Orwell e o Arrebatamento - Fórum Anti Nova Ordem Mundial

Propaganda
1
Orwell e o Arrebatamento
O Vaticano, através da Ordem Jesuíta e de outras ordens católicas, além de ser
um importante sócio majoritário do Bank of America (51% desde a fundação deste), tem
investido milhões de dólares adicionais em diversas corporações - para citar apenas duas
- A Cia. Americana de Cobre (AACC) e a Cia. de Petróleo Sinclair, e isso na faixa de 35
milhões de libras ou 100 milhões de dólares. Cerca de vinte anos atrás, foi verificado que
nos registros de Bancos em Nova York, a Igreja Católica apresentava investimentos em
ações e bônus em centenas de corporações. Dentre estas se incluem: Baltimore & Ohio,
R.R., Rock Island, Eire, Seabord, Missouri Pacific, Pere Marquette, Goodyear Tire & Ruber,
Firestone, Fisk, U.S. American Smelting, Commonwealth Edison, Brooklin Edison, N. Y.
Edison, Pacifica Gas & Electric, West Penn Power, American Commonwealth Power, Texas
Electric, Atlantic City Convention Hall, Louisiana Hotel Co., Squire Building Lane Bryant,
Fox Playhouses, Fox Theater (St. Louis), Denver Joint Stock Land Bank, Savoy Plaza
Hotel, National Dairy, Thermoid, Washington Silk, Pillsbury Flour, etc. (The Vatican
Billions, Cap. 20, Avro Manhattan)
Não é segredo que a Ordem controla também a Imigração Americana e a FDA
(Food and Drug Administration), através da qual já está sendo implantado o microchip,
conforme notícia abaixo:
“O governo norte-americano aprovou esta semana o implante de microchips sob a
pele, a fim de permitir que os médicos possam ter acesso instantâneo aos dados dos seus
pacientes, um passo que pode transformar a medicina moderna, mas que está levantando
vozes entre o que defendem a privacidade.
A minúscula cápsula eletrônica, o primeiro aparelho aprovado pelo Food and Drug
Administration-FDA, transmite um único código para um escaner, o qual permite que os
médicos confirmem a identidade do paciente e obtenham informação médica detalhada, a
partir do histórico desse paciente, guardado em banco de dados.
A empresa americana Applied Digital Solutions, de Delray Beach, planeja colocar,
ao promover os VeriChip Systems, os chips, leitores e banco de dados computadorizado
para hospitais, médicos e pacientes de modo a melhorar os cuidados e evitar erros,
assegurando que os médicos conheçam realmente os pacientes de quem estão tratando,
bem como os seus detalhes da saúde.
Os médicos poderão fazer a leitura de seus pacientes, como quem lê latas de sopa
num supermercado. Salas de emergências médicas poderão ler os dados dos pacientes,
mesmo que eles estejam inconscientes, como nos casos de vítimas de acidentes de
carros.
A aprovação pelo FDA foi denunciada imediatamente por defensores da
privacidade, que temem que o chip possa colocar em risco a privacidade dos pacientes,
tornando-se um passo gigantesco em direção ao BIG BROTHER (o Grande Irmão, que
monitora a todos) no futuro, quando as pessoas serão monitoradas através de implantes
ou requeiram que o chip seja usado para identificação e outros motivos”.
(http://www.washingtonpost.com)
Da BBC Brasil (15/10/04, 15,16 hs) vem a mesma notícia, como segue:
Estados Unidos liberam implante de chip em humanos
“A FDA, agência que regula o uso de medicamentos e alimentos nos Estados Unidos,
liberou nesta semana o implante de chips em humanos para uso médico.
A empresa Applied Digital Solutions (ADS) foi autorizada a utilizar o VeriChip para
armazenar
informações
médicas
sobre
o
portador
do
dispositivo.
O médico que precisar tratar alguém que tenha implantado sob a pele o dispositivo
2
eletrônico do tamanho de um grão de arroz precisará apenas passar um leitor sobre o
chip e terá acesso a todo o histórico médico da pessoa.
A ADS tentava conseguir a autorização desde 2002, quando a FDA afirmou que a
autorização não cabia à agência, já que o chip não era considerado um equipamento
médico na época.
[Nesse mesmo ano aconteceu o primeiro congresso sobre ‘Digital Identity World, LLC’
no Hyatt Regency Center, em Denver, Colorado, USA (phildigitalidworld.com)
intitulado ‘The Digital ID World 2002’, entre os dias 9 a 11 de outubro. A Microsoft
está colaborando nesse empreendimento, o que não é de estranhar, pois tudo que se
refere á era digital tem o selo da Microsoft.
Um segundo congresso foi levado a efeito em Paris, no Hilton De Gaulle, nos dias 2021 de novembro de 2003, sob o título ‘ID World International Congress’, o que
demonstra que a idéia de colocar chips nas pessoas já está bem avançada].
No caso de uma emergência, o chip pode salvar vidas, já que acaba com a necessidade
de testes de grupo sangüíneo, alergias ou doenças crônicas, além de fornecer o histórico
de medicamentos do paciente.
No entanto, na entrevista coletiva concedida por representantes da empresa depois da
decisão da FDA, outras aplicações comerciais para o chip foram sugeridas.
São justamente essas aplicações que estão provocando polêmica, de acordo com o
repórter da BBC Sean Coughlan. O VeriChip poderia, por exemplo, servir para localizar e
identificar
indivíduos
por
questões
de
segurança.
Nos Estados Unidos pós-11 de Setembro, este tipo de identificação poderia ser usado em
bases militares, escritórios federais, prisões e usinas nucleares, de acordo com sugestões
da própria ADS.
Os microchips serviriam para permitir a entrada nestes locais e, então, para controlar a
movimentação das pessoas.
No México, o acesso a um banco de dados de segurança máxima já está sendo
restringido às pessoas que têm microchips implantados.
Outras aplicações possíveis do microchip seriam identificação de pessoas e animais de
estimação.
Apesar de a aplicação dessa tecnologia em pessoas ainda estar engatinhando, no
comércio ela já é comum.
Supermercados já utilizam chips com "freqüências de identificação de rádio" em
determinados
produtos
para
monitorar
os
padrões
de
consumo.
No Japão, os microchips já são usados até em uniformes escolares para rastrear alunos
que eventualmente sejam seqüestrados.
Na semana passada, a União Americana de Liberdades Civis, uma organização nãogovernamental (ONG) de defesa das liberdades individuais nos Estados Unidos, fez um
apelo aos legisladores do Estado americano da Virgínia para que microchips não fossem
incluídos nas carteiras dos motoristas.
"Um dispositivo destes permitiria às autoridades a identificação de todas as pessoas
presentes a uma reunião política ou uma manifestação nas ruas", afirma a ONG”.
Como podem ver, a profecia de Orwell sobre o “Big Brother”, cujo controle da
humanidade deveria acontecer em 1984, está começando a acontecer apenas vinte
anos depois do previsto, levando-nos a crer que o Arrebatamento se aproxima. Desse
modo, os cristãos devem estar preparados para serem arrebatados com o Senhor nos
ares, deixando de lado os cuidados do mundo e se dedicando com mais zelo à pregação
do Evangelho, lendo a Bíblia diariamente e tentando levar para o rebanho do Supremo
Pastor os milhões de almas que ainda se encontram desgarrados nas falsas religiões e
nos prazeres deste mundo. Mary Schultze, outubro 2004.
3
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards