Enviado por julimari

Resumo

Propaganda
Resumo
O oligoelementos são conjunto de elemento químicos que se encontra em pequena
quantidade no nosso organismo que é absorvido através de uma boa alimentação sua falta
causa disfunção no organismo humano e causando doenças metabólicas.
Introdução
Os oligoelementos são elementos essenciais para os seres vivos estão em pequenas
quantidades em nosso organismo. Possuem um importante papel no processo biológico já que
os oligoelemntos são responsáveis pela formação de enzimas vitais e sua ausência pode causar
doenças disfuncionais ( Ménetrier,2008).
Objetivo
Realizar Classificação de oligoelementos
Apresentar a Função de cada elemento
Principais causas da ausência dos elementos
Tipo de terapia relacionada aos oligoelementos
Metodologia
Foi realizado revisão literária do livro didático: nutrição e Dietética Noções Básicas – Maria
Angela Borsoi – Editora Senac – 1995 e de artigos científicos, disponíveis no site scielo
Classificação
Oligoelementos essenciais: ferro,yodo, zinco e magnésio
Oligoelementos importantes: Selenio, cobre manganês, flúor, cromo.molibdeno e cobalto
Oligoelemento em estudo: níquel, estanho ,vanidio e silício
Oligoelementos contaminantes ambientais: plomo,mercúrio,arsênio.boro,lítio,alumínio
Oligoelementos tóxicos: plomo,mercúrio,alumínio
Eletrólitos e minerais vitais: potássio,sódio,fosforo,cálcio
Ferro
Aporte diário necessário : 10-15mg/dl. Lactante:6-10mg/dl
Fontes: levedura cevada,salchicha,mortadela soja germen de trigo feijão , fígado,frutos do mar
leguminosas
Usos: ajuda a sintetizar hemoglobinas, mioglobiana e na formação dos glóbulos vermelhos e
tecido muscular, ajuda no metabolismo da vitamina do complexo B, facilita o transporte de
oxigênio para a respiração celular. O ferro é um componente de enzima de desintoxicação
microsomal pois ajuda no metabolismo oxidativo, ajuda a síntese de DNA ribonucleica,
melhora o mecanismo de defesa e imunológica, melhora a atividade física e controla a
temperatura.
Carência: Causa anemia microcítica
Excesso: aumenta a oxidação favorecendo a formação de radicais livres(OH), incluindo
doenças associadas ao estress oxidativo, irritações gastrointestinais, insuficiência hepática,
aumento dos riscos de infecção, diabetes, aumento o risco de câncer. (Ramon 2008)
iodo
Aporte diário necessário:80-150mcg/dia.Lactentes 40-50mcg/dia.
Fontes: cebola, marisco ,algas marinhas, sal iodado, vegetais cultivados em solos ricos em
iodo.
Usos: componentes dos hormônios tireoides, ajuda no crescimento e desenvolvimento, ajuda
a regular o metabolismo, ajuda na agilidade mental.
Carência: bócio por hiperplasia da glândula tiroidiana, aborto anomalias congênitas, aumento
do risco a mortalidade perinatal, defeito no desenvolvimento mental, apatia, hipotireoidismo,
deficiência psicomotora.
Excesso: bócio, hipertiroidismo.
Zinco
Aporte diário necessário: 10-15mg/dl. Lactente: 5-10mg/dia
Fontes: germe de trigo, levedura carne, marisco, grãos.
Uso: componentes de enzimas antioxidante, ajuda a manter homeostasia das tecidos e previne
o estress oxidativo protege o DNA, anticancerígeno importante para manter o equilíbrio
dinâmico acido básico, ajuda a síntese de proteína de insulina, ajuda a cicatrizar e regenerar
os tecidos, ajuda no crescimento da e a atividade mental, e melhora a fertilidade.
Carência: aumenta o risco de enfermidades por estress oxidativo, anomalias congênitas,
aborto, alteração dos testículos e ovários ,esterilidade, alteração do sistema imune com
suscetibilidade a infecção, deficiência do crescimento nas crianças, dificuldades para
cicatrização, deteriorização do metabolismo dos hormônios tiroidiano, hiperplasia prostática.
Excesso: mas de 150mg/dia não deve ingerido como sal inorgânico, causa irritações
gastrointestinais, vômitos, anemia, depressão da função imunológica, diminuição dos níveis
plasmático de HDL.
Magnésio
Aporte diário necessário: 250-350mg/dl. Lactentes: 10-15 mcg
Fontes: germe de trigo levedura de cerveja, pistache noz, feijão seco, trigo , coco, centeio,
acelga
Uso: manter o equilíbrio do cloro, potássio, sódio, cálcio, e outros elementos, e segundo cátion
mais importante a nível intracelular depois do potássio, essencial para o funcionamento
eficiente do sistema neuromuscular, ajuda no metabolismo de carboidratos, ajuda a
prevenção de arritmias cardíacas, diminui o risco de mortalidade por infarto, controla a
personalidade, depressão, necessário para o tratamento de hiperglicemia e coma diabético.
Carência: convulsões tônicas, coma, espasmos musculares, disfunção miocárdica, transtornos
de uma personalidade, depressões, resistência a insulina, Alzheimer.
Excesso: diminuição de reflexos , diminuição da função respiratoria
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards