Uma pintura camada a camada, pensamentos

Propaganda
Crítica no semanário De Groene Amsterdammer
Christiaan Weijts
https://www.groene.nl/artikel/de-ziel-der-dingen-europese-literatuurprijs.
Uma pintura camada a camada, pensamentos que emergem para logo desaparecer, recordações,
impressões, sonhos, farrapos de diálogos. Por vezes, repetições literais que, sendo temas
recorrentes, reforçam a musicalidade. Este ziguezaguear sem pontuação procura imitar a
ininterrupta corrente interior que é um misto de pensar, sentir, falar, sonhar e recordar.
Traduzir um livro destes requer uma mão extremamente segura, um ouvido musical e uma
sensibilidade especial para encontrar o ritmo certo. O tradutor Harrie Lemmens dispõe visivelmente
de todas essas qualidades, tendo sabido criar uma linguagem que traz à superfície uma camada de
energia singularmente íntima.
Surpreendentamente, esta linguagem não é, de modo algum complicada. Até mesmo a gramática,
embora algo caprichosa, não descamba em nenhum momento em poesia experimental conhecida
pelo seu carácter impenetrável. Contrariamente ao que se poderia pensar na primeira abordagem,
esta obra é justamente o oposto de impenetrável e confusa. É uma prosa certeira, esmerada, que,
através de detalhes concretos, penetra naquilo que Flaubert diz ser “a alma das coisas”.
(Tradução: Ana Carvalho)
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards