Universidade de Mogi das Cruzes Escola Paulista de Negócios

Propaganda
Universidade de Mogi das Cruzes
Escola Paulista de Negócios
MBA em Tecnologia da Informação
Disciplina Marketing e Comércio Eletrônico
Prof. Orientador: Lawton Benatti
Aluno: Cesar Augusto Bueno
Artigo: Redes Sociais
As redes sociais virtuais é um acontecimento recente e criaram uma nova oportunidade
para as empresas explorarem o relacionamento direto com os seus clientes. Sendo que
antigamente este relacionamento era generalizado, isto é, o que serve para uma
pessoa, praticamente, serve para todas.
Quando falamos de marketing, a primeira pergunta que nos vem à cabeça é:
O que é marketing?
Na verdade, não existe uma definição precisa pois cada um descreve marketing
conforme o seu próprio entendimento ou necessidade. Na minha opinião, depois de ler
algumas definições, marketing é a identificação e a satisfação do que as pessoas
necessitam ou querem. Marketing não é propaganda. Propaganda está inserida no
marketing.
Assim sendo, nos últimos anos as pessoas começaram a contribuir muito com dados
seus, esta é a maneira de expressar o que talvez as interessem, e o elemento social no
marketing – o boca a boca, as perguntas para os amigos sobre o que compraram – é
um condutor muito importante. Experimentos e pesquisas mostram que esse marketing
social, ou de redes sociais, costuma ser de cinco e dez vezes mais eficaz do que
outras formas de marketing. Não é à toa que 34 das mais de 100 maiores empresas
listadas na revista Fortune já usam o Twitter.
O resultado das ações de marketing nas mídias sociais pode ser muito maior que nas
tradicionais, dependendo do contexto. Podem gerar negócios bem positivos se forem
usadas corretamente. Da mesma forma que abrem portas para o sucesso, também
ocasionam um impacto negativo, gerando problemas sérios para empresa. Sendo que
o sucesso para um bom marketing depende dos pontos abaixo:
Pesquisar o seu público-alvo. Analisando você conseguirá idealizar o público que quer
atingir. Sabe que cada vez mais precisa oferecer o que eles querem, na hora em que
querem e onde eles buscam informações a respeito do que querem. Portanto, nada
melhor do que pesquisar. Visitar as comunidades relacionadas a seu produto, ou que
reúnam as pessoas que você quer atingir valerá a pena investir seu tempo para
conhecer a linguagem destas pessoas, o que elas desejam, como interagem. Assim o
risco de fazer uma campanha incorreta ou sem foco será bem pequeno.
Analise seu investimento. Uma pergunta a ser feita é se vale a pena investir num
banner em alguma rede social? Caso a resposta seja positiva, deve-se ter
entendimento de como isto é cobrado, por exemplo, entender às métricas dos cliques.
Lembrando também que banners são considerados no marketing como meios
conservadores de publicidade.
Formas de interação. Os ambientes mais comuns de interação são os fóruns de
discussão ou os canais do YouTube que apresentam algum tipo de interação com as
redes sociais. Os blogs são ótimos canais pois além de ter valores relativamente baixos
podem ser estratégicos pelos asuntos/temas que abordam. Os espaços oferecidos nos
portais são caros e concorridos. Se você tiver dinheiro, ótimo, caso contrário, os blogs
continuam sendo uma boa forma de interação sem contar com seu poder de tornar
mensagens num processo viral.
Medir, é claro. Sempre medir, mas não é fácil, sem contar que ainda não existem
eficazmente métricas para este tipo de ação, mas uma alternativa é fazer a
monitoração do desempenho através dos números que conseguir. No Brasil, apesar de
poucas, existem empresas que fazem a monitoração das redes sociais. Conseguem de
emitir relatórios das citações que uma marca recebe neste enorme espaço de
discussões. A IBM, por exemplo, tem feito propaganda da sua ferramenta em um canal
esportivo para mensurar quem está sendo comentado no decorrer dos jogos da copa
das confederações no Brasil e o mesmo pode ser aplicado as empresas, conseguindo
saber em tempo real se está agradando em suas ações.
Não crie situações estáticas pense que tudo pode ser customizável. As pessoas
querem personalizar, mudar como nunca conseguiram anteriormente. Depois deste
sucesso do Facebook, o caminho será a personalização para as outras redes sociais,
conseguir customizar em suas plataformas. Não adianta encher sua página de
banners, possivelmente, exemplificando, criar um widget, para os participantes mais
ativos da comunidade sobre seu produto pode ser muito melhor e efetivo.
Oferecer algo de qualidade às pessoas sempre foi e continuará sendo a melhor forma
para se criar um relacionamento de confiança e credibilidade independente se o
negócio é virtual ou real, as pessoas sempre vão querer conhecer seus produtos,
serviços e oportunidades.
O dinamismo do marketing sempre foi sua referência. Mesmo sofrendo muitas
modificações ele está em transformação constante. Notavelmente é fundamental que
sempre se tenha estes ítens importantes:
1) Criatividade
2) Publicidade
A criatividade é fundamental para se vender um determinado produto, inovação é um
auxilio para que o marketing seja um sucesso, idealizar as campanhas para, de
maneira
correta
e
criativa,
atingir
seus
públicos.
A publicidade é que faz compradores dizerem elses mesmos: “Isto é indispensável para
mim”. Como promoção, publicidade e propaganda, o marketing de uma empresa
influencia a opinião do povo em favor do que se é oferecido, gerando a necessidade da
compra.
A internet além de ser atualmente uma realidade na vida de um número enorme de
pessoas no mundo ela passou a ser uma necessidade deixando de ser produto de uso
e estudo apenas aos profissionais da informática. A internet já faz parte do dia-a-dia
das pessoas, incorporando-a às necessidades. Com isso ganha-se espaço uma nova
forma de comunicação de interação interpessoal, as chamadas virtuais redes sociais,
para basicamente gerar a integração social, representação de pessoas e a troca social.
Com as redes sociais não existem mais distancias, tudo está a nossa frente, a apenas
um toque.
As redes sociais são promissoras e inovadoras para o marketing pois as empresas
conseguem personalizar e construir uma estratégia de marketing direcionada e
costumizada.
Um dos maiores erros das empresas de mídias sociais é não interagir ou não ter
conteúdo interessante.
Um cuidado deve ser tomado nas mídias sociais, monitorar o que estão dizendo pois a
interação é grande e as vezes por um descuido do que foi publicado ou ainda por
maldade de quem está comentando pode-se estragar todo um trabalho e depois isto se
torna algo que não dá mais para controlar, se espalhar na grande rede dificilmente
conseguirá mudar o que foi comentado.
De qualquer forma, o marketing em redes sociais já é fato, e o que é necessário agora
é checar quais são as melhores práticas, métodos e processos para potencializar este
poder.
É preciso pensar em novas maneiras para avaliar esta relação. Isto não será algo fácil.
Certamente essa revolução está apenas no começo e a prática levará a processos
mais confiáveis e bem testados.
Referências Bibliográficas
KOTLER e KELLER,Philip e Kevin Lane. Administração de marketing. 12 ed. São
Paulo: Editora Pearson, 2007.
GABRIEL, Martha. Marketing na era digital. 2 ed. São Paulo: Editora Novatec.
Fontes consultadas
http://www.administradores.com.br ; http://imasters.com.br
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards