Análise de Séries Temporais de EEG: desenvolvimento e

Propaganda
Análise de Séries Temporais de EEG: desenvolvimento e caracterização da
estrutura funcional do cérebro.
Daniel Yasumasa Takahashi1,2, Koichi Sameshima1,2, Edgard Morya1, Renato Anghinah3
1
Laboratório de Neurociência. Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa. Instituto de Ensino e
Pesquisa Hospital Sírio Libanês. São Paulo – SP. Brasil.
2
Dep. Radiologia. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. São Paulo – SP. Brasil.
3
Dep. Neurologia. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. São Paulo – SP. Brasil.
O uso de métodos quantitativos juntamente com os métodos qualitativos tradicionais para a
análise de sinais de EEG tem se mostrado útil na prática clínica. Novos métodos têm sido
propostos para caracterizar os aspectos funcionais do sistema nervoso, isto é, técnicas para
estabelecer correlações entre medidas quantitativas dos sinais de EEG e os respectivos
comportamentos observados. Serão discutidos três métodos multivariados recentemente
propostos para a análise de sinais de EEG: (a) causalidade de Granger, (b) coerência parcial
direcionada e (c) análise de componentes independentes. Os métodos (a) e (b) são úteis na
inferência do “fluxo de informação” entre pares ou mais áreas cerebrais. O método (c) constitui
uma família de técnicas de redução de dimensionalidade dos dados, facilitando a interpretação do
sinal original e dos resultados obtidos. Exemplos de aplicações desses métodos em sinais de
EEG de pacientes com epilepsia e doença de Alzheimer serão apresentados. Serão enfatizados
(a) os conceitos relacionados aos métodos e (b) as interpretações dos resultados obtidos.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards