HORA DE MALHAR: OS BENEFÍCIOS DA

Propaganda
Sugestão de pauta:
HORA DE MALHAR: OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA
PESSOAS COM DIABETES
Início de ano é hora de começar novos projetos. Muita gente aproveita o
período para cuidar da saúde, e também para equilibrar os quilos a mais que
vieram com as festividades de dezembro, através da prática de atividades
físicas. Para quem tem diabetes, esses cuidados são essenciais. Aliada dos
médicos no controle da glicemia, a prática de atividade física pode ser prescrita
como uma medicação. Os exercícios ajudam a melhorar a qualidade de vida
dos pacientes, além de tornar mais eficiente e abundante o aproveitamento da
glicose pelos tecidos.
Alongar o corpo, liberar toxinas, melhorar o sistema cardiovascular, fortalecer a
musculatura, aliviar do estresse e controlar o peso: esses são só alguns dos
inúmeros benefícios que a atividade física proporciona. A endocrinologista Ana
Cláudia Ramalho é referencial quando o assunto é se exercitar para manter a
saúde. A proprietária da clínica ACRDiabetes e professora da UFBA tem uma
rotina atribulada e atende mais de 100 pacientes que estão na mesma situação
que ela: convivendo com a diabetes.
Diagnosticada com a doença há 35 anos, a médica sempre gostou de se
exercitar e é maratonista. Desde criança Ramalho pratica esportes como ballet,
natação e tênis e, atualmente, segue uma rotina de exercícios intensa.
Com os filhos em idade escolar, a médica acorda às 4h30 da manhã para dar
tempo de malhar, correr e arrumar as crianças para escola. Na hora do almoço,
também não há desculpas para fugir da atividade física: entre as aulas na
Universidade Federal e as consultas na ACR, ela encontra tempo para andar
de stand up no verão.
Segundo a médica, para quem tem diabetes a prática de esportes pode ser
prescrita como parte do tratamento. “Se exercitar é fundamental para reduzir o
risco cardiovascular, que em pacientes com diabetes já é aumentado”, explica
a médica. “No entanto, é preciso acompanhamento médico para ajustar a
medicação aos exercícios. É preciso muita observação para chegar numa
prescrição que funcione para cada paciente”, alerta.
Nesse sentindo, doutora Ana Cláudia ainda esclarece que os pacientes que
usam bombas de insulina tem uma vantagem. “Quando você toma uma dose
de insulina por métodos convencionais seringa ou caneta, aquela quantidade
de insulina total já foi aplicada e vai atuar no corpo durante a atividade física,
aumentando risco de hipoglicemia. No caso da bomba de insulina, você ganha
em autonomia e no controle, já que e possível ir fazendo o ajuste da liberação
de insulina pouco a pouco e o paciente pode regular de acordo com a resposta
do corpo a atividade física”, afirma.
Sugestão de fonte:
- Ana Cláudia Ramalho - Endocrinologista na ACRDiabetes e professora da
Universidade Federal da Bahia
Informações a Imprensa:
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards