O Conhecimento Apreensão e Expressão da Realidade

Propaganda
Ciências Humanas e suas
Tecnologias - Filosofia
Ensino Médio, 2º Ano
O Conhecimento:
Apreensão e Expressão da Realidade
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Índice
Slide 3: O que é o conhecimento
Slide 4: Definição de Racionalismo e Empirismo
Slide7: Características do Empirismo segundo John Locke
Slide 8: Características do Racionalismo
Slide 10: A questão do inatismo
Slide 12: A teoria de Platão
Slide 17: O mito da caverna
Slide 21: O Racionalismo de René Descartes
Slide 33: Kant e a teoria Apriorista
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
O que é, afinal, conhecer?
• Conhecer é representar, cuidadosamente, o que é
exterior à mente.
• No processo de conhecimento, dois elementos são
indispensáveis: O Sujeito e o Objeto.
• O sujeito é o elemento que conhece e o objeto é o
elemento conhecido.
• Sujeito: Nossa consciência, nossa mente.
• Objeto: A realidade, o mundo e os fenômenos (e a
nossa própria consciência, quando nós refletimos).
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Possibilidades do conhecimento na modernidade
Empirismo e Racionalismo
•Empirismo
É a forma de conhecer que valoriza nossas
percepções sensoriais.
•Racionalismo
Somente a razão humana, trabalhando com
os princípios lógicos, pode atingir o
conhecimento verdadeiro.
A
B
C
D
E
Para o empirista, todo o conhecimento está baseado na
experiência sensorial. Depende, portanto, em última
instância, de, pelo menos, um dos nossos cinco sentidos.
Imagens: (A) Unknown Author / Public Author (B) David
Shankbone / GNU Free Documentation License (C) David
Benbennick / GNU Free Documentation License (D)
LeftHand.jpg: Ludor / GNU Free Documentation License (E)
User:Saintswithin / Public Domain
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Imagem: Pictofigo / Creative Commons Attribution-Share Alike
3.0 Unported
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Para o racionalista, a verdade só pode ser
conhecida mediante o trabalho lógico da mente,
independentemente das percepções sensoriais.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
CARACTERÍSTICAS DO EMPIRISMO
• A verdade está na percepção dos sentidos;
• Não existem ideias inatas, isto é, toda ideia foi
adquirida pela percepção sensorial.
“ Suponhamos, portanto, que a mente seja uma folha em
branco, desprovida de caratceres, sem qualquer ideia. De
que modo receberá as ideias? (...) Respondo: da
experiência. É este o fundamento de todos os nossos
conhecimentos; daí extraem a sua origem primeira.”
(Ensaio sobre o entendimento humano, Livro II, Cap. 1, sec. 19)
John Locke
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
CARACTERÍSTICAS DO RACIONALISMO
• A razão humana é o único instrumento capaz de
conhecer a verdade;
• Os princípios lógicos fundamentais são inatos, ou seja,
não dependem da experiência sensorial;
• A experiência sensorial é uma fonte permanente de
erros;
• Ao nascermos, trazemos em nossa inteligência alguns
princípios racionais e ideias verdadeiras.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
“De sorte que, após ter pensado bastante nisso e de
ter examinado cuidadosamente todas as coisas,
cumpre enfim concluir e ter por constante que essa
proposição, eu sou, eu existo, é necessariamente
verdadeira todas as vezes que a enuncio ou que a
concebo em meu espírito.”
(Regras para direção do Espírito)
René Descartes
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A QUESTÃO DO INATISMO
Percebemos que o princípio do racionalismo é a
teoria do inatismo, ou seja, a crença de que, ao
nascermos, já trazemos conosco algumas ideias. Por
outro lado, o empirismo fundamenta-se na crença
de que nossa mente nasce vazia e somente no
contato com o mundo, por meio dos nossos
sentidos, é que iremos construir as ideias.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Você acredita na existência de algum
conhecimento inato?
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Platão acredita que sim!
Esse importante filósofo grego
nasceu em Atenas, provavelmente
em 427 a.C. e morreu em 347 a.C. É
considerado um dos principais
pensadores gregos, pois influenciou
profundamente a filosofia ocidental.
Ele defendia a existência de ideias
inatas na matemática, como
veremos no trecho de uma de suas
obras, a seguir:
Imagem: Unknown Author / Public Domain
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Platão defende a existência de ideias inatas em várias de
suas obras, mas as passagens mais conhecidas se encontram
nos diálogos: Mênon e República.
Vejamos:
No Mênon, Sócrates dialoga com um escravo analfabeto.
Fazendo-lhe perguntas certas na hora certa, o filósofo
consegue que o jovem escravo demonstre sozinho um difícil
teorema de geometria. As verdades matemáticas vão surgindo
no espírito do escravo à medida que Sócrates vai fazendo as
perguntas.
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Como isso seria possível, indaga Platão, se o
escravo não houvesse nascido com a razão
e com os princípios da racionalidade?
Você já passou
por uma situação
parecida com a
do tal escravo?
Imagem: Lilyu / WTFPL 2.0
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Além de acreditar nas ideias inatas, Platão
também afirmava que não podíamos confiar nos
sentidos, já que eles estão sujeitos a erros e a
falsas opiniões. Para exemplificar sua tese,
Platão cria o famoso “Mito da caverna”.
Vejamos o que nos diz o mito da caverna:
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
O Mito da caverna
Imaginemos um muro bem alto separando o mundo
externo e uma caverna. Na caverna, existe uma fresta por
onde passa um feixe de luz exterior. No interior da
caverna, permanecem seres humanos que nasceram e
cresceram ali. Ficam de costas para a entrada,
acorrentados, sem poder mover-se, forçados a olhar
somente a parede do fundo da caverna, onde são
projetadas sombras de outros homens. Desse modo, os
prisioneiros julgam que essas sombras sejam a realidade.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mito_da_caverna
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
O Mito da caverna
Imagine que um dos prisioneiros consiga se libertar e,
aos poucos, vá se movendo e avance na direção do muro e
o escale, enfrentando com dificuldade os obstáculos que
encontre e saia da caverna, descobrindo não apenas que as
sombras eram feitas por homens como eles e, mais além,
todo o mundo e a natureza. Caso ele decida voltar à
caverna para revelar aos seus antigos companheiros a
situação extremamente enganosa em que se encontram,
correrá, segundo Platão, sérios riscos - desde o simples ser
ignorado até, caso consigam, ser agarrado e morto por eles,
que o tomaram por louco e inventor de mentiras.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mito_da_caverna
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Imagem: Jan Saenredam / Public Domain
Alegoria da caverna
Animação disponível no Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=Rft3s0bGi78&feature=related
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Imagem: Mats Halldin / GNU Free
Documentation License
O que eu vejo é a realidade ou uma
cópia imperfeita dela?
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Interpretando o mito da caverna
• O que é a caverna?
- O mundo de aparências em que vivemos.
• O que são as sombras projetadas no fundo?
- As coisas que percebemos.
• O que são os grilhões e as correntes?
- Nossos preconceitos e opiniões..............
• Quem é o prisioneiro que se liberta e sai da caverna?
- O filósofo.
• O que é o mundo fora da caverna?
- A realidade.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
RENÉ DESCARTES ( 1596 -1650)
Outro
filósofo
que
também defende a tese do
inatismo é o francês René
Descartes. Segundo ele, em
sua obra: “Discurso do
método” existem três tipos
de ideias: Ideias Adventícias,
Ideias Fictícias e Ideias
Inatas.
Vejamos cada uma delas!
Imagem: Frans Hals / Frans Hals
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
1. Ideias adventícias
São aquelas vindas de fora, que se originam de nossa sensação e
percepção. Para Descartes, esse tipo de ideia, são, de um lado,
ideias da qualidade sensorial: cor, odor, som, textura, tamanho,
paladar, mas, por outro, também, são as opiniões formuladas
com base nessas ideias, geralmente enganosas, ou falsas.
EXEMPLO:
Ao olhar para o céu, meu sentido da visão me diz que o sol
se move de leste para oeste, mas, ao estudar astronomia,
vejo que tal opinião é falsa, pois, na verdade, a terra é que
gira e o sol se mantém parado.
Imagem: 663highland / GNU Free Documentation License
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Se você nunca tivesse estudado nas aulas de ciência e de
geografia, sobre o movimento de rotação da terra,
provavelmente confiaria em sua visão e acreditaria que o sol se
move entre o amanhecer e o entardecer.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Você acha que os sentidos podem
realmente enganar?
A ilusão da grelha* de Hermann
foi observada por Ludimar Hermann
em 1870. Quando se olha um
desenho com quadrados negros
sobre um fundo branco, tem-se a
impressão de que surgem manchas
"fantasmas" nas intersecções das
linhas. As manchas desaparecem
quando se observa diretamente a
intersecção.
Imagem: en:User:Famousdog / Public Domain
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Imagem: William Ely Hill / Public Domain
Qual é VERDADEIRA imagem apresentada? Você vê
uma jovem ou uma senhora de perfil?
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
2.Ideias fictícias: São aquelas que criamos em nossa fantasia e imaginação
por meio de um processo de composição, formando seres inexistentes,
como fadas, duendes, sereias... São as fabulações da arte, da literatura,
do mito, da superstição. Essas ideias nunca são verdadeiras, pois não
correspondem a nada que exista realmente e sabemos que foram
inventadas por nós mesmos, quando já recebemos prontas de outros que
as inventaram.
3. Ideias Inatas: São aquelas que não poderiam vir de nossa experiência
sensorial, porque não há objetos sensoriais ou sensíveis para elas, nem
poderiam vir de nossa fantasia, pois não tivemos experiência sensorial
para compô-las na nossa memória.
EXEMPLO:
A ideia de infinito é uma ideia inata, pois não temos
nenhuma experiência sensorial da infinitude.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Para Descartes, é possível
conhecer a verdade?
Mas para isso o conhecimento
deve passar por um rígido
processo metódico que começa
com a...
DÚVIDA
Imagem:
Nevit Dilmen / GNU Free Documentation License
A resposta é sim!
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A DÚVIDA...
“Desde os meus primeiros anos de vida, aceitei
como verdadeira uma quantidade de falsos
conceitos, e o que construí depois, sobre princípios
tão inseguros, só poderia ser muito duvidoso e
incerto; de modo que se fazia necessário que eu
decidisse seriamente me desfazer de todas as
opiniões recebidas até então e recomeçar a partir
dos alicerces, se quisesse instituir algo de sólido e
permanente nas ciências...(...)
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A DÚVIDA...
(...) E mais ainda, assim como eu penso às vezes
que os outros se enganam até nas coisas que
acreditam saber com a maior certeza, pode ser que
ele tenha querido que eu me enganasse sempre
que somo dois e três, ou quando enumero os lados
do quadrado, ou quando considero coisas algo
ainda mais fácil que essas, se é que se pode
imaginá-las.(...)
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A DÚVIDA...
(...) Permanecerei obstinadamente preso a esse
pensamento; e se por tal meio não estiver em meu
poder alcançar o conhecimento de qualquer
verdade, ao menos estará em meu poder
suspender o meu juízo. Eis porque procurarei
cuidadosamente não aceitar nenhuma falsidade, e
prepararei tão bem o meu espírito contra as
astúcias desse grande enganador, que, por mais
poderoso e astuto que seja, jamais poderá me
impor coisa alguma.(...)” (Meditações Metafísicas)
René Descartes
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
ÚNICA VERDADE LIVRE DE DÚVIDAS SEGUNDO
DESCARTES
Meus pensamentos existem!
Se meus pensamentos existem, eu existo!
Portanto: Penso, logo existo!
Para Descartes, a existência do pensamento é mais certa
que a sua existência corporal, já que é preciso pensar
para ter a certeza de que existe o corpo pensante!
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
PENSO
EXISTO
Vamos filosofar...
Se a consciência antecede o corpo, seria
essa a origem das ideias inatas defendidas
pelos racionalistas?
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A solução de Kant para o dilema
Racionalismo X Empirismo
Kant (1724-1804) foi um
filósofo prussiano, considerado
como o último grande filósofo
dos princípios da era moderna,
indiscutivelmente
um
dos
pensadores mais influentes,
afirma que todo conhecimento
começa com a experiência, mas
que a experiência sozinha não
nos dá o conhecimento.
Imagem: Unknown Author / Public Domain
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Principais ideias de Kant:
• É preciso um trabalho do sujeito para organizar os
dados da experiência;
• Antes da experiência sensorial, existem na mente
humana certas estruturas que possibilitam o
conhecimento;
• Portanto, a experiência fornece a matéria do
conhecimento e a razão organiza essa matéria de
acordo com estruturas existentes a priori, daí o termo
apriorismo para a teoria kantiana.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Para não concluir...
Certa vez, um cosmonauta e um neurologista russos
discutiam sobre religião. O neurologista era cristão, e o
cosmonauta não. “Já estive várias vezes no espaço”,
gabou-se o cosmonauta, “e nunca vi nem Deus, nem
anjos”. “E eu já operei muitos cérebros inteligentes”,
respondeu o neurologista, “e também nunca vi um
pensamento”.
O mundo de Sofia, Jostein Gaardner, Cia. das Letras, 1995
E você? Só acredita no que vê?
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
• BIBLIOGRAFIA:
Chauí, Marilena
Iniciação a filosofia: Ensino Médio, Volume único- São Paulo – Ática -2010.
Aranha, Maria Lúcia de Arruda
Filosofando: Introdução a filosofia – 4. ed. São Paulo –Moderna.
Gaardner, Jostein
O mundo de Sofia, Cia. das Letras, 1995.
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
5a
Unknown Author / Public Author
5b
David Shankbone / GNU Free
Documentation License
David Benbennick / GNU Free
Documentation License
LeftHand.jpg: Ludor / GNU Free
Documentation License
User:Saintswithin / Public Domain
5c
5d
5e
6
12
Pictofigo / Creative Commons AttributionShare Alike 3.0 Unported
Unknown Author / Public Domain
14
Lilyu / WTFPL 2.0
18
Jan Saenredam / Public Domain
19
Mats Halldin / GNU Free Documentation
License
link do site onde se conseguiu a informação
Data do
Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:My_eye.j 28/08/2012
pg#filelinks
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Nostrils_b 28/08/2012
y_David_Shankbone.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ear.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:LeftHand
_2.png
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Mouth.jp
g
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pictofigo_
-_Idea.png
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Platon2.jpg?uselang=pt
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lilyu__what.svg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Platon_Ca
ve_Sanraedam_1604.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Plato%27
s_allegory_of_the_cave.jpg
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
21
Frans Hals / Frans Hals
23
24
663highland / GNU Free Documentation
License
en:User:Famousdog / Public Domain
25
William Ely Hill / Public Domain
27
Nevit Dilmen / GNU Free Documentation
License
Unknown Author / Public Domain
33
link do site onde se conseguiu a informação
Data do
Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Frans_Hal
s_-_Portret_van_Ren%C3%A9_Descartes.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Imagoura
_Kasumi_Coast10o4592.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hermann
Grid.gif
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:My_Wife
_and_My_Mother-in-Law.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Happy_Q
uestion.svg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Immanuel
_Kant_(painted_portrait).jpg
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards