Enviado por Do utilizador6843

Analise das propostas e Guaio da Apresentacao da Proposta e Relatorio do Projecto de Sistemas Digitais

Propaganda
UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE
FACULDADE DE ENGENHARIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA
Electrónica Digital II / 2020
Análise e comentários sobre as propostas dos projectos
1.
Objectivo do projecto e como ele deve ser desenvolvido: O projecto visa conferir e comprovar no
estudante, capacidades e conhecimentos de, partindo de componentes electrónicos separados, tais
como: resistores, condensadores, LEDs, circuitos integrados lógicos ou analógicos,
microprocessadores(P), microcontroladores(C), etc., realizar um projecto de sistema digital dedicado
(SDD) (envolvendo projecto de sistema sequencial sem P/C), ou de sistema baseado em
microprocessador/microcontrolador (SbM); onde o estudante realiza alguma contribuição própria no
projecto, devendo ser capaz de mostrar e defender os detalhes do projeto, não devendo portanto ser um
simples e mero copy-paste de algum dos milhares de projectos disponíveis na Web. Desta forma, cada um
procure assegurar que, mesmo partindo de um exemplo da Web, adiciona e mais tarde pode defender a
sua contribuição no projecto final apresentado: Procure acima de tudo ficar satisfeito c/o trabalho de
engenharia feito, e a nota a ser obtida deve apenas ser disso uma consequência.
2.
Visando garantir a presença de dita contribuição propomos (para alguns dos projectos), uma lista de
pontos adicionais ou corrigidos, em relação à proposta original, entre outras recomendações, caso a caso.
N.B: o projecto aprovado sem adição/correcção, não deve ser interpretado como perfeito ou isento de
erros, devendo seguir as recomendações a seguir, para a apresentação do relatório final.
3.
Várias propostas estão mal estruturadas, algumas são mesmo de uma qualidade lamentável. Damos uma
oportunidade (para todos os estudantes sem excepção) para que as novas propostas e/ou o futuro
relatório do projecto, sejam apresentados de uma forma correcta: Use recomendações seguintes, que
visam também prepará-lo para futuros projectos, na carreira estudantil ou na profissional. Assim o
relatório do projecto deverá ter as seguintes partes (organizadas na mesma sequência):
a)
Título. Exemplo: “Controle Automatizado do Acesso a um Edifício”; Outras informações tais como
identificação, etc.
b)
Conteúdos de preâmbulo: Índice (dos conteúdos).
OBS: quando o projecto é longo (que não deve ser o presente caso), lista de de figuras, lista de
tabelas e lista de acrónimos (entre outras) devem ser também apresentadas. Entretanto, no
presente caso, os acrónimos devem ser explicados no local da sua invocação no texto. As tabelas e
figuras devem ser numeradas, legendadas e explicadas no texto.
c)
Introdução: Descrição (breve/sucinta mas completa) (dos aspectos) do problema que motiva o
projecto, e a importância ou pertinência da s/solução. A descrição deve/pode ser acompanhada de
um esboço e/ou diagrama em blocos ou mesmo circuito básico, que não são sempre mandatórios,
mas usualmente convenientes (diria-mos: um esboço/diagrama em blocos são mandatótrios quando
se trata da proposta do projecto / ante-projecto / “pré-relatório”).
1/2
d)
4.
Objectivos:
i.
Gerais: descreve o(s) resultado(s) que se pretende(m) com o projecto, que resolvem o problema
descrito. Exemplo: “Pretende-se conferir (dar capacidade) a um edifício académico, de um
controle automatizado de acesso, baseado em microcontrolador (SbM), escolha justificada pela
necessidade de adaptabilidade a novos requisitos de funcionamento, que não estão disponíveis
c/o uso dum sistema digital dedicado (SDD)”. Se a escolha for um SDD alguma justificação
poderá (deverá) ser colocada; …., etc.
ii.
Específicos: as funções parciais e detalhadas que o sistema escolhido deverá suportar (os
requisitos de funcionamento genéricos e de desempenho específico), exemplo: “O SbM deverá
ter armazenadas as senhas personalizadas de 100 indivíduos; O SbM permitirá o acesso através
da entrada da respectiva contra-senha introduzida pelo utilizador autorizado; O SbM deverá
permitir a mudança das senhas armazenadas, etc.”. Note-se que o perfil dos objectivos
específicos devem visar satisfazer o rol dos objectivos gerais e resolver o problema descrito.
e)
Apresentação detalhada do projecto, incluindo (i) o esquema electrónico, (ii) o circuito impresso, (iii)
o programa(p/SbM’s) e (iv, v, …) outras ilustrações, exemplo: um controlador de semáforo deve ter
um diagrama de sinais (de preferência) e/ou um diagrama de estados ilustrando as fases de
sinalização; As escolhas e desenho das componentes e funcionalidades devem ser descritas e
explicadas de forma sucinta mas completa. Para o caso de um SbM, o programa deve ter um
cabeçalho com explicações gerais e as linhas de programa devem ter comentários. N.B.: o estudante
deve ser capaz de defender as explicações ou aspectos ausentes da explicação bem como opções
alternativas possíveis. Exemplo: “porque colocou o valor de 220 ao resistor R1 em série com o
LED1 do circuito apresentado, …, etc.”. Ademais, recomenda-se, ao estudante, ser capaz de mostrar
a simulação do seu circuito em algum ambiente de desenvolvimento e/ou c/o próprio hardware ou
parte dele). A incapacidade de explicar e defender aspectos do projecto, resultará numa classificação
menos desejável, incluindo s/eventual desqualificação quando se detectar plagiarismo.
f)
Discussão dos resultados: Discutir se o projecto (e a sua implementação como o descrito) satisfaz os
objectivos. As suas possíveis limitações devem ser também apontadas.
g)
Conclusões e recomendações: A chave de ouro sobre o resultado e recomendações relevantes.
h)
Referências bibliográficas. N.B: a não indicação das fontes, tais como a do eventual trabalho original,
e doutros conteúdos dissertados, considera-se plagiarismo. Em particular, os conteúdos copiados
facsimile, ie, estilo copy-paste devem ser colocados “entre aspas [1]” (onde [1] é a referência
bibliográfica), de forma a que não sejam considerados plagiarismos. Entretanto, desencorajamos o
uso extenso do facsimile / copy-paste (deve ser usado apenas como realce. Use essencialmente as
suas próprias palavras, e apenas aquilo que compreendeu). Deve também ter em conta que nem
todas as fontes são credíveis.
As descrições aqui apresentadas são um guião simplificado e não exaustivo. Os comentários apresentados
não são específicos a cada um dos projectos propostos. As descrições devem contudo ser aplicados
inequivocamente como princípio e como guião de apresentação da proposta ou do relatório. N.B: Os
pontos 3.a, 3.c, 3.d, 3.h, constituem o guião p/a proposta do projecto (“pré-relatório” / ante-projecto).
GJD/(jvg).
2/2
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards