amostra foram publicados em periódicos
da área da enfermagem, com ampla visibilidade nacional. As principais categorias
identificadas foram: Artigos histórico-reflexivos, Artigos de síntese do conhecimento
no tema, Imagem e estereótipos da enfermagem e percepção do marketing pelo
enfermeiro. Conclusão: Os achados deste estudo sugerem que o tema ainda é
pouco explorado na literatura por enfermeiros, embora haja perspectivas de avanços
nos últimos anos. A produção é composta principalmente por estudos de revisão de
literatura (narrativa e integrativa), pesquisas de caráter exploratório que objetivavam
compreender o significado da profissão e investigações qualitativas. Entretanto
destaca-se que ainda são incipientes os instrumentos que avaliem a utilização do
marketing pelo enfermeiro, bem como protocolos que testam intervenções
educacionais e estratégias que favoreçam sua utilização como ferramenta de
trabalho por este profissional. Estas lacunas devem ser preenchidas com a
realização de novos estudos na área.
Referências Bibliográficas:
1- KOTLER, P. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação
e controle. São Paulo: Atlas, 1994.
2- Maués DSO. O MARKETING PESSOAL DO ENFERMEIRO: uma contribuição
para a gerência de enfermagem [dissertação de mestrado]. Rio de Janeito:
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ; 2007.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards