TEORIA TRANSCULTURAL DE MADELAINE LEININGER: A

Propaganda
TEORIA TRANSCULTURAL DE MADELAINE LEININGER: A CULTURA
INSERIDA EM UMA VISÃO HOLÍSTICA DO CUIDADO
Jaqueline Vieira Guimarães¹; Bruna Corrêa de Mira¹; Karine de Paula Martins da Cruz¹;
Marina Soares de Souza¹; Margarete Feio Boulhosa²
¹Acadêmica de Enfermagem; 2Mestre em Educação e Saúde Pública
[email protected]
Universidade do Estado do Pará (UEPA)
Introdução: Para GEORGE (2000) a saúde é definida por formas diferentes em que
cada cultura, de uma maneira especifica, reflete suas crenças, seus valores, e as práticas
de seu povo. LEININGER (1991) enfatiza a importância do profissional de enfermagem
conhecer a cultura específica do local onde os cuidados estão sendo aplicados. Para ela
o cuidado é universal, ou seja, existe para todas as culturas, porém o cuidar é
diversificado com características especificas, assim, o profissional de enfermagem
dentre suas habilidades deve considerar cuidados de cada cultura, negociando e
adaptando estes juntamente com o cliente visando uma assistência holística e
satisfatória para ambos. Ainda de acordo com GEORGE (2000) a Assistência de
Enfermagem e suas ações devem ser baseadas nas necessidades e valores do cliente.
Objetivo: Descrever a importância da aplicação da Teoria Transcultural de Madelaine
Leininger na Assistência de Enfermagem promovendo um olhar holístico do cuidado
que aproxima Enfermeiro e Paciente. Metodologia: Trata-se de uma revisão de
literatura realizada na base de dados SCIELO, no primeiro semestre de 2014.
Utilizaram-se como critérios de inclusão os artigos que tinham como palavras chaves
Enfermagem e Cultura, Teoria Transcultural e Cuidado Holístico. Ao final do processo
de análise dos materiais encontrados, restaram para amostra final cinco artigos, além do
embasamento teórico do livro “Teorias de enfermagem: os fundamentos à prática” de
Julia B. George. Resultados/Discussão: Percebeu-se que o cuidado deve ser
diversificado no sentido de adaptá-lo para cada indivíduo, e unificado no contexto de
uma visão holística do paciente, onde a Assistência de Enfermagem alcança os diversos
aspectos que constituem aquele ao qual são propiciados os cuidados oferecidos pela
enfermagem. Isso fortalece os laços de confiança do paciente para com o Enfermeiro, o
que facilita de modo significativo o atendimento, e ainda com o fortalecimento desses
laços observa-se uma diminuição dos riscos de ocorrer um choque cultural ou
“bloqueio” ao paciente, que não se sentirá a vontade para receber a atenção e cuidados
que lhe necessitam ser prestados. Por isso, Leininger expressa sua preocupação quanto
ao enfermeiro não ter a preparação adequada da perspectiva transcultural e que não
valorizem ou pratiquem essa perspectiva em sua extensão total. Considerações Finais:
O respeito às diferenças entre os indivíduos (Enfermeiro e Paciente) é uma forma de
facilitar e dialogar quanto às divergências de pensamentos sobre o cuidado que será
direcionado. Nesse sentindo a teoria de Leininger propicia um enriquecimento ao
cuidado de enfermagem, posto que, o aprofundamento antropológico por ela feito
instrumenta o enfermeiro a perceber o paciente como um ser que trás consigo uma carga
cultural própria e muito pessoal, que influencia diretamente no tratamento a ser
oferecido, bem como na forma que irá receber tal cuidado e nas expectativas que o
mesmo terá ao que concerne a cura ou não do seu problema de saúde.
Referência:
GEORGE; JULIA, B. Teorias de enfermagem: os fundamentos à prática. 4ª Ed.
Porto Alegre: Artes médicas sul, 2000.
Anais do III Congresso de Educação em Saúde da Amazônia (COESA), Universidade Federal do Pará - 12 a 14 de
novembro de 2014. ISSN 2359-084X.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards