RECEITA FEDERAL Prof. Marcelo Economia 1

Propaganda
RECEITA FEDERAL
Prof. Marcelo
EXERCÍCIOS
1) Economista Santos – FCC/ 2004 Foi conseqüência
inesperada do Plano Cruzado (1986):
a) o crescimento elevado das exportações agrícolas.
b) a desvalorização real da taxa de câmbio e
conseqüente desestímulo às importações.
c)) o aumento real da massa de salários da economia
devido à regra de conversão para a nova moeda.
d) a redução a zero do déficit nominal da União.
e) as taxas de juros extremamente elevadas, embora
negativas em termos reais.
2) Economista Santos – FCC/ 2004 A respeito do
Plano Real (1994), considere:
I. Um dos elementos do ajuste fiscal introduzido pelo
Plano foi a aprovação de um Fundo Social de
Emergência (FSE), constituído por 15% da arrecadação
tributária, sobre o qual a União estaria dispensada de
cumprir as vinculações constitucionais
de despesas.
II. Uma das conseqüências da adoção da denominada
âncora cambial no Plano foi a mudança de sinal no saldo
da balança comercial brasileira, o qual passou de
deficitário a superavitário.
III. A instituição de um novo indexador denominado
Unidade Real de Valor (URV), cuja paridade para com o
dólar era de 1 para 1, foi um dos pilares do sucesso do
plano, pois evitou a extremada dispersão dos preços
relativos dos bens e serviços antes da introdução da
nova moeda.
Está correto o que se afirma em
a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) I e II, apenas.
d)) I e III, apenas.
e) I, II e III.
Economia
e) adotar “choque heterodoxo” como caminho de
combate a inflação, em detrimento da proposta de
adoção de uma “moeda indexada”.
5) ANPEC 2009 – (V) ou (F)
Depois
de
várias
tentativas
fracassadas,
implementou-se, no governo Itamar Franco, um plano
de estabilização bem sucedido. No que se refere ao
Plano Real, pode-se afirmar que:
( ) havia a intenção inicial de fixar limites para a
expansão da oferta da nova moeda, o Real, que
acabaram não sendo cumpridos;
(
) enfrentou a dimensão inercial da inflação por
intermédio da criação da URV – que se constituiu numa
espécie de superindexador;
( ) juntamente com a abertura comercial, a política
cambial adotada a partir da criação do Real foi decisiva
no combate à inflação;
( ) da mesma forma que na época do Plano Cruzado, a
estratégia de combate à inflação do Plano Real não pôde
contar com liquidez nos mercados financeiros
internacionais;
( ) a valorização cambial e a conseqüente queda das
exportações foi o fator que mais contribuiu para os saldos
negativos da balança comercial nos primeiros anos do
Plano.
3) ICMS/RJ 2007) Em 1994, a denominação da moeda
passou de cruzeiro real para real. No entanto, a
introdução do real foi precedida da criação da URV
(unidade real de valor). Sobre a URV pode-se afirmar
que se tratava de um:
a) meio de troca, criada com o objetivo de substituir o
cruzeiro real.
b) meio de conta e de troca, criada com o objetivo de
congelar os preços.
c) meio de conta, criada com o objetivo de indexar a
economia apenas durante um período determinado.
d) meio de troca, criada com o objetivo de mimetizar o
dólar.
e) meio de conta e de troca, criada com o objetivo de
desindexar a economia.
4) O Plano Cruzado, implementado pelo governo
Sarney em 1986, se caracterizou por:
a) grande crescimento da demanda, a despeito da
adoção de uma política monetária e fiscal restritiva;
b) fazer uso do congelamento de preços e salários,
adotando uma nova moeda atrelada à ORTN;
c) considerar, em sua formulação inicial, que não existiam
pressões de demanda que justificassem as elevadas
taxas de inflação verificadas na economia brasileira
naquele momento;
d) utilizar uma mesma regra de conversão para preços e
salários, quando da troca de moedas: do cruzeiro para o
cruzado;
Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
1
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards