CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Propaganda
CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL LYSIA
BERNARDES
Rio de Janeiro – 17, 18 e 19 de setembro de 2012
Mesa redonda Contexto Regional no Estado do Rio de Janeiro
Glaucio José Marafon / IGEOG-UERJ
[email protected]
O ESPAÇO DA METROPOLIZAÇÃO
O processo de metropolização imprime ao
território características que até então eram
exclusivas da região metropolitana. Essas
características fazem com que não só as práticas
sociais mas, inclusive as identidades dos lugares
fiquem sujeitas aos códigos metropolitanos.
(Lencione, 2003, p. 35).
A METRÓPOLE DO RIO DE JANEIRO
Há uma forte concentração (de população, de serviços, de produção material e
imaterial) na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, que funcionaria como uma
Região Concentrada (Santos e Silveira, 2001, p. 140), em nível estadual, e uma
crescente divisão territorial do trabalho com o interior (superposta a divisões
anteriores), particularmente sob a forma de eixos (Davidovich (1999) e Natal (2004),
Rua (2011) que denomina “eixos de maior densidade de urbanidades”.
Hoje, graças às possibilidades técnicas do período, o trabalho pode ser repartido entre
muitos lugares, de acordo com a sua produtividade para certos produtos. Isso leva a
refuncionalizar áreas portadoras de densidades pretéritas e a ocupar áreas até então
rarefeitas. Em todos os casos, modifica-se o valor de cada pedaço do território e
aumenta a cooperação... Sístole e diástole ao mesmo tempo. Podemos falar em
dissolução da metrópole no território e de uma presença simultânea e instantânea em
todos os lugares. (Santos e Silveira, 2001, p. 141)
EIXOS DE MAIOR DENSIDADE DE URBANIDADES
O mapa mostra os principais eixos de urbanidades no Estado do Rio de Janeiro. A maioria
irradia-se a partir da Região Metropolitana. O primeiro toma a direção de Araruama, Cabo
Frio e Macaé – a Costa do Sol e Região das Baixadas litorâneas; o segundo dirige-se a
Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty – a Região da Costa Verde; o terceiro segue em
direção a Minas Gerais, seguindo a BR-040 e as antigas ligações, passando por Petrópolis e
Três Rios; outro eixo importante segue a Rodovia Rio-São Paulo em direção ao Médio-Vale
do Paraíba, passando por Piraí, Volta Redonda e alcançando Resende. O eixo que atravessa
a Região Serrana passa por Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Todos esses eixos
apresentam alta densidade de fluxos e fixos espaciais.
Este mapa é resultado de pesquisas de campo realizadas ao longo de vários anos no NEGEF (UERJ) e no
departamento de Geografia da PUC-Rio e contém alta dose de subjetividade. Os eixos de traçado contínuo
apresentam-se consolidados, enquanto os que aparecem tracejados mostram-se como possibilidades, onde os
processos de densificação se evidenciam mais tênues (sem consistência de “eixo”) ou ainda em formação.
MUNICÍPIOS
ÁREAS TURISTICAS
MARCA PRINCIPAL
MARCAS SECUNDÁRIAS
Niterói
Rio de Janeiro
Diversificado
Diversificado
Aperibé
Bom Jesus do Itabapoana
Cambuci
Caracterização turística dos municípios, segundo as atividades apresentadas
Cardoso Moreira
Italva
Itaocara
Itaperuna
Laje do Muriaé
Estância Hidromineral
Ecoturismo
Ecológico
Miracema
Natividade
Religioso
Porciúncula
Santo Antônio de Pádua
São Fidélis
São José de Ubá
Varre-Sai
Angra dos Reis
Mangaratiba
Aventura, Ecológico
Praia e Ecoturismo
Praia
Paraty
Ecológico
Histórico, Aventura, Ecológico
Carapebus
Campos dos Goytacazes
Histórico, Rural
Conceição de Macabu
Ecológico
Macaé
Praia e Rural
Praia
Histórico, Rural, Ecológico, Aventura
Quissamã
Histórico, Rural, Ecológico
São Francisco de Itabapoana
Ecológico
São João da Barra
Histórico, Rural
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards