PREFEITURA MUNICIAPAL DE PELOTAS

Propaganda
As abelhas são insetos que vivem em sociedades. Elas são conhecidas há
mais de 40.000 anos, sendo que as abelhas pertencentes ao gênero Apis são
consideradas as principais polinizadoras, ajudando enormemente a agricultura,
produção de mel, geleia real, cera e própolis.
A abelha é um inseto laborioso e disciplinado que convive num sistema de
extraordinária organização. Cada colônia é constituída por uma única rainha, a
qual é personagem central e mais importante da sociedade. Seu tamanho é quase
duas vezes maior do que das operárias, e sua única função do ponto de vista
biológico é a postura de ovos e manter a ordem na colmeia usando feromônios que
só ela possui. Única fêmea com capacidade de reprodução, a rainha nasce de um
ovo fecundado e é criada numa célula
especial - diferente dos alvéolos hexagonais
que
formam
os
favos
-
uma
cápsula
denominada realeira, na qual é alimentada
pelas operárias com a geleia real, produto
riquíssimo
em
proteínas,
vitaminas
e
hormônios sexuais.
Importância Ecológica
As abelhas contribuem para a fecundação das flores, propiciando aumento
da produção de frutos e grãos, produzem o mel e a geleia real, importantes fontes
energética e nutritiva e produzem o própolis a partir de substâncias resinosas dos
brotos e cascas de vegetais, o qual atua como antibiótico natural.
CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES
Fone: (53) 3284 77 31
Rua: Lobo da Costa, 1764
[email protected]
Importância em Saúde Pública
A abelha é considerada um animal peçonhento por possuir um ferrão na
região posterior do corpo que serve para inocular a peçonha. Sua ferroada pode
causar reações alérgicas, cuja gravidade depende da sensibilidade do indivíduo,
local e número de picadas, sendo aconselhável procurar atendimento médico em
caso de acidente.
Medidas de Controle
Os
problemas
decorrentes
insetos geralmente são
destes
ocasionados pela
formação de colméias em locais próximos a
presença ou movimentação de pessoas. As
abelhas podem ferroar pessoas ou animais,
quando molestadas para defender o seu
abrigo.
Outro problema é a ocorrência de
enxame viajante de abelhas. Isso ocorre
quando uma parte das abelhas de uma
colmeia, em determinadas condições, pode
abandonar sua morada à procura de novo
abrigo e pousam em algum lugar, para
pernoitar ou descansar por algum tempo.
Geralmente estes insetos chegam voando e zumbindo. Gradativamente vão se
agrupando em torno da rainha, formando uma espécie de cacho ou bola de
insetos. Caso esse local não ofereça abrigo contra chuva, sol, vento ou outras
condições para a instalação da colmeia, elas irão embora à procura de outro
abrigo.
CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES
Fone: (53) 3284 77 31
Rua: Lobo da Costa, 1764
[email protected]
Cuidados que se deve tomar:
Tanto para os casos de abrigos, como para os casos de enxames viajantes,
devem ser tomados os seguintes cuidados:
 Não se aproximar do abrigo ou do enxame e evitar o trânsito de pessoas ou
animais no local, para que os insetos não se sintam ameaçados e ferroem.
 Não permitir que pessoas não habilitadas tentem resolver a situação
através de meios como fogo, jato de água, inseticidas, entre outros, porque
esses poderão se sentir ameaçados e a situação fugir do controle podendo
ocorrer ataques e acidentes por toda a vizinhança;

Não jogar nenhum produto sobre o enxame ou colmeia, como álcool,
querosene, água ou inseticida, porque neste caso elas podem se sentir
ameaçadas e ferroar;

Retirar do local ou das proximidades pessoas apavoradas, alérgicas à
ferroada de abelhas, crianças e animais;

Não bater, tocar ou fazer movimentos bruscos e ruidosos próximos à
colméia;

Em caso de reincidência de instalação da colméia no mesmo lugar, devemse tomar providências no sentido de eliminar esse abrigo, como por
exemplo, vedar frestas ou buracos por onde elas adentraram, remover
materiais inservíveis (caixotes, móveis, pneus) entre outros.

Caso haja pessoas ferroadas, procure a unidade de saúde mais próxima ou
outro serviço médico para atendimento adequado. Pessoas alérgicas, com
risco de choque anafilático, devem ser encaminhadas urgentemente ao
Hospital Pronto Socorro.

No caso de acidentes com animais de estimação, procure o médico
veterinário.
CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES
Fone: (53) 3284 77 31
Rua: Lobo da Costa, 1764
[email protected]
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards