Prova de Macroeconomia

Propaganda
Prova de Macroeconomia
Prof. Fernando de Holanda Barbosa
Duração: 3 horas
1ª Parte: Obrigatória
1ª Questão: (3,0 pontos) – O governo financia o déficit público emitindo títulos de acordo com:
g    rb  b  n    b
(1)
onde g,  e b são os valores das despesas, dos impostos e da dívida pública como proporção do
produto nominal; r é a taxa de juros nominal, n é a taxa de crescimento do produto real e  a taxa
de inflação.
a) Mostre como se obtém a restrição orçamentária do governo [equação (1)].
b) Suponha que o superávit primário (fs) do governo seja fixado de acordo com a seguinte
regra:
fs    g   b
onde   r   é a taxa de juros real. Qual é a trajetória da dívida pública?
2ª Questão: (4,0 pontos) – Considere o seguinte modelo de uma economia aberta pequena:
CP:
IS:
LM:
PJD:
p    y  y 
y  y   s  p *  p
m  p   r   y
r  r * s
Os símbolos têm o seguinte significado: p = índice de preços; y = produto real; y = produto
potencial; s = taxa nominal de câmbio; p* = índice de preços externo;
p  dp / dt ; s  ds / dt ;  ,  ,  e  parâmetros positivos.
a) Analise o equilíbrio e a dinâmica deste modelo num diagrama de fases com s no eixo
vertical e p no eixo horizontal;
b) Qual o efeito, no curto e no longo prazo, sobre a taxa de câmbio de um aumento
permanente da quantidade nominal da moeda?
3ª Questão: (3,0 pontos) – Certo, Errado ou Talvez. Justifique a sua resposta.
a) A taxa de crescimento do produto potencial da economia depende da taxa de poupança.
b) No regime de taxa de câmbio fixa, a taxa de inflação da economia é igual à taxa de
inflação externa.
c) Numa economia aberta pequena, a taxa de juros natural (de equilíbrio de longo prazo) é
igual à taxa de juros externa, e a taxa de câmbio real natural (de equilíbrio de longo prazo)
depende da política fiscal.
2ª Parte: Optativa
1ª Questão: (4,0 pontos) – Considere o seguinte modelo:
y   (    ) ,   0
    y  y 
r              y  y ,  0
IS:
CP:
RPM:
Os símbolos têm o seguinte significado: y  dy / dt , y = produto real; y = produto potencial;
  taxa de juros real;  = taxa de juros natural; r = taxa de juros nominal;  = taxa de inflação;
 = meta da taxa de inflação;   d / dt;  e  parâmetros positivos.
a) (1,0 ponto) Analise o equilíbrio e a dinâmica deste modelo num diagrama de fases com 
no eixo vertical e y no eixo horizontal.
b) (1,5 pontos) Faça uma análise comparativa dos dois casos:   0 versus   0 .
c) (1,5 pontos) Mostre o que acontece neste modelo quando   0.
2ª Questão: (3,0 pontos) – Considere o seguinte modelo:
y   r  u
m   r   y  v
IS:
LM:
onde u e v são variáveis aleatórias, não correlacionadas, com médias iguais a zero e variáveis  u2
e  v2 , respectivamente.
A função de perda do banco central é dada por:
L  y2
O banco central pode escolher como instrumento de política, a taxa de juros r ou a quantidade de
moeda (m).
Qual instrumento o banco central deve escolher?
3ª Questão: (3,0 pontos) – Certo, Errado ou Talvez, Justifique a sua resposta.
a) Quando existe equivalência ricardiana, o déficit público não afeta a taxa de juros natural
(numa economia fechada).
b) A velocidade renda de moeda independe da taxa de juros.
c) O banco central afeta a taxa de juros da economia, tanto no curto quanto no longo prazo.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards