Disparo Resistivo. - SOL

Propaganda
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA INDUSTRIAL
Exper.
2
Disparo de SCR’s em Corrente Alternada –
Disparo Resistivo.
Objetivo
Verificar o processo de disparo de SCR’s em corrente alternada – disparo resistivo.
Material Utilizado
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
Resistores 1,0kΩ, 1kΩ – 1/2W e 100Ω – 25W;
Potenciômetro 10kΩ;
SCR TIC 116D;
Diodo 1N4007;
Transformador 220V/24V;
Matriz de contatos;
Multímetros;
Osciloscópio;
Fios e cabos.
Procedimento Prático
1. Monte o circuito conforme figura 1.0.
RL
mA
100Ω
25W
1,0kΩ
IAK
10kΩ
TIC116
24V
60Hz
TRAFO
1kΩ
Fig. 1.0 – Circuito experimental
2. Verifique e desenhe a forma de onda da tensão no secundário do transformador.
3. Com o potenciômetro ajustado para 7kΩ, verifique e desenhe a forma de onda da tensão
no SCR e no resistor RL.
4. Meça o ângulo de disparo do SCR.
5. Com o potenciômetro totalmente desinserido (0 kΩ), verifique e desenhe a forma de onda
da tensão no SCR e no resistor RL.
6. Ajuste o potenciômetro para obter um ângulo máximo (90o), e verifique a forma de onda
da tensão no SCR e no resistor RL.
1
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA INDUSTRIAL
Questões
1. Determine o ângulo de disparo do SCR para os ítens 3 e 5.
2. Para o potenciômetro ajustado em 6 kΩ no circuito da fig. 1.0, determine o ângulo de
disparo do SCR. Sabe-se que IGT = 3mA e VGK = 1,3V.
3. Qual deverá ser o valor de resistência ajustado no potenciômetro da fig. 1.0. Se
desejarmos um ângulo de disparo 30o no SCR?
4. O angulo máximo possível para o SCR do circuito da fig. 1.0 é 90º, por quê?
Bibliografia
– RASHID, Muhammad H. Eletrônica de Potência: Circuitos, Dispositivos e Aplicações.
Makron Books, São Paulo, 1999.
– AHMED, Ashfaq, Eletrônica de Potência. Prentice Hall, São Paulo, 2000.
2
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards