Sugestoes para reduzir o sal a mesa

Propaganda
SUGESTÕES PARA REDUZIR O SAL À MESA
Existem provas científicas de que o actual consumo elevado de sal em toda a Europa é
um factor importante de hipertensão e, por conseguinte, de doenças cardiovasculares,
do aumento do risco do aparecimento de determinados
tipos de cancro, de sobrecarga do funcionamento renal e
de uma maior retenção de líquidos pelo organismo.
A elevada prevalência dos factores de risco das doenças
cardiovasculares em Portugal obriga a que se tenha
especial atenção à sua efectiva prevenção. Assim,
apresentam-se algumas sugestões práticas, que os
consumidores poderão ter em atenção, para reduzir o
consumo de sal:
• Diminuir gradualmente a quantidade de sal que se
adiciona durante a confecção das refeições;
• Não levar o saleiro para a mesa;
• Substituir o sal usado na confecção das refeições por ervas aromáticas (exemplos:
salsa, hortelã, coentros, orégãos, tomilho, alecrim, etc), especiarias (exemplos:
pimenta, colorau/pimentão, açafrão, noz-moscada, caril, etc) ou sumo de limão;
• Leia cuidadosamente os rótulos dos alimentos, compare e opte por alimentos que
tenham menor quantidade de sódio (Na);
• Evitar consumir alimentos com elevado teor de sal, como por exemplo: batatas fritas
de pacote, aperitivos salgados, enchidos, sopas instantâneas, refeições enlatadas,
produtos de salsicharia, charcutaria e alimentos fumados, determinados tipos de
queijo, azeitonas, molhos.
A Organização Mundial de Saúde recomenda que não se ultrapasse o consumo de 5
gramas de sal por dia.
FONTE:
Direcção-Geral
da
Dra Anabela Lopes, Nutricionista
Saúde/Plataforma
Contra
a
Obesidade
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards