Enviado por Do utilizador4671

50 - 600 Réis Série

Propaganda
600 réis
Série
(1783)
600 RÉIS - SÉRIE “M”
(1783)
54
A moeda de 600 réis - série “M”,
Fábio de Souza
reproduzida na capa do Boletim, e que a princípio
Bibliotecário da SNB
deve ter chamado a atenção de alguns leitores “que
nunca tinham visto uma dessa na vida”, não vem a ser
nenhuma nova descoberta numismática... mas podemos dizer
que foi cunhada “virtualmente”.
Como um complemento do artigo anterior, “Pretensões Monetárias de Vila
Boa de Goiás” (pág 34), e com base na gravura de 1783 reproduzida no mesmo
artigo, esta imagem foi criada utilizando-se o programa Photoshop 7.0 (Adobe
Systems), procurando reproduzir os reflexos de luz, traços de
desgaste, pátina e imperfeições que a mesma possuiria
caso tivesse sido cunhada, e sobrevivido algum
exemplar até os nossos tempos.
Alguns fatores foram importantes para uma
realização satisfatória deste trabalho. Primeiro,
foi necessário efetuar um estudo das diferenças
existentes entre um 600 réis “Jota” 1755 R (fig. à dir.),
e a interpretação artística desta mesma moeda
(abaixo), realizada à pena, de modo semelhante ao
projeto da moeda de Goiás para podermos “reverter o
processo”. Com isso, chega-se a conclusão de que
600 réis
os traços do desenho são muito mais finos do que
1755 R
apresentaria a moeda se cunhada, o que deveria
ser compensado na
imagem final, além
de alguns detalhes
desproporcionais da coroa.
Posteriormente, esse
mesmo “Jota” foi utilizado
como base de edição da
nova moeda. A palavra
“GOIÂS” foi criada
à partir da edição das
letras da legenda do
“Traité des monnaies d'or et d'argent”
reverso desta moeda
Pierre-Frederic Bonneville - Paris, 1806. (SVB Q. SIGN NATA STAB).
Download
Random flashcards
teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards