Externalidades

Propaganda
Externalidades
externalidades, também chamadas economias (ou deseconomias)
externas, são efeitos positivos ou negativos - em termos de custos
ou de benefícios - gerados pelas atividades de produção ou
consumo exercidas por um agente econômico e que atingem os
demais agentes, sem que estes tenham oportunidade de impedi-los
ou a obrigação de pagá-los. Portanto, externalidades referem-se
ao impacto de uma decisão sobre aqueles que não participaram
dessa decisão.
A externalidade pode ser negativa, quando gera custos para os
demais agentes - a exemplo, de uma fábrica que polui o ar,
afectando a comunidade próxima. Pode ser positiva, quando os
demais agentes, involuntariamente, se beneficiam, a exemplo dos
investimentos governamentais em infra-estrutura e equipamentos
públicos.
Normalmente, cabe ao Estado criar ou estimular a instalação de
atividades que constituam externalidades positivas, e impedir ou
inibir a geração de externalidades negativas. Isto pode ser feito
através de instrumentos tais como taxação e sanções legais ou,
inversamente, renúncia fiscal e concessão de subsídios conforme
o caso.
Externalidade negativa e positiva
Uma localidade que durante anos foi vista como perigosa e um
local ruin para morar por apresentar altos indices de roubos e
trafico de drogas , com isso intala-se um batalhão de policia , o
local se torna seguro fazendo que os indices se extinguem , uma
mudança na visão do lugar ocasionando volorização e
comodidade para os moradores.
Outros exemplos negativos:
 Poluição atmosférica;
 Poluição das aguas ;
 Festas barulhentas na vizinhança;




Transito congestionado ;
Fumo de cigarro (fumantes passivos);
Subida nos preços de seguro devido ao consumo de alcool;
Vista obstruida;
Exemplos positivos:
 Uma propriedade visinha bem conservada , que faz subir o
valor de mercado da nossa;
 Um perfume agradavel de uma pessoa que vai sentada ao
nosso lado;
 Melhores habitos de condução, que reduzem o risco de
acidentes;
 Um processo cintifico ;
 Educação ;
 Vacinação ;
Macroeconomia
A Macroeconomia concentra-se no estudo do comportamento agregado de
uma economia, ou seja, das principais tendências (a partir de processos
microeconômicos) da economia no que concerne principalmente à
produção, à geração de renda, ao uso de recursos, ao comportamento dos
preços, e ao comércio exterior. Os objetivos da macroeconomia são
principalmente: o crescimento da produção e consumo, o pleno emprego, a
estabilidade de preços, o controle inflacionário e uma balança comercial
favorável.
Um conceito fundamental à macroeconomia é o de sistema econômico, ou
seja, uma organização que envolva recursos produtivos, A estrutura
macroeconômica se compõe de cinco mercados:
• Mercado de Bens e Serviços: Determina o nível de produção agregada
bem como o nível de preços.
• Mercado de Trabalho: Admite a existência de um tipo de mão-de-obra
independente de características, determinando a taxa de salários e o nível
de emprego.
• Mercado Monetário: Analisa a demanda da moeda e a oferta da mesma
pelo Banco Central que determina a taxa de juros.
• Mercado de Títulos: Analisa os agentes econômicos superavitários que
possuem um nível de gastos inferior a sua renda e dificitários que possuem
gastos superiores ao seu nível de renda.
• Mercado de Divisas: Depende das exportações e de entradas de capitais
financeiros determinada pelo volume de importações e saída de capital
financeiro.
Principais Conceitos:








balança de pagamentos
taxa de câmbio
banco central
inflação
moeda
poder de compra
política monetária
produto interno bruto
A Macroeconomia concentra-se no estudo do comportamento agregado de
uma economia, ou seja, das principais tendências (a partir de processos
microeconômicos) da economia no que concerne principalmente à
produção, à geração de renda, ao uso de recursos, ao comportamento dos
preços, e ao comércio exterior. Os objetivos da macroeconomia são
principalmente: o crescimento da produção e consumo, o pleno emprego, a
estabilidade de preços, o controle inflacionário e uma balança comercial
favorável.
Microeconomia
A Microeconomia é definida como um problema de alocação de recursos escassos em
relação a uma série possivel de fins. Os desdobramentos lógicos desse problema levam
ao estudo do comportamento econômico individual de consumidores, e firmas bem
como a distribuição da produção e rendimento entre eles. A Microeconomia é
considerada a base da moderna teoria econômica, estudando suas relações
fundamentais.
As famílias são consideradas fornecedores de trabalho e capital, e demandantes de bens
de consumo. As firmas são consideradas demandantes de trabalho e fatores de produção
e fornecedoras de produtos.
Os consumidores maximizam a utilidade a partir de um orçamento determinado. As
firmas maximizam lucro a partir de custos e receitas possíveis.
A microeconomia procura analisar o mercado e outros tipos de mecanismos que
estabelecem preços relativos entre os produtos e serviços, alocando de modos
alternativos os recursos dos quais dispõe determinados indivíduos organizados numa
sociedade.
A microeconomia preocupa-se em explicar como é gerado o preço dos produtos finais e
dos fatores de produção num equilíbrio, geralmente perfeitamente competitivo. Dividese em:

Teoria do Consumidor: Estuda as preferências do consumidor analisando o seu
comportamento, as suas escolhas, as restrições quanto a valores e a demanda de
mercado. A partir dessa teoria se determina a curva de demanda.

Teoria da Firma: Estuda a estrutura econômica de organizações cujo objetivo é
maximizar lucros. Organizações que para isso compram fatores de produção e
vendem o produto desses fatores de produção para os consumidores. Estuda
estruturas de mercado tanto competitivas quanto monopolisticas. A partir dessa
teoria se determina a curva de oferta.

Teoria da Produção: Estuda o processo de transformação de fatores adquiridos
pela empresa em produtos finais para a venda no mercado. Estuda as relações
entre as variações dos fatores de produção e suas conseqüência no produto final.
Determina as curvas de custo, que são utilizadas pelas firmas para determinar o
volume ótimo de oferta.
A Microeconomia explica também as práticas de mercado, sendo estas dividivas em:
Monopólio, Oligopólio, Concorrência Perfeita e Concorrência Monopolística.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards