A estrutura aparelho reprodutor masculino

Propaganda
Ciências da Natureza e suas
Tecnologias - Biologia
Ensino Médio, 2ª Série
A estrutura do Aparelho Reprodutor
Masculino
INTRODUÇÃO
O ser humano, assim como todas as espécies que habitam nosso
planeta, vem desde os primórdios reproduzindo-se e evoluindo. É graças
ao instinto animal do homem que a perpetuação da raça humana está
assegurada.
Os seres vivos, através da reprodução assexuada ou sexuada,
geram novos indivíduos. Na reprodução sexuada, quando ocorre a
fecundação, uma célula masculina e uma feminina se fundem para formar
um novo ser vivo.
No caso da espécie humana, a fecundação se dá quando os gametas
masculino e feminino se encontram, formando o zigoto que se desloca
pelas tubas uterinas em direção ao útero, e uma nova vida começa a se
desenvolver. Mas vamos entender isso melhor, conhecendo o Aparelho
Reprodutor Masculino que é composto de órgãos externos (o pênis e o
escroto); e de órgãos internos, entre os quais se destacam os ductos
deferentes, as glândulas seminais, bulbouretrais e a próstata.
OBJETIVOS
• Identificar a organização estrutural e a função do
Sistema Genital Masculino;
• Analisar as mudanças fisiológicas e comportamentais
que ocorrem na puberdade masculina;
• Caracterizar as glândulas do aparelho reprodutor
masculino;
• Compreender o mecanismo hormonal masculino.
COMPONENTE CURRICULAR, Série: 2º Ano
Tópico: A estrutura do Aparelho Reprodutor Masculino
Aparelho Reprodutor Masculino
1-Bexiga;
2-Osso púbico;
3-Pênis;
4-Corpo cavernoso;
5-Glande;
6-Prepúcio;
7-Abertura uretral;
8-Cólon sigmóide;
9-Reto;
10-Vesícula seminal;
11-Conduto ejaculador;
12-Próstata;
13-Glândula de Cowper
(glândula bulbouretral);
14-Ânus;
15-Vaso deferente;
16-Epidídimo;
17-Testículo;
18-Escroto.
Imagem: Autor Desconhecido /
GNU Free Documentation License.
Estruturas e Funções do Sistema Genital
Masculino
• Pênis é o órgão copulador masculino. Em seu interior há três tipos de
tecido erétil: dois corpos cavernosos, localizados lateralmente ao
pênis, e um corpo esponjoso, localizado medianamente ao redor da
uretra.
• Glande peniana estrutura sensitiva à estimulação sexual, protegida
por uma prega de pele (prepúcio), localizada na parte superior do
pênis.
• Escroto é uma bolsa de pele situada entre as coxas, na base do
pênis; em seu interior encontram-se os testículos, as gônadas
masculinas.
• Testículos são constituídos por milhares de tubos finos e enovelados,
os túbulos seminíferos, onde são produzidos os espermatozoides.
• Funículo espermático é uma estrutura que contém os ductos
deferentes, nervos e vasos sanguíneos, que segue do abdome até os
testículos.
• Ductos deferentes são dois tubos musculares, provenientes de cada
testículo, com aproximadamente 45 cm de comprimento que
contornam a bexiga urinária e, embaixo dela, fundem-se formando o
ducto ejaculatório, que desemboca na uretra.
• Glândulas seminais localizadas atrás da bexiga urinária, responsáveis
pela produção de uma secreção viscosa que é lançada no ducto
ejaculatório, no clímax da excitação sexual. Essa secreção constitui até
85% do volume total do esperma.
• Próstata é uma glândula com cerca de 4 cm de diâmetro, que envolve
a porção inicial da uretra, localizada embaixo da bexiga urinária. A
secreção prostática, que constitui de 15% a 30% do esperma, é
lançada na uretra e no ducto ejaculatório através de uma série de
pequenos canais.
• Glândulas Bulbouretrais são estruturas localizadas embaixo da
próstata, desembocando na uretra. Essas glândulas produzem um
líquido que contribui para a limpeza do canal da uretra antes da
passagem do esperma.
• Epidídimo é um tubo espiralado originado no testículo, onde os
espermatozoides amadurecem.
• Uretra é um tubo com dupla finalidade conforme a necessidade,
conduz urina ou sêmen para fora do corpo.
Imagem: Sunshineconnelly at en.wikibooks / Creative
Commons Attribution 3.0 Unported.
Esquema de corte longitudinal de um testículo
PUBERDADE
De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a
adolescência é o período que faz parte da segunda década de vida (10
a 19 anos). Biologicamente, o início da adolescência é marcado pela
puberdade, época em que as meninos apresentam grandes
modificações físicas e emocionais.
Meninos e meninas são diferentes desde o nascimento e podem
ser reconhecidos devido à diferença nos órgãos sexuais. A puberdade
inicia-se normalmente mais cedo nas meninas do que nos meninos. É
nessa época que os órgãos sexuais começam a amadurecer, tornandose aptos a produzir células reprodutoras e hormônios. A testosterona é
o hormônio masculino responsável pelas características sexuais
secundárias e pela produção de gametas e são responsáveis, também,
pelas mudanças físicas e comportamentais. Nos rapazes ocorrem: a
mudança na voz, o surgimento de pelos nas axilas, no rosto e no púbis,
o aparecimento da acne, a sudorese e também a polução noturna.
Polução Noturna
Trata-se do fenômeno da ejaculação involuntária que
ocorre durante o sono nos adolescentes do sexo masculino.
Dessa forma, o sêmen, que contém os espermatozoides, é
eliminado espontaneamente.
A polução costuma ser acompanhada de sonhos que
representam situações sexuais. É uma situação normal que
ocorre na puberdade.
Puberdade
Fim da Puberdade A partir de 30 anos
(20 anos)
aproximadamente
A puberdade nos meninos
Imagem: Genesis89 / GNU Free Documentation License.
Infância
MASTURBAÇÃO
É a estimulação, por meio do toque, dos órgãos genitais,
com o objetivo de obter prazer. Embora possa ocorrer
masturbação na infância e na fase adulta, é na puberdade
que sua prática costuma ser mais intensa.
Nos adolescentes do sexo masculino, ocorre a
ejaculação, ou seja, a expulsão do sêmen, líquido que
contém os espermatozoides.
ACNE JUVENIL
Devido à influência dos hormônios sexuais, as glândulas
sebáceas produzem maior quantidade de gordura. Esse
aumento está associado à obstrução do folículo piloso,
originando cravos. O acúmulo de gordura favorece o
desenvolvimento de bactérias, podendo surgir espinhas, que
inflamam.
Na maior parte das vezes, a acne juvenil acaba por
desaparecer com o tempo, quando a produção hormonal se
equilibra.
Acne juvenil nos meninos
Imagem: Chris 73 / Public Domain.
EJACULAÇÃO
É o processo de eliminação do esperma através da
uretra. Os espermatozoides vão dos testículos e dos
epidídimos até o começo da uretra. Na ejaculação
propriamente dita, o esperma é impelido até a extremidade
da uretra e eliminado. A expulsão do esperma dá-se por
contrações espasmódicas dos músculos que envolvem o
corpo esponjoso em torno da uretra. O volume de esperma
eliminado em cada ejaculação é de aproximadamente 5mL e
contém cerca de 350 milhões de espermatozoides (2).
Imagem: Gilberto Santa Rosa / Creative Commons Attribution 2.0 Generic.
Gameta masculino – espermatozoides
Imagem: Mariana Ruiz Villarreal / Public Domain.
Esquema evidenciando as partes de um
espermatozoide
Bexiga
Osso Púbico
Vesícula Seminal
Corpo
Cavernoso
Pênis
Glande
Prepúcio
Abertura Uretral
Próstata
Vaso Deferente
Epidídimo
Testículo
Escroto
Imagem: Autor Desconhecido / GNU Free Documentation License
Aparelho Reprodutor Masculino
Atividades
1. Observe o esquema ao
lado do Sistema Genital
Masculino e responda:
a) Qual a função dos ductos
deferentes?
b) Que estrutura do
organismo masculino é
comum ao Sistema Genital
e ao Sistema urinário ?
c) Qual é a função da
próstata?
d) Onde os espermatozoides
são produzidos? E onde
são armazenados?
Imagem: Autor Desconhecido / GNU Free Documentation License.
Atividade
Reto
Próstata
Bexiga
Bexiga
Testículo
Uretra
Osso Púbico
Pênis
Imagem: Autor Desconhecido / GNU Free Documentation License.
2. Identifique, na figura ao lado, as partes do Sistema Genital Masculino:
Vesícula Seminal
Corpo
Cavernoso
Pênis
Glande
Prepúcio
Abertura Uretral
Próstata
Vaso Deferente
Epidídimo
Testículo
Escroto
Exercício para fixação da aprendizagem
1. Sabe-se que os testículos além de produzirem
gametas funcionam como glândulas endócrinas. Que
hormônio eles produzem? E quais as suas funções?
2. O que é polução noturna?
3. Quais são as mudanças físicas que acontecem nos
meninos durante a puberdade?
Bibliografia e Sites para consulta
• HICKMAN, C. P. Jr.; ROBERTS, L. S.; LARSON, A..
Princípios Integrados de Zoologia. 11ª ed. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan S.A., 2004.
• O Sistema Reprodutivo. Rio de Janeiro: Reader’s Digest,
2010.
• LOPES, S.. Bio. Volume único. São Paulo: Saraiva, 2008.
• AMABIS, J. M.; MARTHO, G. R.. Biologia dos organismos.
São Paulo: Moderna, 2009.
• LOPES, S.; ROSSO, S.. Conecte BIO 1,2,3. São Paulo:
Saraiva, 2011.
•
•
•
•
•
•
•
•
•
www.adolesite.aids.gov.br
www.inca.gov.br
www.universitários.com.br/celo/index2.html
www.biologianaweb.com/
www.brasilescola/biologia/
www.ciencia.org.br
www.biologiaviva.hpg.ig.com.br/
www.inep.gov.br
www.simbiotica.org/sistemareprodutormasculino.htm
Tabela de Imagens
Slide
Autoria / Licença
2
Autor Desconhecido / GNU Free Documentation
License
Autor Desconhecido / GNU Free Documentation
License
Ravenjm4 / GNU Free Documentation License
5
6
7
12
15
18
20
21
22
23
Link da Fonte
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Male_r
eproductive_system_lateral_nolabel.png
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Male_r
eproductive_system_in_finnish.png
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Karen.j
pg
Indolences / public domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Penis.sv
g
Original uploader was Sunshineconnelly at
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Anatom
en.wikibooks / Creative Commons Attribution 3.0 y_and_physiology_of_animals_The_testis_%26_
Unported
a_magnified_seminferous_tubule.jpg
Chris 73 / Public Domain.
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Aknejugend.jpg
Zeamays123 / Creative Commons Attributionhttp://commons.wikimedia.org/wiki/File:Teenbo
Share Alike 3.0 Unported
y_upper_body_-_right.jpg
Gilberto Santa Rosa / Creative
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:SpermCommons Attribution 2.0 Generic
20051108.jpg
Mariana Ruiz Villarreal / public domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Comple
te_diagram_of_a_human_spermatozoa_pt.svg
Autor Desconhecido / GNU Free Documentation http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Male_r
License
eproductive_system_lateral_nolabel.png
Indolences / public domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Penis.sv
g
Data do
Acesso
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
30/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
19/04/2012
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards