GABARITO DAS QUESTÕES DE HISTÓRIA – 1ºEM MÓDULO 6

Propaganda
GABARITO DAS QUESTÕES DE HISTÓRIA – 1ºEM
MÓDULO 6
CAPÍTULO 1:
EXERCÍCIOS DOS CONCEITOS:
1. As culturas pré-colombianas não podem ser consideradas primitivas, pois, como vimos neste
capítulo, os povos referidos apresentavam alto desenvolvimento matemático, astrológico,
arquitetônico etc., além de uma estrutura político-social bem organizada.
2. O que legitimava a estratificação social entre os astecas era o caráter teocrático de sua
organização, ou seja, a crença na ideia de que os deuses colocaram os nobres acima dos
demais homens por estes serem violentos e incapazes de se autogovernar.
3. A sociedade maia estava organizada em cidades- Estado independentes, onde cada núcleo
era governado por uma teocracia – forma de governo exercida pelos supostos representantes
dos deuses na Terra.
4. Não, havia constantes disputas pela sucessão do trono, além de confrontos freqüentes entre
os altos funcionários do Estado e a “aristocracia” de povos incorporados ai império.
5. Para os europeus, a América era “diabólica e infernal”, por isso a ocupação dessa região
representava a vitória de Deus (o bem) contra o Diabo (o mal). O resultado desse conflito foi o
genocídio generalizado dos ameríndios.
RETOMADA DOS CONCEITOS:
1. C
2. Houve duas formas de confronto, a pacífica e a violenta, mas, em ambos os casos, os nativos
da América foram as grandes vítimas. Ocorreu a desagregação da estrutura tribal, devido à
violência dos conquistadores e dos colonizadores europeus, bem como à atividade missionária,
que destruía os valores culturais autóctones. Na Europa, houve uma aceleração das
transformações econômicas e culturais: uma grande inflação atingiu o continente em virtude
do excesso de ouro e prata; novos alimentos, como a batata e o tomate, foram adotados; e a
classe burguesa ganhou enorme importância econômica, o que mais tarde se consolidaria
politicamente.
3. E
4. a) Herói segundo a óptica européia, que o retrata como descobridor de um novo mundo.
Vilão segundo a óptica indígena, que retrata como conquistador das culturas indígenas.
b) Colombo simboliza o caráter ambíguo da conquista, e sua aventura marcou o início do
processo de interferência européia na América.
5. a) Montaigne explica a conquista pela dominação militar e pelo lucro comercial dos
europeus por meio da exploração dos indígenas, especialmente pela maior curiosidade dos
últimos em relação aos primeiros.
b) Para Montaigne, as vitórias dos europeus sobre os povos conquistados eram vitórias
mecânicas (não humanas), decorrente do jugo desses povos ao sistema militar e econômico
europeu.
6. a) O primeiro texto parece referir-se aos astecas, e o segundo a algum grupo tupi-guarani.
b) As diferenças presentes nos dois textos explicam-se pela diversidade cultural e técnica entre
os povos citados, cujas sociedades estavam baseadas em modos de produção econômica
diversos, mais agrícola e politicamente centralizado no primeiro caso e extrativista e coletivo
no segundo.
7. D
8. a) O texto é uma expressão eurocêntrica, segundo a qual somente a cultura européia tem
valor, como se afirma a respeito do latim e das ciências, desconhecidos dos povos indígenas.
b) Eram sociedades hierarquizadas, de caráter monárquico, que desenvolveram civilizações
agrícolas baseadas na cultura do milho. Possuíam um nível tecnológico comparável ao das
civilizações egípcia e babilônica.
9. a) A cidade Tenochtitlán era a capital do império Asteca. Ela foi construída sobre um lago e
ocupava uma vasta área urbana, na qual havia construções de grande porte, como palácios,
praças, canais e aquedutos.
b) Para tomar posse do território e marcar a dominação espanhola, apagando a memória do
esplendor asteca.
10. A
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards