RN_SOF_NUTES_Qual a importância da vacina H1N1

Propaganda
Segunda Opinião Formativa
RedeNutes
Qual a importância da vacina H1N1?
Autor: Daianny de Paula Santos
Revisor: Débhora Ísis Barbosa e Silva
Descritores: Vírus da Influenza A Subtipo H1N1
Publicado em: 08 de Junho de 2016
A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, seu agravamento
pode levar ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de
risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes,
adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras
condições clínicas especiais). A imunização da população (grupos prioritários) contra a
influenza é importante porque a doença pode levar a complicações como a pneumonia,
podendo ser causada pelo próprio vírus ou por infecção bacteriana. Além disso, a proposta da
vacinação é de evitar ou diminuir o número de internações e mortes substancialmente, não só
pela infecção primária, mas também as infecções secundárias.
O uso do antiviral está indicado para todos os casos de síndrome gripal com condições
e fatores de risco para complicações e de síndrome respiratória aguda grave,
independentemente da situação vacinal. No entanto, o Ministério da Saúde, por meio das
campanhas nacionais de imunização, prioriza os grupos mais vulneráveis para infecção pelo
vírus, assim, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças
na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29
dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores de saúde,
adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população
privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional, povos indígenas e grupos
portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.
Bibliografia
1Brasil. Ministério da Saúde. Informe Técnico – Campanha Nacional de Vacinação
contra a Influenza. 2016. Disponível em:
<http://portalsaude.saude.gov.br/images/pdf/2016/marco/11/informe-tecnico-campanhavacinacao-influenza-2016.pdf>. Acesso em 27 de maio de 2016.
2. Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde − Ministério da Saúde. Febre
pelo vírus Zika: uma revisão narrativa sobre a doença
NUTES | Hospital das Clínicas | 2º andar | Av. Prof. Moraes Rego s/n |
Cidade Universitária | Recife | PE | CEP 50.670-420 | Fone +55 81 2126 3903 | Fax +55 81 2126 3904
www.nutes.ufpe.br | [email protected]
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards