Aconteceu nesta segunda-feira (24), no auditório do Anexo II da

Propaganda
Câmara realiza novo encontro
de capacitação antidrogas
O terceiro dia de curso de capacitação antidrogas do Programa Conversando
com os Vizinhos foi realizado nesta segunda-feira (24), no auditório do anexo II da
Câmara de Curitiba. Segundo a coordenadora do programa, psicóloga Ivone Neves,
serão capacitados, por meio destes encontros na Câmara, 800 guardas. Os
próximos eventos acontecerão na quarta-feira (26), das 8h15 às 12h15, e 7 de
novembro (das 19h às 22h, junto com o encontro do PCCV).
Palestras
Assim como nos outros dias de curso, a primeira palestra abordou as políticas
públicas estaduais quanto à redução global do consumo de álcool. O assessor da
Coordenadoria Estadual Antidrogas, da Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania,
Jônatas Davis de Paula, falou sobre os quatro pontos principais que envolvem a
prevenção comunitária: regulamentação do mercado varejista, mobilização da
comunidade (meios de comunicação de massa, campanhas publicitárias e
educativas, marketing social), redução do acesso ao álcool (aumento de preços,
diminuição de pontos de venda, horários e dias de funcionamento) e redução de
problemas específicos (idade mínima, combinação álcool e direção, servir bebida
com responsabilidade).
O assessor ressaltou que o álcool é uma droga que causa dependência e gera
sérios problemas na sociedade. “O problema é que, na maioria das vezes,
acabamos considerando o consumo normal. O uso de álcool tem grande aceitação
social, é difícil imaginar, por exemplo, uma festa sem bebida alcoólica”, disse.
Segundo o assessor, os programas de política pública de prevenção devem
envolver setores como saúde, educação, segurança e justiça (poder Executivo),
câmaras municipais (poder Legislativo) e a sociedade civil organizada (ONG’s,
lideranças comunitárias, igrejas). “Muitas vezes, propiciar espaço para a discussão
aberta é mais importante do que a criação de leis. Por isso é fundamental este
trabalho em parceria com a Câmara”, defendeu.
Sensibilização
Na segunda parte do encontro, a psicóloga Sônia Alice Felde Maia, da
Coordenadoria Estadual Antidrogas, fez uma explicação teórica sobre o que é
droga, categorização de substâncias, motivos que levam a pessoa a usar drogas e
tipos de usuário, além de apresentar dados estatísticos sobre o consumo em
Curitiba e ações de prevenção. Para a psicóloga, mais importante que capacitar é
sensibilizar. “Conseguimos essa sensibilização para o problema por meio da
apresentação de dados significativos, que despertem o comprometimento e a
necessidade de engajamento”, afirmou.
Legendas –
Foto 01 – A psicóloga Sônia Alice Felde explicou a respeito de drogas, mostrando
dados estatísticos sobre o consumo e ações de prevenção. (Foto – Anderson
Tozato)
Foto 02 – Os próximos encontros para o curso de capacitação antidrogas
acontecem nesta quarta e no dia 7 de novembro, também na Câmara. (Foto –
Anderson Tozato)
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards