OI FUTURO - EDUCAÇÃO Oi TONOMUNDO > SELEÇÃO

Propaganda
OI FUTURO - EDUCAÇÃO
Oi TONOMUNDO > SELEÇÃO EDUCOPÉDIA
Professores: Carla Verônica Marques
Tutores: Debora Ramalho Barros,
Eloisa Saboya e Maria Poyares
Maio/2010
Atenção
É a capacidade de direcionar o foco da consciência para um determinado objeto ou situação. Pode ser
estudada em diversos aspectos, as chamadas funções da atenção, ou seja, o modo como a atenção funciona
(ou como se manifesta) conforme a situação ou o contexto. Suas principais funções aqui definidas serão a
atenção seletiva, atenção sustentada, atenção dividida, atenção alternada, detecção de sinal e sondagem.
Atenção seletiva: prestar atenção a um determinado estímulo e ao mesmo tempo ignorar outros estímulos
presentes (distratores). Exemplo: um estudante pode prestar atenção à leitura de um texto ao mesmo tempo
em que ignora o som de um rádio ou outros sons do ambiente.
Atenção sustentada: manter a atenção num objeto ou numa tarefa durante um tempo determinado. Também
chamada concentração. Exemplo: manter-se concentrado numa leitura por vários minutos.
Atenção dividida: distribuir a atenção entre vários estímulos para executar mais de uma tarefa ao mesmo
tempo. Exemplo: dirigir automóvel.
Atenção alternada: é a flexibilidade mental que permite mudar o foco da atenção de uma tarefa para outra,
assim controlando quais informações serão selecionadas. Exemplo: ao dirigir um automóvel, o motorista
alterna seu foco de atenção entre os equipamentos do veículo que conduz e os diversos estímulos do trânsito a
sua volta.
Detecção de sinal: contínuo estado de alerta para perceber um estímulo imprevisível, que pode ser sentido por
meio das modalidades sensoriais. Através da atenção para detectar sinais, o indivíduo está pronto para agir
rapidamente quando necessário. Exemplo: em uma rua escura, podemos tentar detectar cenas ou sons
indesejáveis.
Sondagem: pesquisa ativa do ambiente, à procura de estímulos particulares ou características específicas.
Exemplos: 1. se detectamos fumaça, podemos procurar ativamente o que deu origem à fumaça; 2. muitas
pessoas estão frequentemente procurando por chaves, óculos ou outros objetos perdidos.
Sugestão de leitura:
Sternberg, RJ. Psicologia Cognitiva. Porto Alegre, Artmed, 2000.
1
PARCERIA-ACADÊMICA
GINAPE: Grupo de Informática Aplicada à Educação
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards