Anais do VI Congresso Goiano de Ciências do Esporte, Goiânia 10

Propaganda
1
A ATIVIDADE FÍSICA COMO FORMA DE CONTROLE DO DIABETES.
Marinês Conceição Rieth Corrêa
Lorena Maria Vilela Alves
Resumo: Sabemos que o diabetes Mellitus é uma desordem metabólica, associada a
deficiência do hormônio insulina, que é produzido pelo pâncreas. Essa pesquisa tem com
objetivo mostrar que a atividade física, pode sim ser considerada como uma forma de controle
dessa patologia. A pesquisa foi realizada, pelos acadêmicos do curso de Educação Física
participantes do projeto “Mexa-se e viva melhor”, onde e realizada atividades aeróbicas e
anaeróbicas com um grupo de idosos. Após a análise dos dados percebemos que a
participação assídua do grupo fez com que diminui-se significativa o uso dos medicamentos.
Esse é um trabalho que encontra-se em andamento tendo em vista que esse projeto existe a
mais de dez anos.
Palavras-chave: Atividade Física, Diabetes, Projeto, Idoso.
Um dos eixos de sustentação da Universidade é a existência dos projetos de
extensão desenvolvidos pelo curso de graduação, nos quais são produzidas informações e
através destas surgem novas concepções, saberes, metodologias de trabalho em constante
evolução, no intuito de expandir a Universidade e levá-la à comunidade. O curso de Educação
Física do CAJ/UFG há dez anos realiza o projeto de extensão “Mexa-se e viva melhor” para o
controle de Diabetes.
Sabemos que a Diabetes Mellitus é uma desordem metabólica crônicodegenerativa de etiologia múltipla que está associada à falta e/ou à deficiente ação do
hormônio insulina produzido pelo pâncreas. Na Diabete Mellitus ocorrem alterações no
funcionamento endócrino que atingem principalmente o metabolismo dos carboidratos. A
insulina interfere na manutenção do controle glicêmico, atuando na redução e manutenção a
níveis considerados normais, mas também age no metabolismo das proteínas e lipídios,
devido à que, além da ação hipoglicemiante, a insulina participa da lipogênese e
proteogênese, sendo o principal hormônio anabólico. Assim, a falta de adequado tratamento
pode levar a inúmeras e severas complicações.
A atividade física orientada é parte essencial no tratamento do Diabetes Mellitus e
traz inúmeros benefícios ao praticante. Sendo assim a pratica de atividade física regularmente
nesse grupo tem sido uma forma de tratamento eficaz no controle desta patologia. Conforme
Canavó (2001), o exercício na terceira idade pode trazer benefícios, como físicos, sociais e
psicológicos, contribuindo assim para uma melhor e maior qualidade de vida, dos sujeitos que
a praticam.
Está pesquisa tem com objetivo oferecer atividades direcionadas a um grupo de
pacientes adultos e idosos diabéticos cadastrados na SMS, Jataí/GO; aplicar exercício
aeróbicos e anaeróbicos para controlar os índices glicêmicos dos pacientes; acompanhar
través de testes de glicemia a variação do índices glicêmicos de cada paciente e avaliar a
relevância da atividade física ao grupo.
O caminho percorrido para desenvolvimento deste trabalho, está respaldado pela
pesquisa qualitativa amparada em todo o processo pelos levantamentos bibliográficos,
observação e por meio do diálogo com os participantes. A pesquisa de campo foi realizada
com aproximadamente vinte e cinco membros do programa Educação e Saúde, realizado no
NUCEP (Núcleo de cultura pesquisa e extensão) na cidade de Jataí/GO. No NUCEP acontece
o atendimento a comunidade, na quarta feira e sexta feira, onde realizam atividades com os
Anais do VI Congresso Goiano de Ciências do Esporte, Goiânia 10 a 12 de Junho de 2009.
2
participantes. Na sua grande maioria são idosos com Diabetes. O trabalho consta de
observação do comportamento e participação dos pacientes nas atividades propostas e
entrevista oral semi-estruturada realizada após as atividades. As atividades foram sugeridas
pelo grupo participante (pacientes e acadêmicos do curso de Educação física). São ministradas
atividades aeróbicas e anaeróbicas conforme metodologia já programada juntamente com o
atendimento médico e nutricional. A análise de dados aconteceu após a coleta dos mesmos
onde houve a possibilidade de relacionar com a pesquisa bibliográfica.
Após as analises dos dados podemos observar que a participação assíduas dos
participantes, nas aulas tem feito com que haja uma diminuição significativa assim no uso de
medicamentos – insulina, pois através das atividades eles conseguem controlar o seu índice
glicêmico, diminuindo assim também o número de internações, eles apresentam uma maior
resistência às enfermidades decorrentes da idade e da doença.
Verificamos que inúmeras pesquisas ressaltam o valor imprescindível do exercício
físico, sendo ele uma estratégia direta para minimizar os prejuízos associados ao avanço da
idade. Okuma (2002) aponta que o exercício físico regular e moderado não apenas retarda a
perda da capacidade funcional associada à idade e ao desuso, mas frequentemente reverte esta
perda independente do momento em que a vida se torna ativa. Portanto, concordamos com
Canavó (2001), que o exercício na terceira idade pode trazer benefícios, como físicos, sociais
e psicológicos, contribuindo assim para uma melhor e maior qualidade de vida.
É papel fundamental de a Universidade proporcionar projetos em diversas áreas
do conhecimento, visando sempre comunicar à sociedade idéias sobre tecnologias e
procedimentos adequados, testados e viáveis. Estes beneficiam a população, oportunizando o
livre acesso às atividades nas quais possivelmente não ingressariam.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
CANAVÓ, Alice. Atividade Física para a Terceira Idade. Informe Phorte. São Paulo, 2001.
OKUMA, Silene Sumire. O idoso e a atividade Física: fundamentos e pesquisa. Campinas,
SP: Papirus, 1998.
Marinês Conceição Rieth Correia - [email protected] (64) 3632-0077
Lorena Maria Vilela Alves - [email protected] ou [email protected] (64) 36326021ou (64) 8419-7335
Anais do VI Congresso Goiano de Ciências do Esporte, Goiânia 10 a 12 de Junho de 2009.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards