Belo Horizonte recebe a 1ª edição do FESTIA

Propaganda
Belo Horizonte recebe a 1ª edição do Festival Internacional das Artes - FESTIA
Evento dedicado à cooperação cultural internacional e ao intercâmbio cênico elege a Austrália
como o primeiro país convidado a compartilhar suas essências artísticas no Brasil
Quebrar barreiras geográficas e promover o encontro de duas culturas é a proposta do Festival
Internacional das Artes (FESTIA), que será realizado nos Galpões da Fundação Nacional de
Artes (Funarte MG), de 28 a 30 de setembro, com entrada gratuita. O Festival, que a cada ano
vai convidar um país diferente para trazer à Belo Horizonte mostras da sua base artística,
recebe nesta primeira edição representantes da Austrália.
De acordo com o diretor artístico do FESTIA, Richard Santana, o evento busca mostrar, através
da plataforma Brasil-Austrália, um pouco da essência cultural do país selecionado. “Além do
estabelecimento de diálogos, buscamos o intercâmbio de ideologias, linhas e práticas afins,
entre artistas de ambos os países”, complementa.
A grade de programação do Festival Internacional das Artes conta com a apresentação de três
espetáculos: “Sanctus – The Ultimate Miracle”, com a participação de atores brasileiros e
australianos; “Trilogia de Alice”, com atuação de artistas do Brasil – ambos com direção do
australiano/brasileiro Carlos Gomes – e “Controlled Falling Project”, do grupo ThisSideUp
Acrobatics, da Austrália. A companhia convidada tem apresentações marcadas na Funarte MG
e fará uma apresentação especial na Escola Estadual Christiano Guimarães, em Sabará, no dia
27 de setembro, às 16h.
Participação especial desta edição, Carlos Gomes, é especialista em teatro físico –
característico do país - e sempre focou em explorar o diálogo do multiculturalismo e da
diversidade das formas artísticas em seus trabalhos. Gomes fez mestrado em Teatro na
Universidade de New South Wales, na Austrália, onde fundou a companhia Theatre Kantanka.
Como parte de uma atividade de formação de público, o FESTIA também realiza ações para
fomentar a reflexão e capacitação para o consumo das artes cênicas por meio da Escola de
Espectadores. O programa, composto por seminários, workshops e fóruns de discussões para
análises de espetáculos aconteceu durante os anos de 2011 e 2012. No dia 30 de agosto, no
último dia do Festival, os alunos encerram a temporada de estudos com a análise do
espetáculo “Sanctus – The Ultimate Miracle”, em um momento de bate-papo com o diretor
Carlos Gomes.
Memória Viva!
Também integra a programação do Festival Internacional das Artes (FESTIA) o Programa
Memória Viva!, que a cada edição irá homenagear um personagem das artes cênicas mineiras.
Nesta edição, a exposição fotográfica “Cenas de uma Trajetória Artística” vai prestar
homenagem ao diretor mineiro, Carlos Rocha, com imagens dos espetáculos dirigidos por ele.
Carlão, como é conhecido, atua no mercado cultural brasileiro há mais de 40 anos, sendo um
dos idealizadores do Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte (FIT-BH) e
é antigo diretor do Teatro Francisco Nunes.
O Festival Internacional das Artes é uma realização da 3 Fases Consultoria Artística e
Educativa, com apresentação do Oi Futuro e patrocínio da Usiminas.
Serviço:
Programação - Festival Internacional das Artes (FESTIA)
27 de setembro, quinta-feira
Local: Escola Estadual Christiano Guimarães – Rua José Victor Hamacek, s/n – Sagrado Coração
de Jesus (Sabará/MG)
16h – Controlled Falling Project / ThisSideUp Acrobatics (Austrália)
28 de setembro, sexta-feira
Local: Funarte MG - Rua Januária, 68 – Floresta (Belo Horizonte/MG)
19h30 – Controlled Falling Project / ThisSideUp Acrobatics (Austrália)
20h – Exposição fotográfica “Cenas de uma Trajetória Artística”
29 de setembro, sábado
Local: Funarte MG - Rua Januária, 68 – Floresta (Belo Horizonte/MG)
16h - Controlled Falling Project / ThisSideUp Acrobatics (Austrália)
18h – Sanctus – The Ultimate Miracle (Austrália – Brasil)
20h – Trilogia de Alice (Austrália – Brasil)
10h às 21h30 - Exposição fotográfica “Cenas de uma Trajetória Artística”
30 de setembro, domingo
Local: Funarte MG - Rua Januária, 68 – Floresta (Belo Horizonte/MG)
11h - Controlled Falling Project / ThisSideUp Acrobatics (Austrália)
16h - Sanctus – The Ultimate Miracle (Austrália – Brasil)
18h - Trilogia de Alice (Austrália – Brasil)
9h às 20h - Exposição fotográfica “Cenas de uma Trajetória Artística”
Entrada Gratuita/Vagas Limitadas
Retirada de ingressos 1 hora antes de cada apresentação na bilheteria da Funarte MG
Sobre os espetáculos
Controlled Falling Project (Austrália)
O espetáculo Controlled Falling Project, da companhia australiana ThisSideUp Acrobatics, foi
desenvolvido com a colaboração do renomado diretor australiano de circo, Robin Laurie. É um
espetáculo teatral-circense eletrizante, adequado para todas as idades e tipos de público. O
espetáculo é uma combinação de teatro, circo, clowning, dança e percussão.
Sinopse: ambientado em um antigo laboratório, três cientistas conduzem testes em si. Um
cientista misterioso mede os limites físicos dos outros três, utilizando instrumentos curiosos.
Juntos, eles exploram a física e desafiam as leis da gravidade. Um equilíbrio perfeito entre a
energia impulsiva e ações sistemáticas, Controlled Falling Project é uma demonstração
emocionante de habilidade acrobática de alto nível realizada com vitalidade por esta
companhia de tirar o fôlego.
SANCTUS - The Ultimate Miracle (Austrália-Brasil)
A montagem do espetáculo teatral SANCTUS - The Ultimate Miracle, tem roteiro e direção de
Carlos Gomes, fundador e diretor artístico do Co Theatre Kantanta, com sede em Sidney.
Participam do espetáculo cinco atores, entre brasileiros e australianos. SANCTUS é um teatro
visual e físico, baseado na peça “Frei Bentinho de Santo Antonio”, texto de Di Frattinsi. O
espetáculo explora a natureza da fé e o milagre no mundo contemporâneo, usando humor,
teatro físico, música e dança. A peça busca, através da pesquisa do barroco brasileiro, criar a
estética do espetáculo. Esta nova montagem aprofundará ainda mais no rico sincretismo das
religiões no Brasil, em que o sagrado e o profano andam de mãos dadas na cultura brasileira. O
espetáculo vem celebrar e dar vazão aos rituais populares para criar um espetáculo teatral
exuberante e contemporâneo.
Sinopse: uma carta misteriosa leva o humilde servo a uma missão. Frei Bentinho deixa o
claustro do monastério para uma aventura pelo esplendor do mundo e sua fé começa a ser
testada. Sua missão é restaurar uma capela abandonada e às ruínas. Ao chegar, as coisas não
parecem ser como são: quatro santos estão a lhe esperar.
Trilogia de Alice (São Paulo)
A peça Trilogia de Alice possui texto do irlandês Tom Murphy, direção de Carlos Gomes.
Sinopse: Trilogia de Alice faz uma radiografia psicológica de seu personagem central, Alice, em
três momentos centrais de sua vida. Alice aos 25 anos: uma dona de casa entediada. Alice aos
40 anos: uma mãe resignada. Alice próxima dos 60 anos: uma senhora com uma existência
cheia de dores empilhadas. Vencedor do 12º Festival da Cultura Inglesa 2008, o espetáculo
flagra três etapas diferentes na existência de uma dona de casa insatisfeita no cotidiano da
Irlanda suburbana.
Informações para a imprensa:
Árvore de Comunicação
Paula Lima – 3194-8703 / 8456-0024
[email protected]
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards