Enviado por Do utilizador7896

Aula 12-04

Propaganda
Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Curso Ciências Biológicas – Licenciatura
Campus Santa Helena
PLANEJAMENTO DE
ENSINO DE CIÊNCIAS
E BIOLOGIA
Didática Aplicada ao Ensino de Ciências e
Biologia
Docente: Dra. Eduarda Maria Schneider
E-mail: [email protected]
Aula 12/04
Visão dos professores sobre planejamento

Descontentamento com a forma que o planejamento
se desenvolve em sala de aula
"Eu acho importante planejamento, mas não da forma
como vem sendo realizado“
"Eu acho que dá para trabalhar sem planejamento";
“Do jeito que as coisas estão, impossível planejar o
meu trabalho docente; vivo de constantes
improvisações”
Visão dos professores sobre planejamento
"Eu não acredito nos planejamentos tecnicistas
que a rede vem elaborando mecanicamente e
que nada têm a ver com a sala de aula“
"Eu sempre transcrevo o planejamento do ano
anterior, acrescento algo quando dá, entrego e
pronto. Cumpri a minha obrigação".
Visão dos acadêmicos de Ciências Biológicas
sobre planejamento




“Detalha quais assuntos deverão ser tratados durante
um determinado tempo de ensino”.
“É estruturação de conteúdos para serem aplicados
em sala, para que não saia de uma ordem”.
“É um modelo onde vou seguir os conteúdos que eu
irei abordar”.
“Uma forma de organização”
Visão dos acadêmicos de Ciências Biológicas
sobre planejamento



“Significa para mim seguir regrinhas básicas como,
qual meu objetivo com essa aula, um resumo prévio
do assunto para facilitar, como pretendo desenvolver,
o que eu espero que meus alunos aprendam ao final
da aula”
“É a organização da aula e prestação de contas, e para
saberem se estou seguindo a base de ensino da
escola”.
“Um cronograma de atividades com métodos a serem
aplicados”

Por que professores em formação e em
exercício percebem e apresentam estas atitudes
diante do planejamento do trabalho
pedagógico? Como superar essa visão?
Planejamento – Processo de reflexão (SAVIANI):
Planejamento como uma atitude crítica
Planejamento e Plano de Ensino Podem Ser
Tomados Como Sinônimos?

Planejamento envolve todo o processo pedagógico.

Plano de ensino (instrumento orientador) é um
momento de documentação do processo educacional
escolar como um todo.

Plano de ensino é, pois, um documento elaborado
pelo(s) docente(s), contendo a(s) sua(s) proposta(s)
de trabalho, numa área e/ou disciplina específica.

O plano de ensino deve ser percebido como
um instrumento orientador do trabalho
docente, tendo-se a certeza e a clareza de que
a
competência
pedagógico-política
do
educador escolar deve ser mais abrangente do
que aquilo que está registrado no seu plano.
Diferenças entre plano de unidade e
plano de aula

Plano de unidade: Trata-se de um
planejamento geral para uma unidade do
conteúdo.

Plano de aula: Trata-se de um recorte do plano
de unidade com mais detalhes.
TIPOS DE PLANEJAMENTO NA
EDUCAÇÃO?





Na área da educação temos os seguintes tipos
de planejamento, articulados entre si:
Plano educacional;
Plano da escola;
Plano de ensino;
Plano de aula;
ESTRUTURA DOS PROCESSOS DE
PLANEJAMENTOS EDUCACIONAIS
PLANO NACIONAL (LEIS, PARÂMETROS,
DIRETRIZES)
PLANO ESCOLAR (PROJETO POLÍTICO
PEDAGÓGICO)
PLANO DE ENSINO/PLANO DE CURSO
(CRONOGRAMA, UNIDADE)
PLANO DE AULA (SEMANAL/DIARIAMENTE)
PLANO EDUCACIONAL

É realizado pelo Governo Federal, através do Plano
Nacional de Educação e da legislação vigente.

Consiste na tomada de decisões sobre a educação no
conjunto do desenvolvimento geral do país.

Requer a proposição de objetivos em longo prazo que
definam uma política da educação.

É preciso definir prioridades e metas para o aperfeiçoamento
do sistema educacional

estabelecer formas de atuação e calcular os custos necessários
à realização das metas.
EXEMPLOS
PLANO DA ESCOLA

É um documento mais global;

Expressa orientações gerais sobre:
as ligações da escola com o sistema escolar
mais amplo;


as ligações do projeto pedagógico da escola
com os planos de ensino propriamente ditos.
PLANO DE ENSINO



É a previsão dos objetivos e tarefas do trabalho
docente para um ano ou semestre;
é um documento mais elaborado, dividido por
unidades sequenciais, no qual aparecem objetivos,
conteúdos,
desenvolvimento
metodológico
e
avaliação.
Expressa o que o professor fará na sala de aula, para
conduzir os alunos a alcançar os objetivos
educacionais propostos.
O PLANO DE ENSINO DEVERÁ
PREVER:
1. Objetivos específicos estabelecidos a partir
dos objetivos educacionais;
2. Conhecimentos a serem aprendidos pelos
alunos no sentido determinado pelos objetivos;
3. Procedimentos e recursos de ensino que
estimulem, orientam e promovem as atividades
de aprendizagem;
Procedimentos de avaliação que possibilitem a
verificação, a qualificação e a apreciação
qualitativa dos objetivos propostos
PLANO DE AULA

É a previsão do desenvolvimento do conteúdo
para uma aula ou conjunto de aulas e tem um
caráter bastante específico.
Como Formalizar o Plano de Aula?

Superar os
formulário.

É importante desencadear um processo de repensar todo
o ensino, buscando um significado transformador para os
elementos curriculares básicos:
•
colocados
pelo
tradicional
Contexto social (onde e para quem ensinar?)
•
Objetivos (para que ensinar e aprender?);
•
Conteúdos (o que ensinar e aprender?);
Metodologia (como e com o que ensinar e aprender?);
Avaliação (como e o que foi efetivamente ensinado e
aprendido?)
•
Referências
•
•
entraves
QUESTÕES RELEVANTES
PARA A FORMAÇÃO DOCENTE
O QUE ENSINAR?
O que é ciência?
Por que ensinar Ciências?
Que conteúdos ensinar?
COMO SE APRENDE
CIÊNCIAS?
Quais as idéias prévias?
Que fatores influenciam
a aprendizagem?
Como se superam
as dificuldades?
COMO ENSINAR
CIÊNCIAS?
Como selecionar e
organizar os conteúdos?
Qual a função
da avaliação?
Como atender
a diversidade?
O dia a dia da sala de aula – Plano de aula

Cada aula é um encontro curricular, no qual, nó a nó,
vai-se tecendo a rede do currículo escolar proposto
para determinada faixa etária, modalidade ou grau de
ensino.

Preparação da aula: quem é seu aluno? O que
pretende com o conteúdo? Como iniciar, conduzir e
finalizar a aula?
OBJETIVOS
CONTEÚDOS
REALIDADE
HISTÓRICO-SOCIAL
METODOLOGIA
RECURSOS
AVALIAÇÃO
TODO O PLANEJAMENTO É
DECORRENTE DE :
De uma
perspectiva
de ensino.
De uma
concepção de
educação.
Da postura do
professor diante
de sua área de
conhecimento.
Estrutura básica do plano de aula
1. Tema:
2. Professores responsáveis:
3. Público alvo: descrever com qual série, turma, ano,
semestre a aula vai ser desenvolvida.
4. Duração da aula: Como estamos pensando no ensino
superior, podemos considerar uma aula de 4 horas.
5. Objetivos (o que se pretende construir em termos de
habilidades, capacidade de raciocínio, compreensão,
ação social, entre outros, através do conteúdo
ministrado, ou seja qual a importância daquele
conteúdo para a formação do aluno).
5.1. Objetivo geral
5.2. Objetivo específico
6. Conteúdo
6.1 Conteúdo da área específica (descrever o conteúdo a
ser trabalhado)
6.2. Integração dos conteúdos através da tendência em
Ensino de Ciências discutida no grupo.
7. Metodologias e estratégias de ensino – descrever a
estrutura geral da aula (utilização de alguma
metodologia em específico, dialética, de projetos,
histórico-crítica, etc). Estratégias: como vai organizar
cada etapa da aula: aula expositiva, aula
dialogada, trabalhos em grupo, aulas práticas,
trabalho de campo, seminários, entre outros.
8. Recursos didáticos: livros didádicos, revistas,
internet, transparências, filmes, experimentos, etc.
9. Avaliação da aprendizagem. Avaliação diagnóstica:
O que o aluno pensa do assunto? Quais suas
concepções prévias sobre o assunto? Avaliação
formativa: Como o aluno está construindo aquele
conhecimento? Quais dificuldades?
10. Referências bibliográficas
10.1. Bibliografia Básica
10.2. Bibliografia Complementar
As tendências a serem integradas no plano de
aula. Propostas:
1 – Inserção de experimentação e aula prática –
procurando discutir em cima de experimentos, idéias,
hipótese, teorias e não apenas utilizar o experimento
como demonstração.
2 – História da Ciência – estabelecer com exemplos
históricos a reflexão sobre a produção científica,
demonstrando a ciência como uma atividade social,
influenciada por fatores políticos, econômicos e
sócias. Sendo possível a convivência de diferentes
concepções teóricas para explicar um mesmo
fenômeno.
3
–
Ciência, Tecnologia e Sociedade – Implicações
éticas da ciência, alfabetização científica. Educação
ambiental.
4 – Interdisciplinaridade. Relação entre diferentes
áreas do conhecimento.
5- Aproximação entre conhecimento científico e
cotidiano
6 – Discussão sobre concepção de ciência
E agora

Planejamento
Documento rígido/
burocrático
X
Instrumento orientador de
organização e
sequenciamento das
atividades
O ato de planejar faz parte da história do ser
humano, pois o desejo de transformar sonhos em
realidade é uma preocupação marcante de todo o
indivíduo. Em nosso dia a dia sempre estamos
enfrentando situações que necessitam de
planejamento (CARVALHO ET AL., 2011).
Sendo assim, compete ao professor que o
confeccionou, dar-lhe vida, relevo e colorido
no ato de sua vibração e seu entusiasmo,
enriquecendo-o com sua habilidade e
expressividade (PADILHA, 2001, p.33)
Atividade – Preparação de uma unidade de ensino
Cada dupla vai fazer o planejamento de uma
unidade de ensino, enfatizando um conteúdo
específico de ciências ou biologia. A partir
dessa unidade deve ser elaborado um plano de
aula.
Referências Bibliográficas
FUSARI, José Cerchi. O Planejamento do Trabalho Pedagógico: Algumas
Indagações e Tentativas de Respostas. São Paulo: FDE, Séries Idéias, 1998.
SANMARTI, N. Didáctica de las ciências em la education secundaria
obligatoria. Madri: Síntesis, 2002.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards