O processo histórico da ocupação do território brasileiro

Propaganda
Ciências Humanas e suas
Tecnologias - Geografia
Ensino Fundamental, 7º Ano
O processo histórico da ocupação do território brasileiro
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro.
Imagem: Derrubado do Pau Brasil, primórdios do período colonial, no século XVI / André Thevet / Public
Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
O INÍCIO
A formação do território brasileiro resultou de processo de
expansão iniciado com a chegada dos europeus, precisamente
pelos PORTUGUESES na ocupação de parte da América, no século
XVI, em 1500. Essas terras já eram habitadas por diversos povos
indígenas.
Imagem: Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro em 1500 / Oscar Pereira da Silva / United
States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Imagem: Distribuição dos povos indígenas na costa do Brasil, século
XVI / Epalitot / GNU Free Documentation License.
Muitos povos indígenas mantinham línguas, hábitos alimentares e
tradições religiosas distintas, constituído uma enorme diversidade
cultural e foram chamados de índios. Vivem em toda parte do
território, sendo em maior parte os Tupi-Guarani.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Definindo grandes áreas de
jurisdição formal, incluindo os
fundos territoriais, como foi o
Tratado de Tordesilhas (1494),
na cidade de mesmo nome, em
Castela (Espanha). Delimitando
o domínio de Portugal sobre as
terras
desconhecidas
do
continente americano. Dois
anos após chegada de Colombo
na América e lhe coube ficar
com as terras descobertas e a
descobrir a partir
de um
meridiano.
O Tratado de Tordesilhas (1494),
firmado entre Espanha e Portugal
para repartir as terras descobertas e
"por descobrir", definiu os rumos da
história do "futuro" Brasil.
Imagem: Tratado de Tordesilhas / Joserebelo /
United States Public Domain.
Divisão das terras
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
TRATADO DE TORDESILHAS
Imagem: O meridiano de tordesilhas /
Patrasmentium/ Public Domain.
O meridiano traçado a 370 léguas (1.770 Km) a oeste das Ilhas de
Cabo Verde, as terras a leste deste meridiano pertenceriam a
Portugal, a oeste, à Espanha. O meridiano de 46° 37’ de longitude
oeste e com o nome “Tordesilhas” é o marco divisor da
descoberta do Brasil. No início, uma área de 2,5 milhões de Km²
aproximadamente para o Brasil.
Imagem: Linhas de marcação coloniais entre Castela/Espanha e Portugal /
Lencer / GNU Free Documentation License.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVI
Imagem: Mapa do Brasil no Atlas Miller de 1519 / Pedro
Reinel, Jorge Reinel, Lopo Homem (mapmakers), and
António de Holanda (miniaturist) / Public Domain
A ocupação portuguesa das terras que hoje compõem o território
brasileiro restringia-se a uma parte da faixa litorânea, onde
primeiramente se desenvolveu intensa exploração do pau-brasil,
madeira abundante nessa região e muito valorizada no mercado
europeu.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVI
O povoamento se iniciou com as lavouras de cana-de-açúcar e os
engenhos, as quais transformavam a cana em açúcar, sobretudo no
Nordeste e no litoral paulista. Iniciou-se a fixação da população em
pequenos núcleos urbanos. As primeiras vilas e cidades, como São
Vicente (1532), Olinda (1537), Nossa Senhora da Vitória (1551), São
Sebastião do Rio de Janeiro (1565) e Salvador ( 1549), a qual se
tornou sede do governo português na colônia.
Figura “A”
Imagem: Engenho com capela / Jurema Oliveira /
Public Domain.
Figura “B”
Imagem: Fundação de São Vicente / Benedito Calixto de Jesus /
United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
ATIVIDADES AÇUCAREIRAS
Fonte: http://dc266.4shared.com/doc/FpI-3U0O/preview.html
Imagem: Estados brasileiros 1572 / Pedro
Aguiar / GNU Free Documentation License.
 Plantação adaptada ao clima litorâneo e ao solo argiloso e fértil
(massapé) da zona da Mata Nordestina;
 Conhecimento prévio dos portugueses (ilhas dos Açores);
 Boa aceitação do açúcar na Europa (era raro e caro);
 O capital (dinheiro) holandês financiava a construção de
engenhos, a compra de escravos e o transporte, refino e
distribuição do açúcar na Europa;
 Plantation: monocultura, latifúndio;
 A sociedade era basicamente rural;
 Em 1572 , séc. XVI, o Brasil tinha dois
estados, como mostra o mapa ao lado.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
POVOAR OU PERDER
Imagem: Armazém da Alfândega da
cidade de Belém / Felipe Augusto
Fidanza / United States Public Domain.
Figura “A”
Imagem: Índios Tupinambás / Autor
Desconhecido / United States Public Domain.
No início, arrendou-se para mercadores parte do litoral. Essa
atividade econômica não necessitava da fixação de um grande
número de colonos, eram só a extração de madeira e a caça. A mão
de obra era indígena e recebia em troca objetos de pouco valor
(escambo). Criaram-se as feitorias, eram os primeiros entrepostos
comerciais em que atracavam navios e que também constituíam-se
em fortificações militares.
Figura “B”
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Elas tinham o objetivo de
produzir e ocupar as terras. A
produção
econômica
foi
estimulada. Além da extração e
comercialização de madeira,
foram
introduzidas
outras
atividades produtivas, como o
plantio da cana-de-açúcar. Essas
atividades possibilitaram o
surgimento de vilas e cidades.
Fonte:pt.scribd.com/doc/6140329/Apostila
Mapa de Luís Teixeira (c. 1574) com a divisão da América
portuguesa em capitanias. A linha de Tordesilhas está
deslocada dez graus mais a oeste. Mais informações
abaixo./public domain.
Imagem: Mapa com a divisão da América portuguesa em capitanias /
Luís Teixeira / United States Public Domain.
CAPITANIAS
HEREDITÁRIAS ( SÉC.XVI).
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
CAPITANIAS
HERETIDÁRIAS (SÉC.XVI)
Em 1530, com receio de que a
área fosse invadida e ocupada
por outros povos, efetivou a
colonização dessas terras. O
processo de ocupação e
organização do espaço teve
como centro de comando a
cidade de Salvador. As terras
foram divididas em grandes
propriedades rurais doadas a
portugueses
que
tinham
dinheiro e escravos para o
trabalho.
Imagem: Capitanias na costa brasileira, numa organização diferente
da estabelecida na primeira metade do século XVI / Joan Blaeu / Public
Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVII
Início da penetração em
direção ao interior com a
pecuária. As criações tinham a
finalidade de auxiliar o trabalho
nos engenhos e alimentar a
população
das
regiões
açucareiras. Ocuparam-se as
áreas do interior onde as terras
não eram propícias às lavouras
de cana, como a região do
semiárido nordestino.
Surgiram os primeiros núcleos
de povoamento no interior,
assim como caminhos e
estradas que serviam como
vias de comunicação entre os
núcleos mais importantes.
Fonte: ambientes.ambientebrasil.com.br
Imagem: Vaca em um campo em Cachoeiras de Macacu /
KoillokDoido / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0
Unported.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVII
Foram exploradas as chamadas drogas do sertão, que deram início
à ocupação da região amazônica, principalmente ao longo dos rios.
Os cursos de água foram importantes caminhos naturais para a
penetração em direção ao interior do continente.
Figura “A”
Imagem: Ilustração de O Livro das Maravilhas / Marco Polo / United
States Public Domain.
Figura “B”
Imagem: Especiarías no Mercado Mapusa em Goa, Índia /
judepics / Creative Commons Attribution 2.0 Generic.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVIII
A interiorização intensificou-se com a criação de gado na região sul
e com a descoberta de jazidas de ouro e diamante nas regiões dos
atuais estados de Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. Surgiram,
várias vilas, concentrando população e organizando-se em razão da
mineração, que passou a ser a principal atividade econômica da
colônia.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: Lavagem de diamantes , Brasil, 1770
/ Carlos Julião / United States Public Domain.
Imagem: Mina de diamantes, Brasil, 1770 /
Carlos Julião / United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XVIII
O governo português transferese para o Rio de Janeiro, pela
proximidade dos núcleos de
exploração. Estradas e caminhos
foram abertos para levar a
produção até os portos e o gado
das áreas de criação para os
principais núcleos urbanos. O
Tratado
de
Tordesilhas
foi ultrapassado e o território
brasileiro começou a ganhar
uma forma parecida com a
atual.
Figura “A”
Imagem: Largo do Carmo no Rio de Janeiro colonial / Franz Josef
Frühbeck / Public domain.
Figura “B”
Imagem: Cerimônia de beija-mão na Corte de D.João VI, Brasil, século XIX. /
A.P.D.G. / United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Consolidando o controle da Coroa portuguesa sobre o território,
iniciaram-se as explorações de ouro, tudo isso por causa da
diminuição do tráfico de escravos devido a Holanda investir com a
escravização. Os jesuítas tiveram um papel importante com a
criação de aldeamentos, transformando-os em povoados, com a
dominação dos indígenas por meio da catequização.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: Estudo da Partida da Monção, 1897/ José Ferraz de Almeida Júnior
/ Public Domain.
Imagem: Aldeia de índios Tapuios cristãos / Johann Moritz
Rugendas / Domínio Público.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Figura “B”
Imagem: Mapa da divisão administrativa
do Brasil, 1789 / Pedro Aguiar / GNU
Free Documentation License.
Figura “A”
Imagem: Mapa da divisão administrativa
do Brasil, 1709 / Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
ATIVIDADE MINERADORA.
Mudança do eixo econômico, do litoral nordestino (Salvador) para o
interior do sudeste (Minas Gerais) e da sede para o Rio de Janeiro.
Crescimento de inúmeras atividades secundárias e dependentes da
mineração. População cresceu com a imigração de portugueses.
Expansão do território através do povoamento de áreas
correspondentes aos atuais estados de Goiás, Mato Grosso e Mato
Grosso do Sul. A sociedade era basicamente urbana.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
OS BANDEIRANTES E AS ENTRADAS
Bandeiras: particulares. Entradas: organizadas pelo governo.
Formavam grupos que partiam de São Paulo para o interior, com o
objetivo de capturar índios, para o trabalho escravo nas lavouras
de cana-de-açúcar e a busca de riquezas no interior; dominaram os
povos indígenas e abriram caminhos para o interior.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: Domingos Jorge Velho,
bandeirante / Benedito Calixto de Jesus /
United States Public Domain.
Imagem: Índios Atravessando um Riacho (O Caçador de
Escravos) / Jean-Baptiste Debret / Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
O TRATADO DE MADRID
Em 1746, começaram as negociações. Alexandre de Gusmão possuía os
mapas mais precisos, que encomendara aos geógrafos do Reino. Sabiase que os espanhóis não deixariam em paz a (Colônia do Sacramento),
que lhes prejudicava o tesouro. Descobrira-se ouro no Brasil, não sendo
preciso entrar em conflitos por causa da prata peruana. Para a
compensação, já tinha em vista as terras convenientes à coroa
portuguesa: os campos dos Sete Povos das Missões, oeste do atual
estado do Rio Grande do Sul, onde poderiam conseguir grandes lucros
criando gado. Para a região mais disputada, o Sul, já enviara, em 1746,
casais de açorianos para garantir a posse do terreno. Era uma nova
forma de colonização que Alexandre preconizava, através de famílias que
produzissem, sem precisar de escravos. Os primeiros sessenta casais
fundaram o Porto dos Casais, mais tarde Porto Alegre.
Fonte: pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Madrid_(1750)
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Assinado em 13 de janeiro de 1750, usava o conceito de fronteiras, dos
acidentes geográficos como limites naturais, a posse efetiva da terra (uti
possidetis: um princípio romano, as terras habitadas por portugueses
eram portuguesas). As usurpações luso-espanholas eram mútuas, como
as portuguesas na América (parte da Amazônia e do centro-oeste)
compensadas pelas da Espanha na Ásia (Filipinas, Marianas e Molucas).
Firmou-se o tratado: Portugal cedia a Colônia do Sacramento e as suas
pretensões ao estuário da Prata, e receberia os atuais estados de Santa
Catarina e Rio Grande do Sul (território das missões jesuíticas espanholas),
o atual Mato Grosso do Sul, a imensa zona compreendida entre o AltoParaguai, o Guaporé e o Madeira de um lado e o Tapajós e Tocantins do
outro, regiões estas desabitadas e que não pertenceriam aos portugueses
se não fossem as negociações; foi meio continente assegurado a Portugal.
Fonte: pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Madrid_(1750)
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
SÉCULO XIX
O Brasil tornou-se independente de Portugal e passou, então, a
constituir um Estado soberano. A cana-de-açúcar perdeu sua
posição de principal produto agrícola para o café, introduzido em
algumas áreas dos atuais estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo,
Minas Gerais e São Paulo.
Figura “A”
Figura “B”
.
Imagem: Grãos de café torrado / MarkSweep / Public
Domain.
Imagem: Café sendo embarcado no porto de Santos,
1880 / Marc Ferrez / United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do território
brasileiro
SÉCULO XIX
Destacaram-se a exploração da borracha, na Amazônia, e o cultivo
de algodão, no Nordeste. As vias de acesso ao interior (caminhos,
estradas e ferrovias) ampliaram-se, formando os primeiros eixos de
comunicação e integração do território brasileiro. Desde 1903,
quando se definiu o limite entre o Brasil e a Bolívia, no atual estado
do Acre, o território brasileiro apresenta os mesmos limites de hoje.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: Trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás.
Brasil / Nando Cunha / GNU Free Documentation License.
Imagem: Estrada de ferro na cidade de Petrópolis, Brasil. 1885 /
Marc Ferrez / United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
ATIVIDADE DO CAFÉ
Imagem: Mapa das divisões
administrativas do Brasil, 1889 / Pedro
Aguiar / GNU Free Documentation
License.
Imagem: Mapa das divisões
administrativas do Brasil, 1823 / Pedro
Aguiar / GNU Free Documentation
License.
De 1881 a 1890, o café tinha mais de 60% das exportações.
A mão de obra escrava foi trocada pela assalariada imigrante
europeia.
A rede ferroviária e as cidades expandiram-se em direção ao
interior, principalmente do estado de São Paulo.
O Porto de Santos passou a ser o mais importante do Brasil.
Parte do capital do café foi investido em indústrias.
Figura
“A”
Figura “B”
A
atividade
alterou a economia e a sociedade
brasileira.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
Pontos extremos e sua dimensões.
 O Brasil tem 23.102 km de fronteira.
 Sendo 15.735 km terrestres e 7.367 km marítimos.
 Com 8.547.403,5 Km², é o 1º na América do Sul.
Os maiores países do mundo:
Posição
País
Km²
1ª
Rússia
17.075.400
2ª
Canadá
9.970.610
3ª
China
9.571.300
4º
Estados
Unidos
9.372.614
5º
Brasil
8.547.403,5
4.319,4 Km
Cabo Branco, 34°45’
Serra de Contamana, 73°59’
33º45’
Imagem: Pontos extremos do Brasil / Deyvid Aleksandr
Raffo Setti / GNU Free Documentation License.
Rio Ailã-RR, 5º16’
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do território
brasileiro
SÉCULO XX
Tomou impulso a atividade industrial, baseada na infraestrutura e
no capital, obtidos com a produção de café, e apoiada na
abundante mão de obra que deixou o trabalho no campo,
provocando o êxodo rural. Expandiu-se a rede rodoferroviária
para atender a demanda industrial por transportes.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: O primeiro carro Volvo / Pressens bild / Public
Domain.
Imagem: Fábrica de Ferro de São João de Ipanema / Julio Durski /
United States Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
FINAL DO SÉCULO XX e INÍCIO DO SÉCULO XXI
A sede político-administrativa do país transferiu-se para o
Centro-Oeste, com a criação de Brasília (1960). Impulsionou-se a
integração dessa região com o restante do Brasil, principalmente
após a década de 1970. Muitas áreas rurais conservaram técnicas
de produção tradicionais.
Figura “A”
Imagem: Palácio do Planalto, Brasília /
Eduardo.Coutinho / Creative Commons AttributionShare Alike 2.0 Generic.
Figura “B”
Imagem: Plenário do Senado Federal do Brasil / Wilson
Dias/Abr / Creative Commons Attibution 3,0 Brazil License.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
FINAL DO SÉCULO XX e INÍCIO DO SÉCULO XXI
Enquanto outras modernizaram-se, cada vez mais, como as
monoculturas da soja, do trigo, do arroz e do milho. Algumas
dessas culturas, há cerca de três décadas, são parte importante da
economia exportadora do Brasil, no Sul, no Sudeste e, também,
mais recentemente, no Centro-Oeste e no Nordeste do país.
Figura “A”
Figura “B”
Imagem: Colheitadeira de grãos no Brasil / João Felipe C.S
/ Domínio Público.
Imagem: Irrigação por pivô central em um campo de algodão /
Flyhighplato / Public Domain.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
A integração
 Até 1930, as atividades econômicas desenvolvidas: canavieira,
mineradora e cafeeira, destinaram-se ao mercado externo.
 Pós-1930, início do abastecimento do mercado interno.
 O espaço nacional integrado ocorreu com a industrialização, a
partir de 1930 e consolidado a partir da década de 1950.
Figura “A”
Imagem: Mapa das divisões administrativas do
Brasil, 1990 /Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
Imagem: Mapa das divisões administrativas do
Brasil, 1943 /Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
Figura “B”
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
A divisão do IBGE
Primeira divisão regional oficial
do Brasil.
Em 1942, pelo IBGE.
Desde
então,
diferentes
classificações foram elaboradas
pelo
IBGE,
inicialmente,
adotando como critério os
aspectos
naturais,
e,
posteriormente, a integração
entre os aspectos naturais e
socioeconômicos.
Fonte: http://www.slideshare.net/profrodrigoribeiro/cap-3-a-regionalizao-e-asdivises-regionais-no-brasil-7-ano-do-efii
Imagem: Mapa Clicável do Brasi l/ Felipe Menegaz / GNU
Free Documentation License.
Figura “A”
NORTE
NORDESTE
CENTRO-OESTE
SUDESTE
SUL
Imagem: Mapa das divisões administrativas do Brasil,
1990 /Pedro Aguiar / GNU Free Documentation License.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
MAPA POLÍTICO ATUAL
Figura “B”
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do território
brasileiro
As três grandes regiões
1964
Geógrafo Pedro Geiger
Outra forma de regionalizar
Não oficial
Classificação que leva em conta a
formação histórico-econômica do país.
Considera
também
a
recente
modernização econômica que ocorreu
no espaço urbano e no campo e
estabeleceu novas formas de vínculo
entre os lugares do território
brasileiro.
Três áreas extensas
Amazônia
Nordeste
Centro-Sul
Fonte:http://www.slideshare.net/profrodrigoribeiro/cap-3-a-regionalizao-e-asdivises-regionais-no-brasil-7-ano-do-efii
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do território
brasileiro
Região concentrada
Composta de um denso
sistema de relações, em função
dos elevados índices de
urbanização e do alto padrão
de consumo das empresas e de
parte das famílias. O centro da
tomada de decisões.
Fonte:http://pt.scribd.com/doc/89872623/GE
OGRAFIA-REGIONALIZACAO-EXERCICIOS
Imagem: Mapa de localização da região centro-sul no Brasil /
Raphael Lorenzeto de Abreu / GNU Free Documentation License.
Imagem: Mapa de localização da região Nordeste
no Brasil / Raphael Lorenzeto de Abreu / GNU Free
Documentation License.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do território
brasileiro
Amazônia: região de baixa densidade
populacional e com poucos recursos
tecnológicos. Não são comuns áreas
reservadas à agricultura mecanizada e a
outras atividades mais modernas.
Fonte: http://www.slideshare.net/profrodrigoribeiro
Imagem: Mapa de localização da
região Amazônica no Brasil /
Raphael Lorenzeto de Abreu /
GNU Free Documentation
License.
Nordeste: mais antiga área de povoamento do
Brasil. De modo geral sempre teve precária
circulação de pessoas, produtos, informação e
dinheiro, em razão da agricultura pouco
intensiva e da urbanização irregular. A prática
de atividades econômicas modernas e o uso
de recursos tecnológicos avançados ocorrem
apenas em determinadas áreas da região.
GEOGRAFIA, 7º ano
O processo histórico da ocupação do
território brasileiro
DIAGNÓSTICO DE CONHECIMENTO
1) As fronteiras e a divisão interna do território brasileiro nem sempre foram como são
nos dias de hoje. Responda observando o slide de número 12.
a) Em que século foi estabelecida esta divisão interna do território brasileiro?
b) O que mais chama a sua atenção nesse mapa?
c) Explique o acordo da criação da área do mapa.
2) Onde se concentravam as atividades econômicas mais importantes? Por quê?
3) A ocupação do território brasileiro foi realizada de forma pacífica? Justifique.
4) Quais eram as atividades que ocupavam áreas do interior do Brasil?
5) Cite a atual divisão regional adotada pelo IBGE, observando o slide nº 32.
6) Observando os slides de nº 33 a 35, cite a divisão das regiões geoeconômicas, ou
complexos regionais no Brasil, proposta pelo geógrafo Pedro Pinchas Geiger.
7) Associando os mapas do slide nº 32, escreva as siglas dos estados e a região.
8) Explique qual foi a importância do Tratado de Madrid para o Brasil. (Volte ao slide
de nº 20 e 21).
9) Pesquisando o slide nº 26, cite os pontos extremos da concretização do Brasil.
Tabela de Imagens
n° do
slide
2
3
4
5
6a
6b
7
8a
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação
Derrubado do Pau Brasil, primórdios do
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Derruba
período colonial, no século XVI / André
da_do_Pau_Brasil.jpg
Thevet / Public Domain.
Desembarque de Pedro Álvares Cabral em http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Desemb
Porto Seguro em 1500 / Oscar Pereira da
arque_de_Pedro_%C3%81lvares_Cabral_em_Por
Silva / United States Public Domain.
to_Seguro_em_1500.jpg
Distribuição dos povos indígenas na costa do http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Map_of
Brasil, século XVI / Epalitot / GNU Free
_indigenous_peoples_of_Brazil_(16th_C.).jpg
Documentation License.
Tratado de Tordesilhas / Joserebelo / United http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Treaty_
States Public Domain.
of_Tordesillas.jpg
O meridiano de tordesilhas /
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tordo.jp
Patrasmentium/ Public Domain.
g
Linhas de marcação coloniais entre
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tordo.jp
Castela/Espanha e Portugal / Lencer / GNU g
Free Documentation License.
Mapa do Brasil no Atlas Miller de 1519 /
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_1
Pedro Reinel, Jorge Reinel, Lopo Homem
6thc_map.jpg
(mapmakers), and António de Holanda
(miniaturist) / Public Domain
Engenho com capela / Jurema Oliveira /
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Engenh
Public Domain.
o_com_capela.jpg
Data do Acesso
27/08/2012
27/08/2012
27/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
8b
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação
Fundação de São Vicente / Benedito Calixto http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Benedit
de Jesus / United States Public Domain.
o_Calixto__Funda%C3%A7%C3%A3o_de_S%C3%A3o_Vicen
te,_1900.jpg
9 Estados brasileiros 1572 / Pedro Aguiar /
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
GNU Free Documentation License.
tates1572.png
10a Armazém da Alfândega da cidade de Belém, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alfande
província do Pará, c.1870 / Felipe Augusto ga_Pará_1870.jpg
Fidanza / United States Public Domain.
10b Índios Tupinambás / Autor Desconhecido / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_1
United States Public Domain.
6thc_tupinamba.gif
11 Mapa com a divisão da América portuguesa http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Capitani
em capitanias / Luís Teixeira / United States as.jpg
Public Domain.
12 Capitanias na costa brasileira, numa
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Blaeu16
organização diferente da estabelecida na
40.jpg
primeira metade do século XVI / Joan Blaeu /
Public Domain.
13 Vaca em um campo em Cachoeiras de
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Vaca2.J
Macacu / KoillokDoido / Creative Commons PG
Attribution-Share Alike 3.0 Unported.
Data do Acesso
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
25/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação
14a Ilustração de O Livro das Maravilhas / Marco http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Le_livre
Polo / United States Public Domain.
_des_merveilles_de_Marco_Polo-pepper.jpg
14b Especiarías no Mercado Mapusa em Goa,
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:409841
Índia / judepics / Creative Commons
087_b7bcac1bd5_o.jpg
Attribution 2.0 Generic.
15a Lavagem de diamantes , Brasil, 1770 / Carlos http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Juliao05
Julião / United States Public Domain.
.JPG
15b Mina de diamantes, Brasil, 1770 / Carlos
http://commons.wikimedia.org./wiki/File:Juliao0
Julião / United States Public Domain.
6.JPG
16a Largo do Carmo no Rio de Janeiro colonial / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Fr%C3%
Franz Josef Frühbeck / Public domain.
BChbeck-LargoPa%C3%A7o.jpg
16b Cerimônia de beija-mão na Corte de D.João http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Beijama
VI, Brasil, século XIX. / A.P.D.G. / United
o.jpg
States Public Domain.
17a Estudo da Partida da Monção, 1897/ José
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Almeida
Ferraz de Almeida Júnior / Public Domain. _J%C3%BAnior__Estudo_da_Partida_da_Mon%C3%A7%C3%A3o,
_1897_(Bandeirantes).jpg
17b Aldeia de índios Tapuios cristãos / Johann http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rugend
Moritz Rugendas / Domínio Público.
as_-_Aldea_des_Tapuyos.jpg
Data do Acesso
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
18a Mapa da divisão administrativa do Brasil,
1709 / Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
18b Mapa da divisão administrativa do Brasil,
1789 / Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
19a Domingos Jorge Velho, bandeirante /
Benedito Calixto de Jesus / United States
Public Domain.
19b Índios Atravessando um Riacho (O Caçador
de Escravos) / Jean-Baptiste Debret / Public
Domain.
22a Grãos de café torrado / MarkSweep / Public
Domain.
22b Café sendo embarcado no porto de Santos,
1880 / Marc Ferrez / United States Public
Domain.
23a Trem de passageiros da Estrada de Ferro
Carajás. Brasil / Nando Cunha / GNU Free
Documentation License.
link do site onde se consegiu a informação
Data do Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
tates1709.png
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
tates1789.png
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:DJV.GIF
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Jean_ba
ptiste_debret_-_caçador_escravos.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Roasted
_coffee_beans.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cafe_po
rto_Santos_1880.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Trem_P
assageiros.jpg
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
23b Estrada de ferro na cidade de Petrópolis,
Brasil. 1885 / Marc Ferrez / United States
Public Domain.
24a Mapa das divisões administrativas do Brasil,
1823 / Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
24b Mapa das divisões administrativas do Brasil,
1889 / Pedro Aguiar / GNU Free
Documentation License.
25 Pontos extremos do Brasil / Deyvid
Aleksandr Raffo Setti / GNU Free
Documentation License.
26a O primeiro carro Volvo / Pressens bild /
Public Domain.
26b Fábrica de Ferro de São João de Ipanema /
Julio Durski / United States Public Domain.
27a Palácio do Planalto, Brasília /
Eduardo.Coutinho / Creative Commons
Attribution-Share Alike 2.0 Generic.
27b Plenário do Senado Federal do Brasil /
Wilson Dias/Abr / Creative Commons
Attibution 3,0 Brazil License.
link do site onde se consegiu a informação
Data do Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Petropo
lis1885.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
tates1823.png
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
tates1889.png
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Extreme
_points_of_Brazil.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Volvo_
%C3%96V4_1927.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:F%C3%
A1brica_ferro_Sorocaba_1884.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pal%C3
%A1cio_do_Planalto.jpg
28/08/2012
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Senado
2006.jpg
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação
28a Colheitadeira de grãos no Brasil / João Felipe http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Agricult
C.S / Domínio Público.
ure_in_Brazil.jpg?uselang=pt-br
28b Irrigação por pivô central em um campo de http://commons.wikimedia.org/wiki/File:PivotIrri
algodão / Flyhighplato / Public Domain.
gationOnCotton.jpg
29a Mapa das divisões administrativas do Brasil, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
1943 /Pedro Aguiar / GNU Free
tates1943.png
Documentation License.
29b Mapa das divisões administrativas do Brasil, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
1990 /Pedro Aguiar / GNU Free
tates1990.png
Documentation License.
31a Mapa Clicável do Brasi l/ Felipe Menegaz / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_L
GNU Free Documentation License.
abelled_Map.svg
31b Mapa das divisões administrativas do Brasil, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_s
1990 /Pedro Aguiar / GNU Free
tates1990.png
Documentation License.
33 Mapa de localização da região centro-sul no https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_
Brasil / Raphael Lorenzeto de Abreu / GNU Geoecon_CentroSul.svg
Free Documentation License.
34a Mapa de localização da região Nordeste no http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_G
Brasil / Raphael Lorenzeto de Abreu / GNU eoecon_Nordeste.svg
Free Documentation License.
Data do Acesso
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
28/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
34b Mapa de localização da região Amazônica
no Brasil / Raphael Lorenzeto de Abreu /
GNU Free Documentation License.
link do site onde se consegiu a informação
Data do Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazil_G
eoecon_Amazonia.svg
28/08/2012
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards