Enviado por Do utilizador2116

AULA COMPLETA - TRATO GASTRO-INTESTINAL

Propaganda
Fármacos que atuam no
Trato Gastrointestinal
Prof. Marcus Vinícius
Trato Gastrointestinal
Trato Gastrointestinal
 As principais funções do TGI que são importantes do
ponto de vista farmacológico:
 secreção gástrica
 vômito (emese)
 motilidade do intestino e expulsão das fezes
 formação e secreção da bile
Anatomia do Estômago
Zona Cardíaca
Zona
Pilórica
Zona Gástrica
tipos de células:
•parietal
• parietal
•chief
•mucus
• principal
•endocrine
•enterochromaffi
• secretoras
nde muco
Regulação da Secreção Gástrica
Principais estímulos que atuam sobre as células parietais:
 gastrina
 acetilcolina
 histamina
 as prostaglandina E2 e I2 inibem a
secreção gástrica
Parietal Cell Stimulation & Secretion
Gastric Gland
Histamine
H-2 Blocker
Illustrations from LifeART, MediClip, © Williams & Wilkins, a Waverly Company.
ÚLCERA PÉPTICA
 A gênese da úlcera péptica envolve:
infecção na mucosa por Helicobacter pylori
desequilíbrio entre os mecanismos de
lesão da mucosa (ácido, pepsina) e
mecanismos protetores (muco, bicarbonato,
síntese de PGE2 e PGI2)
Principais condições patológicas que
requerem redução da secreção ácida
 As principais condições patológicas que
requerem redução da secreção ácida:
ulceração péptica (duodenal ou gástrica)
esofagite de refluxo
Síndrome de Zollinger-Ellison (tumor de
gastrina).
Terapêutica utilizada para inibir ou
neutralizar a secreção de ácido gástrico
 Considerações importantes:
H. pylori – bacilo Gram negativo provoca
gastrite crônica.
Adm AINES -  síntese de
prostaglandinas,  secreção de muco e de
bicarbonato.
Terapêutica utilizada para inibir ou
neutralizar a secreção de ácido gástrico
Antiácidos
Antagonistas dos receptores H2 .
Inibidores da Bomba de Prótons.
Antiácidos
Atuam ao neutralizar o ácido
gástrico, elevando o pH.
Inibe a atividade péptica (cessa com
pH 5,0)
Mais comuns: sais de magnésio e
de alumínio
Antiácidos
Sais de magnésio – provocam
diarréia.
Sais de alumínio – provocam
constipação
Útil a utilização da mistura destes
sais
Antiácidos
Principais preparações:
Hidróxido de alumínio (não produz
alcalose sistêmica)
Trissilicato de magnésio
Gel de hidróxido de alumínio
Bicarbonato de sódio (provoca alcalose,
provoca eructação e estimula a secreção
de gastrina  secundária da secreção)
Antagonistas dos receptores H2
Inibem competitivamente as ações de
histamina em todos os receptores H2.
Inibem a secreção ácida estimulada pela
histamina e pela gastrina e reduzem a
secreção ácida estimulada pela ACh.
Podem ocorrer recidivas quando suspende
o tratamento.
Antagonistas dos receptores H2
Principais representantes:
cimetidina
ranitidina
nizatidina
famotidina
Antagonistas dos receptores H2
EFEITOS INDESEJADOS:
Raros
Diarréia, tontura, dores musculares, erupções
cutâneas transitórias e hipergastrinemia.
Cimetidina – pode provocar ginecomastia
em homens por afinidade moderada em
receptores androgênios.
Antagonistas dos receptores H2
EFEITOS INDESEJADOS:
Cimetidina – inibe citocromo P 450 e pode
retardar o metabolismo (potenciando a ação)
de algumas drogas: anticoagulantes orais,
fenitoína, carbamazepina, quinidina,
nifedipina, teofilina e ADT.
Ranitidina – tem menor ef. sobre os
receptores androgênicos e sistema P450.
Vagus
Nerve
from circulation
mast
cell
Histamine
H-2 Blocker
ATP
cAMP
Ca++
K+
Ca++
Energy
H+/K+ ATPase
Pump
H+
Inibidores da Bomba de Prótons
Omeprazol – inbidor irreversível da H+/K+ATPase (bomba de prótons).
Acumula-se preferencialmente em áreas de
pH muito baixo, nos canalículos secretórios das
cels parietais gástricas – ef específico sobre
essas cels.
Lansoprazol e pantoprazol
Inibidores da Bomba de Prótons
Principais indicações:
úlceras pépticas resistentes aos antagonistas
H 2.
esofagite de refluxo
terapia para infecção Helicobacter pylori
Síndrome de Zollinger-Ellison (rara – droga
de escolha)
Úlcera Péptica
• A úlcera péptica é uma lesão localizada no estômago
ou duodeno com destruição da mucosa da parede destes
órgãos, atingindo os vasos sanguíneos subjacentes.
• É causada pela insuficiência dos mecanismos protetores da
mucosa contra a acidez gástrica, muitas vezes devido
a infecção com a bactéria Helicobacter pylori.
• Além da dor caracteriza-se pelas hemorragias continuas para
dentro do trato gastrointestinal.
• A ruptura de uma úlcera, criando uma comunicação anormal
entre o trato gastrointestinal e a cavidade peritoneal é
uma emergência médica potencialmente mortal.
Classificação
Uma úlcera péptica pode ocorrer em vários lugares:
– Estômago (chamada úlcera gástrica)
– Duodeno (chamada úlcera duodenal)
– Esôfago (chamada úlcera esofágica)
Tratamento da Infecção por H. pylori
Terapia combinada:
Omeprazol, amoxicilina e metronidazol
Outras combinações:
- omeprazol + claritromicina e amoxicilina
ou tetraciclina + metronidazol e quelatos de
bismuto.
TRATAMENTOS DE ALTERAÇÕES GÁSTRICAS
GERD – Doença do Refluxo Gastro-esofágico.
TRATAMENTOS DE ALTERAÇÕES GÁSTRICAS
TRATAMENTOS DE ALTERAÇÕES GÁSTRICAS
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Carminativos ou antiflatulentos ou
antifiséticos
São medicamentos que impedem a
formação de gases, auxiliam no alívio da
flatulência e de cólicas gástricas e
intestinais produzidas pelos gases.
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
 Dimeticona VO
- Nomes Comerciais:
Luftal
Anflat
Dimezin
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
 Simeticona VO
- Nomes Comerciais:
- Flagass
- Flatex
- Gazyme
Mecanismo de Ação
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Antiemético
• Dimenidrinato + cloridrato de piridoxina (Dramin) VO, IM
• Diminidrinato + cloridrato de Piridoxina + glicose
frutose (Dramin B6) EV
• Metoclopramida (Plasil) VO, EV, IM
• Bromoprida (digesan) VO
• Domperidona (Peridal, Motilium) VO
• Cloridrato de ondansetrona (nausedron). EV, VO
+
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Catárticos Irritantes ou Laxantes
Substâncias que agem irritando a mucosa do trato
intestinal, produzindo contração muscular e eliminação
fecal.
•
•
•
•
•
•
Óleo de rícino
Bisacodil (dulcolax ou Lacto-purga)
Cáscara sagrada
Babosa
Tamarine
Sene
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Antidiarréicos
• São medicamentos que retardam o trânsito
intestinal, diminuindo o peristaltismo. Classificamse em:
1) Demulsentes: Protege a mucosa de
revestimento, evitando contato das fezes com a
mucosa inflamada.
Ex: Amido fervido, leite fervido, acácia, alcaçuz e
glicerina.
2) Adsorventes: Atuam adsorvendo o material
irritante na superfície, e assim removendo-o.
Ex: Carvão ativado, caolina e mistura de caolina
com pectina. (Kaopectate).
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Antidiarréicos
Antissépticos: Impedem a proliferação microbiana.
- sulfametazol + timetropina (bactrin) VO
- neomicina VO
Antiespasmódico: Diminui o peristaltismo e alivia a
dor.
- tintura de papaverina + somniferum canforada
(elixir paregórico)
- clor. de difenoxilato + sulfato de atropina (lomotil)
- tintura de beladona + dipirona + papaverina
(atroveram)
- brometo de escopolamina (buscopam) VO,IM,EV
Outras Classes de Fármacos do Trato Gastrointestinal
Sais para hidratação oral
A OMS para terapia por ORT recomenda formulações
NaCl
3,5 g/litro (Na+ 90 mmol/litro)
KCl
1,5 g/litro (K+ 20 mmol/litro)
Citrato de Na
2,9 g/litro (citrato 30 mmol/litro)
Cloreto
(80 mmol/litro)
Glicose
20 g/litro (111 mmol/litro)
TERAPIA DE REIDATRAÇÃO ORAL (ORT)
FIM
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards