ópera -projeto

Propaganda
Reflita e Responda: O que é mais importante, a forma como o trabalho é feito ou o seu
resultado? Quais fatores devem ser considerados nesta análise, e em termos de que? Como
esta questão relaciona-se aos conceitos de eficiência e eficácia?
Questão Contingencial. Um mesmo resultado pode ser obtido através de diferentes
maneiras, o que faz com que a forma de se atingir determinado objetivo seja o diferencial do
processo, determine maior ou menor vantagem etc. O eficiência final do trabalho, porém, é o
que se busca em todas as formas e caminhos de realizá-lo. São 5 os principais fatores
determinantes nesta análise, e os chamamos “variáveis-chave”: Tarefa, Estrutura, Pessoas,
Ambiente e Tecnologia.
A tarefa que o funcionário realiza é a sua função específica na organização, e o nível de
interação do mesmo com esta tarefa define linhas do método de trabalho da organização.
Para a Administração Científica, por exemplo, o funcionário deve ater-se a métodos definidos e
pré-estabelecidos, sem interação ou modificações pessoais, o que faz com que este processo
diferencie-se da Teoria Clássica, gerando caminhos diferentes que chegam a um mesmo ponto.
Enquanto a preocupação maior da Administração Científica é a tarefa do funcionário, a
Teoria Clássica preocupa-se sobretudo com a Estrutura da organização por inteiro, definindo
esse como um ponto essencial para a eficiência do processo. Seria, aqui, necessário que se
projetasse uma estrutura ideal para a organização, simplificando o trabalho administrativo e
criando um caminho alternativo à visão de preocupação apenas com as tarefas realizadas.
Os recursos humanos de determinada organização e sua relação com a mesma
também são fatores de diferenciação das formas como um trabalho é realizado. Isto é, na
análise desta questão, a variável “pessoas” aparece também de formas até opostas em
diferentes organizações. Para a Teoria Clássica, por exemplo, foi concebida uma pirâmide de
pessoal onde cada nível tem especializações, autoridade e responsabilidades diferentes,
determinando uma cadeia escalar, um caminho de utilização das pessoas da organização.
Tudo o que circunda o trabalhador é chamado “ambiente”, que funciona como agente
influenciador e influenciável. O ambiente geral é o genérico e comum que afeta direta ou
indiretamente toda e qualquer organização, é constituído de: tecnologia, legalidade, política,
economia, demografia, cultura. A ambientação das organizações diferencia-as entre si,
modifica o processo produtivo, transforma o metodo de trabalho e afeta, então, no resultado
final como consequência direta de sua forma.
A tecnologia é uma dimensão específica do “ambiente”, separadamente estudada por
sua peculiaridade e seu papel. Em um determinado ambiente organizacional, a tecnologia
empregada nos processos, máquinas, trabalhos e até no uso dos recursos humanos faz com
que seja mais ou menos vantajoso seguir determinado meio de trabalho, usar-se de esta ou
aquela teoria organizacional. Os recursos tecnológicos determinam também o custo-benefício
da forma como se opera algo e a rapidez com que se chegará ao resultado final.
Entendemos que eficiência e eficácia possuem uma íntima relação na organização,
uma vez que é sempre necessário que haja um equilíbrio entre ambas, gerando, assim, um
processo produtivo com o máximo de eficiência dentro da empresa e, enfim, a eficácia do
conjunto (método de trabalho e resultado obtido). Portanto, relacionamos a questão da forma
do trabalho e seu resultado diretamente aos pontos de eficiência e eficácia, pois a primeira,
tão buscada e pesquisada na história das organizações, trata da importância da escolha do
caminho certo de se trabalhar; e a segunda, então, trata do motivo pelo qual devemos nos
importar com a forma como se dá um processo: o resultado final positivo, eficaz.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards