mecanismos efetores da imunidade mediada por células

Propaganda
1- Indução da resposta
•
Somente as células T efetoras específicas para o Ag
são retidas nos tecidos pela
• ligação a componentes
da matriz extracelular (ácido hialurônico e
fibronectina) ⇨ retenção no tecido
•
Células T efetoras são capazes de se ligar a células
do hospedeiro que apresentam Ag microbianos,
sem necessidade de co-estimulação
o
reação que ocorre nos tecidos vascularizados em
resposta à infecção, exposição a toxinas ou dano
celular e que promove o acúmulo extra vascular de
leucócitos e de moléculas do sistema imune (proteínas
do complemento, anticorpos, dentre outras)
Células Th1
na imunidade celular
- Ativação clássica dos
macrófagos

2 sinais (CD40 L e IFN-g) são necessários para
a ativação dos macrófagos com produção de
proteases e de radicais tóxicos
 maior ativação dos macrófagos que estão em
contato direto com a célula T
 Interação bidirecional entre células da imunidade
inata e adquirida
Infecção por Mico bactérias:


difíceis de serem erradicadas
lesão tecidual ocorre devido à resposta
persistente das células do sistema imune

Produção de TNF-b (linfotoxina)  
recrutamento de neutrófilos, monócitos e
linfócitos T (inflamação)

Auxílio na ativação do linfócito B

Auxílio na ativação do linfócito T CD8+


Vírus infecta linfócitos T helper , não infecta
linfócitos T citotóxicos
No entanto, observa-se resposta deficiente
dos linfócitos T citotóxicos a alguns vírus
???????
 Os poros são formados de
perforina
 Granzima ⇨ Caspases ⇨
⇨ Apoptose
 Região de contato entre a célula alvo (target cell: TC) e
o linfócito T citotóxico (CTL)
RESISTÊNCIA DOS
MICRÓBIOS
PATOGÊNICOS À
IMUNIDADE
CELULAR
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards