HUMANIZA-SUS “é resgatar o respeito à vida humana, levando

Propaganda
HUMANIZA-SUS
“é resgatar o respeito à vida humana, levando-se em conta as circunstâncias sociais, éticas,
educacionais e psíquicas, presentes em todo o relacionamento humano”.
(PNHAH, 2001)
HOSPITAL HUMANIZADO
 “é aquele que em sua estrutura física, tecnológica, humana e administrativa valoriza e
respeita a pessoa humana, colocando-se a serviço da mesma, garantindo-lhe um
atendimento de elevada qualidade”.
(Mezzomo, 2001)
Estes conceitos nos remetem
 Resgatar o respeito à vida humana essencial em todas as circunstâncias
 Respeito, valorização da pessoa humana e atendimento de qualidade papel do
Hospital Humanizado
O valor e dignidade da vida humana devem ser preservados
 Desde o seu início
Até a sua terminalidade
 Em todo o seu ciclo de vida o ser humano deve ser plenamente respeitado
HUMANIZAÇÃO NOS HOSPITAIS política administrativa e permanente centrada no
atendimento ao paciente.
 a dignidade o respeito;
 a integridade do ser humano em suas dimensões biopsicossociais e espirituais e em
todos os seus ciclos de vida.
 Família
 PACIENTE
Equipe
Comunidade
Fisicos
e Materiais
 PACIENTE como centro dos cuidados assistenciais;
 A atenção Humanizada na Assistência nas diferentes áreas de atuação
 cuidados e orientações durante o processo de tratamento e gestação;
 atenuar medo, ansiedade e insegurança;
 diminuir sensações de desamparo;
 esclarecer dúvidas e incertezas.
 propiciar um ambiente afetivo e acolhedor ao R.N.e família;
 permitir ao R.N.contato permanente a aconchegante com a mãe;
 fortalecer o vínculo afetivo entre os pais e a criança.
POLITICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
•
A Política de Humanização da Atenção e da Gestão (PNH) é uma iniciativa inovadora
no SUS.
•
Criada em 2003, a PNH tem por objetivo qualificar práticas de gestão e de atenção em
saúde.
•
Uma tarefa desafiadora, sem dúvida, uma vez que na perspectiva da humanização,
isso corresponde à produção de novas atitudes por parte:
•
Trabalhadores;
gestores e usuários;
•
Novas éticas no campo do trabalho, incluindo aí o campo da gestão e das práticas de
saúde, superando problemas e desafios do cotidiano do trabalho.
Especificidades da PNH
•
Qualificar práticas de gestão e de cuidado,
•
A problemática adjetivada como desumanização, conceito síntese que revela a
percepção da população e de trabalhadores da saúde frente a problemas como as
filas, a insensibilidade dos trabalhadores frente ao sofrimento das pessoas;
•
os tratamentos desrespeitosos,
•
o isolamento das pessoas de suas redes sócio-familiares nos procedimentos, consultas
e internações;
•
As práticas de gestão autoritária, as deficiências nas condições concretas de trabalho,
incluindo a degradação nos ambientes e das relações de trabalho;
•
derivam de condições precárias da organização de processos de trabalho, na
perspectiva da PNH.
•
Estes problemas são a expressão fenomênica - tomam expressão concreta e real - de
certos modos de se conceber e de ser organizar o trabalho em saúde.
•
fenômenos genericamente apontados como desumanização expressam mais que
falhas éticas individuais (de um ou outro trabalhador ou gestor);
•
correspondendo a fenômenos cuja origem não está no fato em si, que apenas revela e
expressa determinadas concepções de trabalho e de suas formas de organização.
“ humanizar na saúde”
•
As iniciativas não deveriam ser direcionadas para o enfrentamento de atitudes e
comportamentos individuais considerados inadequados;
•
As conseqüências provavelmente, seriam a produção de uma discursividade moral;
•
seria prescrição de um “modo certo de se fazer”.
•
Na perspectiva dos processos de formação isto redundaria em exercício de ação
pedagógica “transmissionista”, prescritiva;
•
com oferta de estratégias de capacitação e treinamento.
Estratégias pedagógicas
•
humanização – correlacionada à bondade, à benevolência, à hospitalidade –
•
e se apresentam como recurso para resolver a questão de “como fazer para que os
operadores da saúde ajam de modo certo”.
•
Para se ter este efeito – correspondência entre a ação e aquilo que se toma como “o”
certo - a ação educativa passa a se referir como capacitação.
“práticas de desumanização” e
“práticas desumanizadoras”
•
são expressões de formas precárias de organização do trabalho, pertinentes,
•
portanto, aos temas da gestão e das condições concretas de trabalho, a pauta da
humanização se desloca imediatamente para novas ofertas de formação.
Método da humanização
•
“modo de caminhar”, a PNH define a humanização como um modo de fazer inclusão,
como uma prática social ampliadora dos vínculos de solidariedade e coresponsabilidade,
•
uma prática que se estende seguindo o Método da Tríplice Inclusão.
•
Assim, a feitura da humanização se realiza pela inclusão, nos espaços da gestão, do
cuidado e da formação, de sujeitos e coletivos,
•
humanização é inclusão.
Para humanizar práticas de gestão
•
PNH propõe que se incluam os diferentes sujeitos que participam desde:
•
Singularidades,no planejamento,
•
Implementação e avaliação dos processos de produção de saúde;
•
Formação do trabalhador de saúde.
Para humanizar práticas de gestão
•
método – a inclusão - deve considerar, necessariamente, que não se separe a gestão
da clínica,
•
Promover processos de comunicação para além da hierarquia e do corporativismo, e
que se aposte que os sujeitos são capazes de produzirem deslocamentos;
•
desde seus interesses mais imediatos, construindo processos de negociação,
permitindo a criação de zonas de comunalidade e projetos comuns.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards