Enviado por Do utilizador5056

RMS-terapia-ocupacional

Propaganda
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Categoria Profissional: Terapia Ocupacional
BOLETIM DE QUESTÕES
N
LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES
1. Este boletim de questões é constituído de:
- 50 questões objetivas.
2. Confira se, além desse boletim de questões,
você recebeu o cartão-resposta destinado à
marcação das respostas das 50 questões
objetivas.
3. No CARTÃO-RESPOSTA
a) Confira seu nome e número de inscrição na
parte superior do CARTÃO-RESPOSTA
que você recebeu.
b) No caso de não coincidir seu nome e
número de inscrição, devolva-o ao fiscal e
peça-lhe o seu. Se o seu cartão não for
encontrado, solicite um cartão virgem, o que
não prejudicará a correção de sua prova.
c) Verifique se o Boletim de Questões, está
legível e com o número de páginas correto.
Em caso de divergência, comunique ao
fiscal de sala para que este providencie a
troca do Boletim de Questões.
d) Após a conferência, assine seu nome no
espaço correspondente do CARTÃORESPOSTA, utilizando caneta esferográfica
de tinta preta ou azul.
e) Para cada uma das questões existem 5
(cinco) alternativas, classificadas com as
letras a, b, c, d, e. Só uma responde
corretamente ao quesito proposto. Você
deve marcar no Cartão-Resposta apenas
uma letra. Marcando mais de uma, você
anulará a questão, mesmo que uma das
marcadas corresponda à alternativa correta.
f)
O CARTÃO-RESPOSTA não pode ser
dobrado, nem amassado, nem rasgado.
PROGRAD – Pró-Reitoria de Graduação
DAA – Diretoria de Acesso e Avaliação
LEMBRE-SE
4. A duração desta prova é de 4 (quatro) horas,
iniciando às 8 (oito) horas e terminando às 12
(doze) horas.
5. É terminantemente proibida a comunicação entre
candidatos.
ATENÇÃO
6. Quando for marcar o Cartão-Resposta, proceda
da seguinte maneira:
a) Faça uma revisão das alternativas marcadas
no Boletim de Questões.
b) Assinale, inicialmente, no Boletim de
Questões, a alternativa que julgar correta,
para depois marcá-la no Cartão-Resposta
definitivamente.
c) Marque o Cartão-Resposta, usando caneta
esferográfica com tinta azul ou preta,
preenchendo completamente o círculo
correspondente à alternativa escolhida para
cada questão.
d) Ao marcar a alternativa do Cartão-Resposta,
faça-o com cuidado, evitando rasgá-lo ou
furá-lo, tendo atenção para não ultrapassar
os limites do círculo.
Marque certo o seu cartão como indicado:
CERTO
e) Além de sua resposta e assinatura, nos
locais indicados, não marque nem escreva
mais nada no Cartão-Resposta.
7. Releia estas instruções antes de entregar a
prova.
8. Assine a lista de presença, na linha
correspondente, o seu nome, do mesmo modo
como foi assinado no seu documento de
identidade.
BOA PROVA!
Belém – Pará
Fevereiro de 2012
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
1.
Além da regulamentação do Sistema Único de Saúde, a Lei Orgânica da Saúde:
a amplia o conceito de saúde.
b assegura novos direitos constitucionais.
c organiza o acesso aos serviços de saúde.
d explica o processo saúde-doença.
e estabelece os fatores condicionantes e determinantes da saúde.
2.
Os níveis de saúde da população expressam o (a) os (as):
a
b
c
d
e
3.
A Reforma Sanitária propiciou a:
a
b
c
d
e
4.
a
a
a
a
a
participação da comunidade
descentralização
atenção integral
universalidade
equidade
Segundo a Constituição Federal de 1988, a assistência à saúde é:
a
b
c
d
e
7.
conteúdo ideológico do Sistema de Saúde.
reforma administrativa e financeira.
sistema de Seguridade Social.
reorganização do sistema de atenção com a criação do Sistema Único de Saúde – SUS.
descentralização da gestão.
Entre os princípios do Sistema Único de Saúde – SUS, aquele que trata o usuário do SUS como um ser
participativo no processo saúde-doença, integral e capaz de promover a saúde é:
a
b
c
d
e
6.
superação da escassez de recursos financeiros.
gestão descentralizada.
reestruturação político-institucional.
resolubilidade dos serviços de saúde.
organização e articulação das ações curativas e preventivas.
O Relatório da 8ª. Conferência de Saúde orientou o (a):
a
b
c
d
e
5.
aspectos das políticas econômicas.
condições de trabalho e renda da população.
fatores que determinam a saúde e a doença.
condições de saneamento básico no território.
organização social e econômica do país.
prestada apenas pelo setor público.
representada pelo Estado.
prestada mediante a participação social.
vetada à iniciativa privada.
livre à iniciativa privada.
A participação da comunidade no SUS, incorporada como diretriz na Constituição Federal de 1988, deve
ser entendida como:
a movimento sanitário.
b um processo abrangente de participação direta da sociedade nos processos políticos do país.
c reforma sanitária.
d a criação dos Conselhos Federal, Estaduais e Municipais de Saúde.
e o envolvimento da comunidade nos processos de execução das ações de saúde.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 2
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
8.
São áreas prioritárias propostas pelo Pacto pela Vida:
a Saúde do idoso; Controle do câncer do colo do útero; Redução da Mortalidade Infantil e Materna;
Fortalecimento da capacidade de resposta as doenças emergentes e endemias, com ênfase em dengue,
hanseníase, tuberculose, malária e influenza; Promoção da saúde, Fortalecimento da atenção básica.
b Saúde da criança; Saúde da mulher; Saúde do adulto; Saúde do idoso, Promoção da saúde;
Fortalecimento da atenção básica; fortalecimento da capacidade de resposta a doenças endêmicas,
Proteção da Saúde.
c Capacidade de gestão; Redução da mortalidade infantil e materna; Saúde da mulher e da criança,
Promoção e Proteção da Saúde, Vacinação, Controle da Hanseníase, Controle da Tuberculose,
Fortalecimento da Rede Hospitalar, Organização da Rede de Serviços.
d Saúde do idoso; Saúde do adulto; Controle das doenças emergentes e endêmicas, Saúde da Mulher,
Controle do Câncer de Mama, Redução da Morbimortalidade, Controle das Doenças Endêmicas, Controle
do Tabagismo.
e Saúde do idoso; Redução da mortalidade infantil e materna; Controle do Tabagismo; Fortalecimento da
gestão do SUS; Saúde da Criança, Fortalecimento da capacidade de resposta as doenças emergentes e
endemias, com ênfase em dengue, malária e influenza.
9.
O Acolhimento, segundo a Política de Humanização do SUS é:
a Recepção cordial no setor de arquivo.
b Escuta qualificada.
c Recepção burocrática para registro do paciente.
d Um processo de responsabilização do usuário/trabalhador/equipe de saúde.
e Escuta das principais queixas.
10. O estrangulamento identificado na rede de serviços de saúde ocorre porque:
a existem quantidades insuficientes de profissionais qualificados nas especialidades.
b a assistência à saúde está estruturada apenas nos centro das grandes cidades.
c o processo de trabalho em saúde não estabelece o fluxo de pacientes no SUS.
d a assistência à saúde é estruturada em especialidades e serviços de apoio diagnóstico e terapêutico.
e a assistência a saúde está organizada em níveis de atendimento de média e alta complexidade.
11. Linhas de cuidado é um continuum assistencial composto por ações de promoção, prevenção, tratamento e
reabilitação orientadas pela(o)s:
a assistência a saúde
b modelo assistencial
c necessidades de saúde
d situação de saúde semelhante
e organização da atenção a saúde
12. Os objetos do processo de trabalho em saúde são:
a paciente, família e comunidade.
b doenças e doentes.
c condicionantes e determinantes das condições de saúde da população.
d crianças, mulheres, gestantes, adultos, idosos, portadores de doenças endêmicas.
e danos, agravos, riscos e determinantes das condições de vida da população.
13. A Atenção Básica tem como estratégia prioritária para sua organização de acordo com os preceitos do
Sistema Único de Saúde – SUS o (a):
a Gestão participativa
b Saúde da família
c Participação da Comunidade
d Trabalho em equipe
e Integralidade
14. O eixo estruturante para concretização das linhas de cuidado no Sistema Único de Saúde – SUS é o (a):
a constituição de equipes de referência e apoio matricial.
b percepção das necessidades de saúde da população.
c núcleo de apoio à Saúde da Família.
d ação intersetorial.
e gestão compartilhada.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 3
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
15. São Pontos de Atenção na rede de serviços de saúde:
a procedimentos ofertados à população.
b diversos equipamentos e serviços.
c mecanismos de estruturação do cuidado.
d ações disponíveis aos grupos populacionais.
e modos de organização e funcionamento dos serviços.
16. Sobre o domínio e o processo que estruturam a prática da Terapia Ocupacional é correto afirmar que:
a padrões de desempenho, contextos e ambientes além de demandas da atividade são alguns dos
processos da Terapia Ocupacional.
b o domínio da Terapia Ocupacional está fundamentado no modo como os terapeutas ocupacionais
operacionalizam suas intervenções junto aos seus clientes, o que inclui procedimentos como avaliação,
intervenção e revisão da intervenção.
c o processo da Terapia Ocupacional pode ser entendido como o campo da profissão e as áreas nas quais
os terapeutas ocupacionais têm estabelecido um corpo de conhecimento e habilidades.
d áreas de ocupação, fatores do cliente e habilidades de desempenho são alguns domínios da Terapia
Ocupacional.
e à luz da ciência da ocupação, no domínio e processo da Terapia Ocupacional, ocupação e atividade são
conceitos que se encontram em um mesmo nível de significação e contam com a unanimidade dos
teóricos em torno desta similaridade.
17. O desempenho em ocupações resulta de uma inter-relação do cliente e suas ocupações, assim como do
contexto e do ambiente. Sobre os padrões de desempenho usados pelos clientes no processo de
envolvimento em ocupações e/ou atividades, é correto afirmar que envolvem:
a Valores, crenças e espiritualidade.
b Atividade de Vida Diária - AVD, Atividade Instrumentais de Vida Diária - AIVD e estruturas do corpo.
c Educação, trabalho e participação social.
d Hábitos, rotinas, papéis e rituais.
e Demandas sociais, contextos culturais e ambiente físico.
18. A coluna da esquerda apresenta alguns conceitos importantes vinculados à pratica da Terapia Ocupacional.
Numere a coluna da direita na sequência correspondente a esses conceitos.
1. Justiça Ocupacional
(
)
Envolve os valores éticos e morais da profissão voltados para a
participação de seus clientes na vida comunitária.
2. Perfil Ocupacional
(
)
Seu estudo envolve sua forma, função e significado.
3. Raciocínio Clínico
(
)
É essencial para o planejamento, elaboração do plano interventivo e
análise do processo terapêutico.
4. Ocupação
(
)
Contempla as informações sobre os clientes, seus interesses, valores e
demandas.
A sequência correta é:
a
b
c
d
e
1,
1,
4,
4,
2,
4,
4,
1,
1,
3,
3,
2,
3,
2,
1,
2
3
2
3
4
19. Raciocínio clínico é um processo complexo de grande importância para a prática da Terapia Ocupacional e
que transversaliza todas as etapas do processo interventivo. Uma tipologia possível é apresentada por
Mancini e Coelho (2008) ao discorrerem acerca do raciocínio clínico em Terapia Ocupacional. Segundo as
autoras, o tipo de raciocínio clínico que se estende para além da unidade terapeuta/cliente e que considera
tanto os fatores que limitam como aqueles que facilitam a execução do processo interventivo é o:
a condicional
b pragmático
c interativo
d ético
e científico
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 4
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
20. Na reabilitação física, durante o processo de análise das atividades, utiliza-se com frequência duas
importantes ferramentas ou recursos: a adaptação e a graduação das atividades. A graduação “é um
recurso que o terapeuta ocupacional usa para modificar a atividade, para satisfazer às necessidades
imediatas e ajustá-la para a capacidade máxima do cliente” (Pedro da Silva, In Cavalcanti & Galvão,
2007). Assim, dentre os elementos que podem ser graduados encontram-se:
a o local, o equipamento e a ferramenta.
b as disfunções dos clientes, a integração entre os clientes e a motivação.
c a resistência, a tolerância a atividade, a coordenação e controle muscular.
d o contexto cultural, necessidade e interesse do cliente e o significado das atividades.
e a análise focada na tarefa, a análise focada na teoria e análise focada no cliente.
21. Na análise biomecânica das atividades procura-se avaliar a contração muscular, as possíveis
compensações adotadas, a posição articular e a amplitude de movimento, a necessidade de adaptação e as
repetições solicitadas pela atividade. Esse tipo de análise está embasada no modelo:
a Médico
b de Ocupação Humana
c Neurodesenvolvimentista
d Canadense
e Cinesiológico
22. Com relação à análise de ocupações e atividades realizada pelo terapeuta ocupacional é correto afirmar
que:
a os profissionais da Terapia Ocupacional analisam as atividades para compreender seus componentes,
seus possíveis significados para o cliente e seus potenciais terapêuticos.
b os profissionais analisam as ocupações dos clientes para obter uma avaliação dos potenciais específicos
de desempenho e dos problemas potenciais encontrados sem levar em consideração a avaliação do
sujeito, uma vez que é o profissional quem traça o plano de tratamento.
c a análise é utilizada para planejar o tratamento de modo a capacitar os clientes a se engajarem nas
ocupações determinadas pelos terapeutas com significados que o profissional atribui à ocupação.
d os terapeutas abordam o processo da análise da atividade a partir de três perspectivas: análise
ocupacional, análise de atividades e orquestração ocupacional.
e as atividades dizem respeito à utilização de capacidades e habilidades e por isso na análise considera-se
o ambiente físico e os contextos sociais.
23. O Movimento de artes e ofícios influenciou a Terapia Ocupacional significativamente. Nesse sentido
considera-se que algumas dessas influências foram:
I.
O uso da arte e do artesanato como meio terapêutico.
II. O uso de adaptações confeccionadas para facilitar a realização de atividades.
III. Experiências iniciais de tecnologia assistiva.
IV. A valorização das atividades e do cotidiano.
V. A criação estética enquanto forma de revolução social e existencial.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
aIeV
b I, II e IV
c II e III
d I, II, III e IV
e I, II, III, IV e V
24. Com relação aos atos privativos do terapeuta ocupacional a ABRATO - Associação Brasileira dos Terapeutas
Ocupacionais (2011) cita:
a Análise de Atividades; Atendimentos nas Atividades de Vida Diária (AVDs); Atividades de Vida Prática
(AVPs); Atividades da Vida de Trabalho (AVTs); Atividades da Vida de Lazer (AVLs); Planejamento,
prescrição, confecção, orientação e treino de adaptações e dispositivos.
b Análise de Atividades; Atendimentos nas Atividades de Vida Diária (AVDs); Atividades de Vida Prática
(AVPs); Atividades da Vida de Trabalho (AVTs); Atividades da Vida de Lazer (AVLs).
c Análise de Atividades; Atendimentos nas Atividades de Vida Diária (AVDs); Atividades de Vida Prática
(AVPs); Planejamento, prescrição, confecção, orientação e treino de adaptações e dispositivos.
d Análise de Atividades; Atendimentos nas Atividades de Vida Diária (AVDs); Atividades de Vida Prática
(AVPs).
e Atendimentos nas Atividades de Vida Diária (AVDs); Atividades de Vida Prática (AVPs); Atividades da
Vida de Trabalho (AVTs); Atividades da Vida de Lazer (AVLs); Planejamento, prescrição, confecção,
orientação e treino de adaptações e dispositivos.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 5
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
25. Ao analisar uma ocupação ou atividade, o Terapeuta Ocupacional leva em consideração, dentre outras
coisas, o contexto em que ocorre o envolvimento do cliente naquela ocupação ou atividade. Sobre os
contextos considerados no domínio da Terapia Ocupacional, marque a alternativa correta.
a O contexto temporal diz respeito às relações que se estabelecem sob o ritmo do desempenho
ocupacional de cada cliente.
b O contexto virtual refere-se a situações que não fazem parte do contexto físico do cliente.
c O contexto cultural envolve costumes, crenças, status sócio-econômico e nível de instrução de cada
cliente.
d O contexto físico envolve as relações que o cliente estabelece com pessoas e grupos.
e O contexto ocupacional inclui a volição, o desempenho e as dificuldades que estão envolvidas na
execução de uma tarefa específica pelo cliente.
26. Nas afecções do Sistema Nervoso Central, em especial aquelas que afetam o encéfalo, podem ser
observados problemas cognitivos, que comprometem a atenção, a memória, a função visuomotora e
visuoespacial, dentre outras. Durante o processo de avaliação observa-se, por vezes, que alguns clientes
conseguem realizar alguns atos espontâneos apropriadamente, entretanto apresentam incapacidade de
realizar atos complexos, quando solicitados.
Estas alterações podem estar relacionadas com a seguinte
disfunção:
a Agnosia motora
b Negligência
c Apraxia ideativa
d Paresia associada a alteração tônica
e Apraxia ideomotora
27. Muitos são os protocolos de avaliação utilizados na prática pediátrica. Analise com atenção as afirmativas
abaixo e marque a alternativa correta.
I.
A COPM ou “Canadian Occupational Performance Measure” é um protocolo semi-estruturado de
entrevista que visa a identificação, pelo cliente,
de problemas no desempenho ocupacional. Pode
ser utilizado com os cuidadores, independente da faixa etária e / ou com crianças a partir de 8 anos.
II. O PEDI – “Pediatric Evaluation of Disability Inventory” tem o objetivo de descrever o perfil funcional
de crianças entre 12 meses e 5 anos de idade. Trata-se de uma entrevista com os pais ou com
pessoas aptas a informar sobre o desempenho típico da criança em casa.
III. O WeeFIM ou “Functional Independence Measuare for Children” é um sistema de mensuração que
documenta o desempenho funcional de crianças e adolescentes com doenças congênitas ou
adquiridas. É aplicável somente no ambiente domiciliar e é baseado na COPM.
IV. A AIMS – “Alberta Infant Motor Scale” é uma escala baseada na performance, que
mede a
maturação motora ampla em bebês, desde o nascimento até a locomoção. Utiliza a avaliação
observacional.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I, II, III e IV
b I e IV
c II e III
dI
e II
28. Durante o processo de avaliação de crianças com desordens neuromotoras ou mais especificamente com
Paralisia Cerebral, dentre as diversas dificuldades encontra-se a “resistência ao estiramento muscular
rápido associado ao aumento dos reflexos tendíneos”. Esta alteração e a lesão à qual ela está relacionada,
são denominadas:
a Discinesia, relacionada a lesão do tracto extrapiramidal.
b Discinesia, relacionada a lesão do tracto piramidal.
c Ataxia, relacionada a lesão cerebelar.
d Espasticidade, relacionada a lesão do sistema piramidal.
e Hipertonia, relacionada a lesão do sistema extrapiramidal.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 6
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
29. Na avaliação de pacientes com déficits funcionais decorrentes de lesões traumato ortopédicas localizadas
no membro superior, o terapeuta ocupacional avalia aspectos relacionados aos componentes de
desempenho ocupacional, como a força muscular, amplitude de movimentos, sensibilidade, e edema.
Seguindo a sequência acima identifique os equipamentos necessários para avaliar cada componente de
desempenho.
a Dinamômetro de Jammar, Goniômetro, Volúmetro e Estesiômetro.
b Dinamômetro de Jammar, Volúmetro, Goniômetro e Estesiômetro.
c Dinamômetro de Jammar, Goniômetro, Estesiômetro e Volúmetro.
d Goniômetro, Estesiômetro, Dinamômetro de Jammar e Volúmetro.
e Dinamômetro de Jammar, Estesiômetro, Volúmetro e Goniômetro.
30. No processo de avaliação, prevenção e intervenção das disfunções ocupacionais relacionadas às afecções
cardiovasculares que possam implicar em deficiências, incapacidades e desvantagens sociais, o terapeuta
ocupacional pode utilizar o modelo da OMS. Com base neste modelo as ações de saúde devem visar, no
mesmo grau de importância tanto os aspectos de estrutura e função corporal, como também aspectos de
atividade e participação social. Entretanto para Cordeiro (2007) nesta área, em especial, o terapeuta
ocupacional deve focar-se principalmente na atividade e participação.
A alternativa que representa a justificativa para o foco nestes aspectos é:
a as estruturas e funções corporais estão prioritariamente sob do domínio da intervenção médica ou de
enfermagem, assim o terapeuta ocupacional objetivará as necessidades de independência, autonomia e
satisfação nas atividades e participação social.
b os clientes que apresentam distúrbios do aparelho cardiovascular (dispneia, fadiga muscular, ou angina
do peito), apesar de apresentarem disfunções ocupacionais, não são acompanhados pela Terapia
Ocupacional.
c os aspectos orgânicos não necessitam ser considerados na definição da intervenção do terapeuta
ocupacional.
d os recursos terapêuticos ocupacionais utilizados na abordagem dessa clientela contemplam somente
os aspectos educativos e psicossociais, o que justifica o foco nas atividades e participação social.
e considerando o modelo da OMS,
atividade e participação.
a função do terapeuta ocupacional está restrita aos
aspectos da
31. Segundo De Carlo (2004), o aumento do número de idosos implicará a obrigatoriedade do aumento de
serviços especializados no atendimento a essa população. É nesse contexto que entra a Terapia
Ocupacional. Há então necessidade de se conhecer a importância do trabalho do terapeuta ocupacional na
abordagem do paciente idoso no contexto hospitalar, englobando o atendimento nas enfermarias, no
ambulatório e mais recentemente, no atendimento domiciliar. Classificam-se como ações do terapeuta
ocupacional junto ao idoso:
I.
A avaliação do idoso em terapia ocupacional é determinada pela estimativa de sua força e de sua
debilidade, pelo reconhecimento de potencialidades remanescentes e de possibilidades reais de
desempenho nas atividades cotidianas.
II.
Cabe a terapia ocupacional identificar as habilidades que possam ser restauradas ou adaptadas e
promover intervenções maximizando a independência e autonomia dos idosos dentro de parâmetros
custo-efetivos segundo as possibilidades individuais de cada caso e recursos disponíveis.
III. As atividades terapêuticas ocupacionais para pessoas idosas não planejadas num continuum, de maior
para menor complexidade, iniciando com as coadjuvantes, que são os procedimentos que preparam o
cliente para o desempenho ocupacional e são preliminares das atividades: exercício,
facilitação/inibição neuromuscular, posicionamento, estimulação sensorial, órteses, etc.
IV. Artrite, hipertensão, déficits sensoriais, respiratórios, AVC, osteoporose e fraturas são as causas mais
comuns de morbidade para pessoas com idade superior a 65 anos; elas podem levar à internação
hospitalar e, algumas vezes ao óbito.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a IV
b I, II e III
c I, II e IV
d II e III
e I, II, III e IV
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 7
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
32. Sobre o processo avaliativo da Terapia Ocupacional em Saúde mental, analise as afirmativas a seguir.
I.
O interesse do terapeuta ocupacional ao avaliar campos do desempenho ocupacional que englobam
AVDs, AIVDs, lazer e trabalho é conhecer as necessidades, potencialidades, interesses e capacidades
dos clientes a fim de construir projetos terapêuticos singulares que incluem a circulação dos mesmos
em espaços sócio – culturais e comunitários.
II.
No que diz respeito às AVDs é possível definir o nível de comprometimento do transtorno mental que
se reflete na autonomia e independência, após a avaliação de como o cliente se alimenta, como se
veste e como realiza sua higiene pessoal.
III. No que diz respeito às nuances da dependência química que estão no campo da saúde mental, cabe
ressaltar que a avaliação além de englobar aspectos do desempenho ocupacional em si, deve se voltar
aos riscos e a prevenção de recaída no uso de drogas.
IV. Nos CAPS, CAPS-AD e CAPSi, os procedimentos avaliativos em Terapia Ocupacional são os mesmos,
independente do perfil da clientela atendida e das demandas específicas de cada caso clínico.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I, II e III
b I, II e IV
c II, III e IV
d I
e II
33. Sobre a utilização e prescrição de adaptações utilizadas na prática do terapeuta ocupacional, é correto
afirmar que:
a a indicação e utilização de uma adaptação deve sempre obedecer a regras ou seguir padrões
preestabelecidos de prescrições.
b a adaptação deve ser obrigatoriamente idealizada ou confeccionada de acordo com as necessidades do
cliente e do terapeuta, com as possibilidades de aquisição (produto manufaturado ou artesanal), de
modo a ampliar as necessidades de envolvimento e participação do indivíduo em ocupações ou tarefas.
c as adaptações não são muito efetivas, considerando-se injustificados os investimentos em saúde e
reabilitação para oferta de tais recursos.
d a prescrição deste tipo de dispositivo não faz parte do processo terapêutico ocupacional pois existe
carência destes produtos no mercado.
e o paciente com lesão de nível C7 pode se beneficiar de adaptações que auxiliem a preensão como, por
exemplo, cabos engrossados para alimentação, higiene elementar e básica e substituição de preensão
para escrita.
34. Segundo a ABRATO (2011), A Tecnologia Assistiva abrange diferentes áreas de aplicação, quais sejam:
adaptações para atividades de vida diária, sistemas de comunicação alternativa, informática, unidades de
controle ambiental, adaptação do ambiente doméstico, profissional e comunitário, adequação da postura
sentada, adaptações para déficits visuais e auditivos, cadeiras de rodas e dispositivos de mobilidade,
adaptações de veículos. Compete ao terapeuta ocupacional a avaliação, indicação, prescrição e o
treinamento do uso de recursos da tecnologia assistiva nas atividades da vida diária e atividades
instrumentais da vida diária, desta forma é fundamental que este profissional domine ou conheça estas
diferentes áreas de aplicação. Considerando o exposto anteriormente correlacione às categorias de
tecnologia assistiva com as respectivas indicações clínicas:
1) cadeira de rodas
(
) substituição de um membro amputado.
2) muletas e andadores
(
) engrossador para escrita.
3) adaptações
(
) auxílio para locomoção.
4) próteses
(
) estabilização de uma lesão do nervo radial.
5) órtese
(
) lesado medular nível T 12.
A sequência correta é:
a 1, 2,3,4,5
b 4,3,2,1,5
c 4,3,2,5,1
d 4,2,3,1,5
e 5,3,2,4,1
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 8
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
35. No processo de prescrição e confecção de uma órtese, o terapeuta ocupacional deve procurar sempre o
equilíbrio entre os dois braços de movimento e as forças aplicadas, buscando um sistema com vantagem
mecânica adequada e um sistema de força favorável. O uso do princípio da vantagem mecânica interfere
diretamente na durabilidade e no conforto do aparelho ortótico. Com base neste enunciado é correto
afirmar que:
a quanto maior o braço de resistência, maior a vantagem mecânica.
b quanto menor o braço de resistência, menor é a vantagem mecânica.
c o comprimento do braço de resistência não interfere na vantagem mecânica.
d quanto maior o braço de resistência, menor a vantagem mecânica.
e o braço de resistência não possui nenhuma relação com a vantagem mecânica.
36. O uso de tecnologia assistiva para auxiliar no processo de comunicação vem contribuindo de forma
decisiva para o acesso e integração de pessoas com dificuldades de comunicação, seja ela de caráter
temporário ou definitivo, gerando um arsenal de equipamentos que podem ajudar no desenvolvimento de
potenciais cognitivos e formas de comunicação mais simples. Os equipamentos utilizados exclusivamente
no processo de comunicação alternativa e suplementar são:
a prancha de comunicação, softwares, acionadores, brinquedos adaptados ao hardware, colete de putti,
órteses.
b avental, teclado virtual, eye gaze, pranchas de comunicação, simbolos pictográficos.
c hardwares, softwares, brinquedos adaptados, órtese de reciprocação, prancha de comunicação.
d teclado vazado, softwares, hardwares, acionadores, muletas, tela sensível ao toque, prótese
mioelétrica.
e órtese de cabeça apontador, álbum de fotos, acionadores, brinquedos adaptados, gravador adaptado,
adaptação de talheres.
37. Sobre a Reabilitação Física de clientes com sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), é correto
afirmar que:
I.
A intervenção do terapeuta ocupacional na fase de hospitalização não é essencial, visto que nesta
fase, como o quadro ainda não está definido, a intervenção não contribui para prevenir ou amenizar
as sequelas motoras e sensoriais.
II. Na adequação do quarto hospitalar, como o paciente apresenta tendência a virar a cabeça para o lado
afetado, os estímulos visuais, auditivos e táteis devem ser oferecidos no lado sadio.
III. Quanto à postura no leito, o posicionamento
mais importante e que deve ser introduzido
precocemente é o de deitar-se sobre o lado plégico, visto que favorece o alongamento muscular e
reduz a espasticidade de todo o hemicorpo.
IV. Na orientação das AVDs, em especial do vestuário, na fase inicial do tratamento é aconselhável
orientar o paciente quanto ao uso de roupas mais largas e simples, pois elas facilitam as ações de
vestir e despir. Uma regra simples e básica para o vestuário, é dar início a sequência sempre com o
lado afetado.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I, II, III e IV
b I e II
c III e IV
d I e IV
e II e III
38. Durante o processo de Reabilitação Física de um indivíduo com lesão da medula espinhal no nível de C5 é
correto afirmar que:
a o indivíduo necessita de adaptações para a alimentação, higiene oral e para o uso do computador, que
supram a ausência da preensão e da estabilização do punho. A locomoção independente ocorrerá com
uso de cadeira de rodas motorizada com controle manual.
b o desempenho deste indivíduo será de total independência, e a indicação de adaptações estará restrita
a tábua de transferência, cadeira de banho e carro adaptado com comando manual.
c este indivíduo irá se beneficiar de adaptações que substituam a preensão na alimentação, higiene oral
e para o uso do computador, entretanto conseguirá manejar cadeira de rodas comum em planos e
rampas.
d o indivíduo com este nível de lesão será beneficiado com adaptações como cabos engrossados (para
higiene e alimentação) e uso de pinos sobre os aros da cadeira de rodas, para melhor impulsão.
e uso de adaptações não é indicado, pois o indivíduo com este nível de lesão será completamente
dependente nas Atividades da Vida Diária e na locomoção.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 9
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
39. Considerando a Terapia Ocupacional em contexto hospitalar, marque a alternativa correta.
a A Terapia Ocupacional surge como profissão em contextos hospitalares na atuação com pacientes
crônicos e agudos.
b Segundo Soares, o movimento internacional de reorganização dos cuidados com a saúde, valorizou a
redução do tempo de internação dos pacientes para redução dos custos, o que favoreceu a expansão do
campo de atuação para terapeutas ocupacionais nos hospitais.
c Considerando a atuação ampla e complexa da Terapia Ocupacional contemporânea em diversas áreas,
verifica-se uma tendência a valorização do trabalho do terapeuta ocupacional na equipe
multiprofissional do hospital.
d Os terapeuta ocupacionais Adolph Meyer e Hermann Simon fizeram os primeiros relatos sobre o uso das
ocupações como forma de tratamento em pacientes crônicos em hospitais psiquiátricos.
e A atuação e implantação de novas práticas de Terapia Ocupacional em instituições hospitalares tem
exigido dos profissionais o aprofundamento técnico-cientifico e conhecimento de procedimentos e
recursos de intervenção voltados somente as necessidades de atendimento do paciente no período da
hospitalização.
40. Sobre a intervenção terapêutica ocupacional em hospitais, afirma-se que:
I.
O terapeuta ocupacional deve atuar na promoção da saúde, qualidade de vida e desempenho
ocupacional do paciente durante a internação, buscando dimensionar melhorias nas necessidades do
paciente no ambiente hospitalar.
II. Os programas de intervenção em contextos hospitalares devem abranger a humanização,
ambientação e promoção da interação social do paciente hospitalizado.
III. O tratamento terapêutico ocupacional do paciente hospitalizado deve sempre iniciar na fase aguda da
enfermidade.
IV. A intervenção terapêutica ocupacional em hospitais cuida das capacidades físicas e funcionais
comprometidas pelas condições clínicas que levaram o paciente à internação.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I, II, III e IV
b I, II e III
c I, II e IV
d I e IV
e I e II
41. Sobre processos avaliativos em Terapia Ocupacional, afirma-se que :
I.
A avaliação inicial em Terapia Ocupacional é o conjunto de procedimentos empregados no começo do
processo terapêutico que são considerados pré- requisitos necessários para o planejamento do
processo de intervenção.
II.
Nos processos avaliativos no ambiente hospitalar o profissional de Terapia Ocupacional deve
considerar as condições físicas e emocionais do paciente e priorizar métodos de avaliação que
identifiquem incapacidades.
III. Os terapeutas ocupacionais de acordo com Neistadt, ao realizarem suas avaliações devem estar
atentos à qualidade da vida ocupacional e ao desempenho ocupacional de seus clientes no cotidiano
de suas relações.
IV. No exame físico a inspeção é um procedimento realizado pelo terapeuta ocupacional.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I e II
b I, III e IV
c I, II e IV
d II, III e IV
e I, II, III e IV
42. “...Um processo que oferece aos indivíduos que estão debilitados, incapacitados ou deficientes em virtude
de transtorno mental a oportunidade de atingir o seu potencial de funcionamento independente na
comunidade”(Ballarin; Carvalho – 2007). Essa definição refere-se à:
a Reforma psiquiátrica
b Terapia Comunitária
c Reabilitação Psicossocial
d Atenção Psicossocial
e Desinstitucionalização
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 10
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
43. Considerando a intervenção terapêutica ocupacional na atenção à criança e adolescente, afirma-se que:
I.
No tratamento da criança ou adolescente com câncer, o terapeuta ocupacional não aplica processos
terapêuticos que restaurem danos cognitivos que possam resultar da doença.
II.
As ações de intervenção da Terapia Ocupacional no contexto hospitalar estão voltadas as necessidades
do cotidiano da criança internada, onde o terapeuta ocupacional auxilia o paciente a lidar com o
trauma da dor e com os procedimentos clínicos e cirúrgicos no processo de hospitalização.
III. Na reabilitação da criança com câncer somente os componentes físico, psicológico e social estão
incluídos.
IV. Órteses são indicadas pelo terapeuta ocupacional ao paciente oncopediátrico para suprir necessidades
funcionais decorrentes de intercorrências neurortopédicas.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I e II
b I e III
c II e IV
d I, II, e IV
e I, II, III e IV
44. Na tentativa de modificar o modelo hegemônico centrado no hospital psiquiátrico para um modelo político
social de base territorial e comunitária, a reforma psiquiátrica vem desencadeando desde a década de 70,
reflexões e ações no intuito de gerar mudanças na sociedade, relacionadas a concepções e atitudes
referentes à doença mental. Sobre esse movimento e os acontecimentos envolvidos em sua
implementação, marque a alternativa correta.
a Um desdobramento da reforma psiquiátrica no cenário brasileiro é ter a rede assistencial ao portador de
transtorno mental, atualmente formada exclusivamente pelos CAPS, CAPS-AD e CAPSi.
b A reforma psiquiátrica propõe uma mudança nas formas de tratamento do portador de transtorno
mental, implementando gradualmente a internação como forma de anti-exclusão social.
c A rede territorial de serviços proposta pela reforma psiquiátrica inclui centros de atenção psicossocial,
centros de convivência, cooperativas de trabalho, oficinas de geração de renda, residências
terapêuticas, dentre outros, de forma territorializada e descentralizada.
d Uma consequência concreta da reforma psiquiátrica brasileira é a plena consolidação da rede de
atenção de base social e comunitária nos estados da federação, mostrando-se capaz de promover a
plena reintegração social dos usuários dos serviços de assistência ao portador de transtorno mental.
e O Terapeuta Ocupacional, inserido no modelo vigente de assistência psicossocial ao portador de
transtorno mental, atua por meio de projetos terapêuticos coletivos de forma que possa alcançar um
número significativo de usuários dos serviços.
45. Com relação ao campo psicossocial, leia as afirmativas e assinale a alternativa correta.
I.
Na saúde mental a avaliação é processual, não se restringindo a um momento inicial ou final do
tratamento.
II.
A COPM – Canadian Occupacional Performance Measure é baseada na intervenção centrada no cliente
e reconhece a necessidade do mesmo identificar problemas em seu desempenho ocupacional.
III. A reabilitação psicossocial enfoca questões relacionadas à capacidade funcional e adaptativa dos
indivíduos em oposição à doença, abrangendo o regate de direitos dos sujeitos e a aspectos éticos nas
estratégias interventivas.
IV. Com a reforma psiquiátrica iniciou-se um processo de mudança na assistência, saindo de uma
dinâmica centrada historicamente no hospital para uma atenção voltada à saúde mental e baseada na
comunidade.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
aI
b I e III
c I e IV
d I, II e IV
e I, II, III e IV
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 11
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
46. Sobre à reabilitação psicossocial afirma-se que a mesma, abrange:
I.
Facilitação de condições para que o usuário com limitações atinja uma melhor reestruturação de
autonomia em suas funções na comunidade.
II.
Favorecimento da desinstitucionalização e inclusão, de forma a integrar as pessoas com sofrimento
psíquico nos diferentes espaços da sociedade.
III. A associação das oficinas terapêuticas, do trabalho e a reabilitação que podem apresentar inúmeras
variações na prática ou no contexto onde são operacionalizadas.
IV. Difusão da idéia de que o trabalho é um instrumento de reabilitação.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I, II e III
b I e II
c I e III
d II, III e IV
e I, II, III e IV
47. Sobre o processo de reabilitação psicossocial e Terapia Ocupacional, marque a alternativa correta.
a Envolve a facilitação do melhor nível possível de desempenho ocupacional dos sujeitos em suas
atividades significativas.
b Está relacionada ao favorecimento da autonomia e do pleno exercício das funções de indivíduos com
limitações relacionais no contexto doméstico/familiar.
c Configura-se como conjunto de estratégias direcionadas a aumentar as possibilidades de trocas, a
valorização das subjetividades e a proporcionar contratualidade e solidariedade, limitando-se a
implantação das redes de serviço.
d Associa todos os envolvidos no processo terapêutico no sentido da autonomia e da superação das
limitações com valorização das potencialidades individuais e coletivas, de forma que sejam reduzidas as
condições de exclusão e que envolva a família e comunidade.
e Tem suas raízes na reforma psiquiátrica brasileira, sendo uma ação desenvolvida somente por
terapeutas ocupacionais no contexto da nova política de saúde mental.
48. As redes sociais primárias são constituídas a partir de todas as relações significativas que o sujeito
estabelece cotidianamente durante toda sua vida e que devem garantir:
a acessibilidade as pessoas com incapacidade
b proteção, moradia e sobrevivência
c atendimento público prioritário
d transporte gratuito
e atenção da família e de pessoas amigas
49. Considerando a problemática da integração e participação de pessoas com incapacidades em situações de
vida na comunidade, analise as afirmativas abaixo.
I.
O termo (re) integração na comunidade sugere que existe uma má adaptação entre o indivíduo e a
comunidade com a qual ele procura uma conexão.
II.
Os esforços terapêuticos e sociais procuram conferir aos indivíduos o direito de tornarem-se membros
efetivos de uma comunidade.
III. A inclusão pode ser utilizada para descrever a presença de alguém em um grupo ou uma oportunidade
para participar de modo pleno.
IV. A preocupação com a participação da pessoa na comunidade envolve a análise de ambientes pessoais,
como acessibilidade em casa, a segurança, a necessidade de supervisão e os engajamentos pessoais e
sociais.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a I e II
b I e IV
c I, III e IV
d II, III e IV
e I, II, III e IV
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 12
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
50. Sobre o processo de reabilitação e integração das pessoas na comunidade, afirma-se que:
a a dificuldade de uma pessoa para realização de atividades é considerada deficiência.
b a abordagem centrada no cliente tem seu foco nos macrossistemas (ex. politica pública, normas e
regulamentações) que podem otimizar a acessibilidade e a aceitação das pessoas nas comunidades.
c a reintegração na comunidade é definida como o processo de fazer parte do fluxo principal da vida, da
família e da comunidade, participando das responsabilidades e dos papéis normais e sendo um membro
ativo e contribuinte dos grupos sociais da pessoa e da sociedade como um todo.
d os problemas das AVDs são mais comuns do que as dificuldades com AIVD para pessoas com
incapacidade.
e os conceitos de modelo universal sugerem que os ambientes e produtos sejam idealizados para ser
utilizados por todas as pessoas, na maior extensão possível, com a necessidade de arranjos especiais e
adaptações.
UEPA
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE
Pág. 13
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards