Enviado por rodrigopharma

aula 5 classificacao terapeutica dos antinflamatorios

Propaganda
CLASSIFICAÇÃO TERAPÊUTICA DOS
FÁRMACOS
Processo inflamatório
 PROCESSO INFLAMATÓRIO





DOR – resposta química
CALOR – FEBRE – distúrbio termoregulatório
RUBOR – aporte sanguíneo
EDEMA – aporte aquoso
PERDA DA FUNÇÃO – incapacitação do órgão ou tecido
Processo inflamatório
 INFLAMAÇAO NA GARGANTA
 OTITE
Processo inflamatório
 OTITE
Processo inflamatório
Processo inflamatório
 ESTOMATITE AFTOSA
Processo inflamatório
 CONJUNTIVITE
 BURSITE
Processo inflamatório
Processo inflamatório
 PROCESSO INFLAMATÓRIO
 DOR – resposta química
 CEFALÉIAS
 ENXAQUECAS
 Crônica, persistente, unilateral, bilateral, ocular, generalizada
 SINUSITE
 Frontal ocular. Relacionada as cavidades sinuzoide
 NEURALGIA ou MEVRALGIA
 Dor nos nervos: constitucional ou adquirida
 MIALGIA
 Dor muscular: esforço, ergonomia, frio, umidade
 ARTRALGIA
 Dor nas articulações. Membrana sinovial (artrite), bolsa (bursite)
 ODONTALGIA
 Dor de dente:
Processo inflamatório
 O QUE DESENCADEIA O PROCESSO INFLAMATÓRIO?
 TRAUMA
 Fisico
 Quimico
 Biológico
 DANO CELULAR
 LIBERAÇAO DE MEDIADORES QUIMICOS
CLASSES TERAPÊUTICAS
 O QUE DESENCADEIA O PROCESSO INFLAMATÓRIO?
 TRAUMA
 Fisico
 Quimico
 Biológico
 DANO CELULAR
 LIBERAÇAO DE MEDIADORES QUIMICOS
CLASSES TERAPÊUTICAS
 Enzimas
 Piroxicam,
Meloxicam,
Tenoxicam,
Nimesulida
 Aas, Paracetamol, Dipirona
 Cetoprofeno, Ibuprofeno, Naproxeno
 Diclofenaco (sódico, potassico, resinato,
dietilamonio e colesteramina), Aceclofenaco
 Estes antiinflamatórios são AINES
 ANTINFLAMATÓRIOS CORTICOSTERÓIDES
 Betametasona
 Absorvível topicamente para ação sistêmica
 Clobetasol
 Ex. Psorex (psoríase)
 Dexametsona
 Antiasmático, antialérgico, antiinflamatório, imunossupressor
 Prednisona
 Antiasmático, antinflamatório, imunossupressor
 Mometasona
 Antinflamatorio, antipruriginoso aerosol nasal
 Triancinolona
 Antiasmático, antinflamatório, imunossupressor
Anti-inflamatórios
 ANTINFLAMATÓRIOS
 CORTICOSTEROIDES
 DEXAMETASONA
 BETAMETASONA
 NÃO-ESTEROIDAIS (AINES)




DICLOFENACO, ACECLOFENACO
PIROXICAM, MELOXICAM
NIMESULIDA
FENILBUTAZONA
 ANALGÉSICOS
Analgésicos
 Medicamentos que diminuem a sensibilidade a dor.
 Incluem os AINES por também serem analgésicos
 E também os NARCÓTICOS:
 MORFINA
 TRAMADOL
 DEMEROL
 Causam dependência física, hipertensão, gastrite, hepatite medicamentosa
 AAS e DICLOFENACO inibe a produção de prostaglandina que apesar de ser um
agente que causa dor ela protege a mucosa gástrica. AAS Também é
antiagregante plaquetário.
 O abuso de PARACETAMOL é o maior agente causador de hepatite
medicamentosa.
 A cafeína em certas composições ajuda no alivio de enxaqueca mas também a
causa na retirada brusca.
 Antiácidos
Antiácidos
Combatem o excesso de ácido clorídrico no estômago. O excesso de
HCL, provoca a dor e queimaçao gástrica. (azia)
Netralização do ácido com uma base:
HCL + base fraca = NaCL + H2O
Antiulcerosos
 Uma maneira de neutralizar o HCL é impedindo que ele seja
produzido
 Antagonistas H2
 Ranitidina
 Inibidores da bomba de prótons
 omeprazol
Antiulcerosos
 Medicamentos utilizados no tratamento de úlceras pépticas,
gástricas e duodenais
Digestivos
 Estimulam a motilidade gastrointestinal
 Induzem liberação de enzimas biliares e pacreáticas
 Amilase, tripsina e lipases
 Fornecem enzimas diretamente
Hepatoprotetores
 Protegem ou estimulamas células do fígado
 Aminoácidos
 usados pelo fígado para produzir enzimas
 Vitaminas
 B6, B12,
 Colagogos
 estimulante excreção biliar (Boldo, cáscara sagrada)
 Coleréticos
 estimulam a produção da bile no fígado
Antieméticos
 Impedem ou aliviam os sintomas da ância de vômito
 O vômito é um mecanismo de defesa do corpo humano, como a
tosse e(pulmões) e espirro.
 METOCLOPRAMIDA (bloqueador dopaminergico, e estimulante
peristáltico)
 BROMOPRIDA (estimula motididade)
Antidiarreicos
 Diarréia é o aumento da presença de líquidos nas fezes.




Infecções
Gastroenterites
Uso ou abuso de antibióticos
Alergias etc…
 Kaomagma: Recupera a consstência fecal
 Floratil : (Sacharomices boulardi), repõe a flora intestinal
 Imosec: Diminui a motilidade intestinal (loperamida)
 (só usar em casos não infecciosos)
Laxativos e purgativos
 LAXATIVOS E PURGATIVOS (CATÁRTICOS)
 Formadores de Massa
Trifibra mix (sanofi)
Goma
Metilcelulose
Metamucil (Proctere & Gamble)
Laxativos e purgativos
 LAXATIVOS E PURGATIVOS (CATÁRTICOS)
 Estimulantes
Fitoterápicos: Cáscara Sagrada, Cassia, Sene
Bisacodil: Dulcolax
Laxativos e purgativos
 LAXATIVOS E PURGATIVOS (CATÁRTICOS)
 Estimulantes
Picossulfato sódico – Guttalax
Óleo de Rícino
Óleo Mineral
Fleet Enema
CLASSES TERAPÊUTICAS
 REHIDRATANTES ORAIS – reposição de eletrólitos e água
 Soro caseiro
 Pedialyte
 Hidrafix
CLASSES TERAPÊUTICAS
 REEDUCADORES INTESTINAIS – fibras estimulantes (formadores de
massa)
 Naturetti
 Trifibra Mix
 Metamucil
CLASSES TERAPÊUTICAS
 ANTIESPASMÓDICOS – reduz contrações involuntárias da
musculatura lisa
 Escopolamina - Buscopam
 Atropina – (hospitalar)
 Atropa Beladona - Atroveran
Antiflatulentos
 ANTIFLATULENTOS – Eliminação de gazes
reduz a tensão superficial das bolhas gasosas
 DIMETICONA
 SIMETICONA
Anti - Herpéticos
 ANTI-HERPÉTICOS
Tratamento da Herpes
 ACICLOVIR
 ANTIGRIPAIS
Antigripais
Aliviam os sintomas da gripe

Associações de Vitamina C, analgésicos e antitérmicos e descongestionantes nasais
 RESFENOL (paracetamol, clorfeniramina, fenilefrina)
 DECONGEX (bronfeniramina, fenilefrina)
 CORISTINA D (AAS, dexclorfeniramina,fenilefrina, cafeína)
 ANTITUSSÍGENOS
Antitussígenos
Inibem a freqüência e intensidade da tosse Central ou Periférica

ANTITUSSIGENOS

ANTITISSIGENOS CENTRAIS



ANTITUSSIGENOS PERIFÉRICOS

ANTITUSSIGENOS LOCAIS



DROPROPIZINA (VIBRAL)
LEVODROPROPIZINA
MUCOLITICOS




CLOBUTINOL
CODEINA (TYLEX)
ACETILCISTEÍNA
AMBROXOL (MUCOSSOLVAN)
CARBOCISTEÍNA (MUCOFAN)
EXPECTORANTES

BRONCODILATADORES



SALBUTAMOL (AEROLIN)
FENOTEROL (BEROTEC)
EXPECTORANTES SEDATIVOS



GUAIFENESINA (REVENIL)
IODETO DE POTASSIO
SULFOGUAIACOL (FENERGAN XPE)
 ANTITUSSÍGENOS
Inibem a freqüência e
intensidade da tosse Central
ou Periférica
Antipiréticos
 ANTIPIRÉTICOS
 Os antipiréticos fazem com que o hipotálamo "ignore" um aumento de
temperatura induzido por interleucina. O corpo então irá trabalhar para
baixar a temperatura e o resultado é a redução da febre.
 Contraditoriamente, a maioria dos antipiréticos são usados para outros
fins. Por exemplo, os antipiréticos mais comuns no Brasil e nos Estados
Unidos são a AAS e o PARACETAMOL, que são usados primariamente
para o alívio da dor.
Inflamação na garganta com placa
bacteriana
Inflamação na garganta sem placa
bacteriana
Próxima aula... ANTIBIÓTICOS
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards