plano ensino ortopedia 2011

Propaganda
PLANO DE ENSINO
1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO
Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
Curso: Fisioterapia
Professores: Raquel Amábile Schwengber [email protected]
Período/ Fase: 6º
Semestre: 2º
Ano: 2011
Disciplina: Fisioterapia Aplicada à Ortopedia Traumatologia, e Reumatologia
Carga Horária: 60 horas/aula
2. EMENTA
Bases da Ortopedia em Fisioterapia. Avaliação do paciente ortopédico e traumatológico.
Tratamento fisioterapêutico em ortopedia. Tratamento fisioterapêutico nas afecções
traumatológicas de membros e coluna vertebral. Fisioterapia preventiva das afecções
ortopédicas e traumatológicas.Terminologias. Doenças degenerativas. Lesões de nervos
periféricos. Fratura. Entorse. Luxação. Estudo e análise em pacientes com disfunções do
sistema osteoarticular. Tumores ósseos. Traumatologia e Ortopedia Preventiva em
alterações da coluna vertebral e membros. Conceitos e etiologia das amputações.
Amputações de Membros Inferiores e Membros Superiores. Procedimentos cirúrgicos.
Tratamento no Pré e Pós-operatório. Reabilitação do amputado. Doenças vasculares.
Aspectos Fisiopatológicos do Reumatismo Degenerativo, Reumatismo Inflamatório,
Reumatismo Não Articular e Metabólico. Recursos terapeuticos e preventivos nas afecções
reumatológicas. Terapêutica fisioterapeutica .
3. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA
Proporcionar ao acadêmico as aptidões e competências necessárias para realizar o
planejamento, bem como o tratamento em fisioterapia ortopédica e reumatológica a fim de
Estudar todos os aspectos da especialidade, tanto no aprendizado das patologias
específicas da área, como visando o aprofundamento das condutas fisioterapeuticas com
pacientes ortopédicos e reumatológicos, norteadas pelo conceito ampliado de saúde
doença e sob levando em conta ainda os aspectos sócio econômicos que influenciam no
processo do adoecer.
4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA
 Estimular o estudo das patologias Ortopédicas e Reumatológicas, procurando
realizar associações com a história de cada paciente, a partir do conceito ampliado
de saúde, levando em conta ainda, o contexto sócio econômico de cada indivíduo;

Aprofindar o conhecimento dos tratamentos fisioterapêuticos específicos para a
solução dos problemas de ortopédicos e reumatológiocas bem como de desordens
posturais;

Revisar conhecimentos teórico-práticos que possibilitem o a elaboração dos
1
tratamentos em ortopedia e reumatologia,m a finalidade de realizar a reabilitação
do sistema músculo-esquelético;

Desenvolver as técnicas específicas na
desenvolvimento teórico prático das mesmas
prática,
possibilitando
assim
o
5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES
 Anatomia I e II – esqueleto ósseo, sistema muscular;
 Cinesiologia – origem e funções de músculos, alavancas;
 Métodos e técnicas de Avaliação – Avaliação musculoesquelética;
 Eletroterapia – uso das correntes elétricas no tratamento ortopédico e
reumatológico;
 Cinesioterapia I e II – uso da terapia através do movimento para o alongamento,
fortalecimento, propriocepção entre outras no tratamentos das desordens
ortopédicas e reumatológicas.
6. HABILIDADES REQUERIDAS E COMPORTAMENTO ESPERADO

A capacidade de identificar e avaliar as patologias Ortopédicas e Reumatológicas
bem como as disfunções músculo esqueléticas e posturais. Definir e propor planos
de tratamento Ortopédicos a fim de solucionar a problemática existente. Criar
soluções com flexibilidade, adaptabilidade e com inovação; de selecionar
estratégias adequadas de ação visando a atender interesses interpessoais e
institucionais. Ser capaz de agir com flexibilidade perante a problemática do
paciente, levando em conta os aspectos sócios econômicos que influenciam o
processo de saúde doença, e ainda desenvolver uma visão de prevenção sobre os
processos patológicos estudados.
7. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1. Avaliação do Paciente Ortopédico
- Tratamento fisioterapêutico
- Rigidez Articular
1.2.1 Profilaxia
1.2.2 Causas mais freqüentes da aparição de rigidez articular
1.2.2.1 Edema
1.2.2.2 Aderências
1.2.2.3 Contraturas musculares
1.2.2.4 Lesões de nervos periféricos
1.2.2.5 Consolidação de fratura em posição incorreta
1.2.2.6 Isquemia muscular por lesão arterial
1.2.2.7 Artrose
1.2.2.8 Necrose avascular
1.2.2.9 Miosite ossificante
1.3 Tratamento especifico da fisioterapia para as patologias citadas
1.4 Conceitos:
1.4.1 Fraturas
1.4.2 Luxação
1.4.3 Subluxação
1.4.4Fratura-Luxação
1.4.5 Entorse
1.5 diagnóstico clinica das fraturas
1.6 classificação das fraturas
1.6.1 Quanto a Integridade da pele
2
1.6.2 Quanto a localização
1.6.3 Quanto ao traço de fratura
1.7 Fatores que influenciam na consolidação óssea
2 Tratamento Geral das Fraturas
2.1Indicação do tratamento conservador
2.2.1 Complicações do tratamento conservador
2.3 Indicação para o tratamento cirúrgico
2.3.1 Complicações do tratametno cirúrgico
2.4 Técnicas Cirúrgicas
2.4.1 Osteotomia
2.4.2 Artrodese
2.4.3 Artroplastia
2.4.5 Osteossíntese
3 Reabilitação das fraturas
3.1 Objetivos gerais da reabilitação nas fraturas
3.2 Exercícios que podem ser usados nas fases de reabilitação
3.3 Outros recursos usados pela fisioterapia
3.3.1 Calor superficial
3.3.2 Crioterapia
3.3.3 Laser
3.3.4 Ultra som
3.3.5 EENM – estimulação elétrica neuromuscular
3.3.6 TENS – estimulação elétrica neuromuscular transcutânea
4. Estudo Ortopédico do Ombro
4.1 Anatomia do Ombro
4.1.2 Articulações, músculos; tendões; ligamentos; cápsula articular; busas etc
4.2 Biomecânica do ombro
5. Patologias do complexo do ombro
5.1 Fraturas
5.1.1 Fraturas da escápula
5.1.2 Fraturas da Clavícula
5.1.3 Fraturas do úmero
5.2 Luxações
5.2.1 Luxação da glenoumeral
5.2.1.1 Luxação anterior
5.2.1.1 Luxação posterior
5.2.2 Luxação esternoclavicular
5.2.1.1 Luxação anterior
5.2.1.1 Luxação posterior
5.3 Tratamento fisioterapeutico das luxações
5.3.1 Objetivos dos tratamentos
5.3.2 práticas dos tratamentos
5.4 Síndrome do impacto (Descrição da patologia)
5.4.1 Tendinite
5.4.2 Bursite
5.4.3 Capsulite adesiva
5.5 Testes ortopédicos para o complexo do ombro
6. Estudo Ortopédico Cotovelo
6.1 Anatomia do Cotovelo
6.1.2 Articulações, músculos; tendões; ligamentos; cápsula articular; busas etc
3
6.2 Biomecânica do ombro
7. Patologias do Cotovelo
7.1 Fraturas
7.2 Luxações
7.3 Tratamento fisioterapeutico das fraturas e luxações luxações
7.3.1 Objetivos dos tratamentos
7.3.2 práticas dos tratamentos
7.4 Epicondilite (Descrição da patologia)
5.4.1 cotovelo de tenista
5.4.2 Cotovelo de golfista
5.4.3 Bursite
5.4.4 Tendinite Tricipital
7.5 Tratamentos fisioteraeuticos para as patoogias do ombro, teoria e prática
7.6 Testes ortopédicos para o cotovelo
8. Estudo Ortopédico do Punho e Mão
8.1 Anatomia do punho e mão
8.2 Inervação
8.3 Fraturas e luxações
8.3.1 Fratura de Monteggia; Galeazzi; Colles; e smith etc...
8.4 Tratamento conservador e cirúrgico das fraturas
8.5 Reabilitação das fraturas do punho e mão
8.6 síndromes compressivas
8.6.1 Síndrome do túnel do carpo
8.6.2 Síndrome do pronador redondo
8.6.3 Síndrome do supinador
8.6.4 Síndrome do túnel cubital
8.6.5 Síndrome do canal de Guyon
8.6.6 Dedo em gatilho
8.6.7 Contratura de Dupuytren
8.6.8 Doença de Quervain
8.6.9 cisto sinovial e tumores
8.7 Ler e Dort
8.8 Reabilitação das síndromes compressivas do punho e mão
8.9 Testes ortopédicos do punho e da mão
9. Estudo Ortopédico da Coluna Vertebral
9.1 Anatomia da coluna vertebral
9.2 Biomecânica da coluna vertebral
9.3 Patologias da coluna vertebral
9.3.1 Escoliose
9.3.1.1 Escolioses funcionais e estruturais
9.3.1.2 Classificação por graus da escoliose
9.3.1.3 Classificação quanto a sua forma
9.3.1.4 Método de medição da escoliose
9.3.1.5 Tratamentos – conservador e cirurgico
9.3.1.6 Tratamento fisioterapeutico – teórico/prático
9.3.2 Cifose
9.3.3 dor lombar
9.3.4 Estenose espinhal
9.3.5 Espinha bífida
9.3.6 Hérnia de disco
9.6.7 Espondilólise
9.6.8 Espondilostese
4
9.6.9 Ciatalgia
9.10 Tratamentos cirúrgicos para essa patologias
9.11 Reabilitação da coluna
9.12 Testes Ortopédicos para a coluna vertebral
10 Estudo Ortopédico da Pelve
10.1 Anatomia da pelve
10.2 Biomecânica da pélve
10.3 Patologias da pelve
10.3.1 Fraturas e luxações
10.3.2 Artroplastia do quadril
10.3.4 Bursite trocantérica
10.3.5 Lesão de labrum; artrose e osteoporose
10.4 Tratamentos conservadores e cirúrgicos
10.5 Reabilitação do quadril
10.6 Testes ortopédicos do quadril
11 Estudo Ortopédico do Joelho
11.1 Anatomia do joelho
11.2 Biomecânica do joelho
11.3 Patologias do joelho
11.3.1 Fraturas e luxações e entorses
11.3.2 Lesões do LCA ; LCP; LCM e LCL
11.3.4 Lesões de menisco
11.3.5 Lesões da patela
11.4 Tratamentos conservadores e cirúrgicos
1.4.1 Artroscopia do joelho
1.4.2 Outos tratamentos cirúrgicos do joelho
11.5 Reabilitação do Joelho
11.6 Testes ortopédicos do joelho
12 Estudo Ortopédico do Tornozelo e Pé
12.1 Anatomia do Tornozelo e Pé
12.2 Biomecânica do Tornozelo e Pé
12.3 Patologias do Tornozelo e Pé
12.3.1 Fraturas e luxações e entorses do tornozelo e pé
12.3.2 Lesões tendíneas do tornozelo
12.3.4 Fascite plantar
12.3.5 Esporão de calcâneo
12.3.6 Bursites
12.4 Tratamentos conservadores e cirúrgicos
12.5 Reabilitação do Tornozelo e Pé
12.6 Testes ortopédicos do tornozelo e pé
13. Conceitos e etiologia das amputações.
13.1 Amputações de Membros Inferiores e Membros Superiores.
13.2 Procedimentos cirúrgicos.
13.3 Tratamento no Pré e Pós-operatório.
13.4 Reabilitação do amputado.
14. Doenças vasculares.
15. Aspectos Fisiopatológicos do Reumatismo Degenerativo,
15.1 Reumatismo Inflamatório,
5
15.2 Reumatismo Não Articular e Metabólico.
15.3 Recursos terapeuticos e preventivos nas afecções reumatológicas
15.4 Terapêutica fisioterapeutica .
8. ESTRATÉGIAS DE ENSINO
A exposição do conteúdo ocorrerá por meio de atividades que facilitem e estimulem a
aprendizagem. Buscar-se-á interação constante com os alunos. Atividades propostas:





Aulas expositivas;
Aulas práticas na clínica escola;
Pesquisas bibliográficas com apresentação de trabalhos
Trabalhos em grupo
Filmes/Vídeos técnicos.
9. SISTEMA DE AVALIAÇÃO
 A verificação do rendimento pessoal compreenderá para fins de aprovação o
disposto na Resolução CONSUN Nº 13, que prevê especificamente em seu art. 6º, que
o aluno que obtiver na disciplina média igual ou superior a seis durante o período letivo
e assiduidade não inferior a 75% será considerado aprovado.
 No decorrer do semestre, os alunos terão três momentos para que os
conhecimentos adquiridos possam ser analisados (M1, M2 e M3). Esta análise de
aprendizagem será feita em grupo e de forma individual, com pesos diferenciados,
conforme especificação a seguir:
 Assim a verificação se dará da seguinte forma: a constatação de pelo menos 75%
de freqüência nas atividades em sala de aula e no aproveitamento de três médias
parciais (M1, M2 e M3), conforme dispõe a referida Resolução, nos seguintes termos:
1ª Média – M1:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta, com uma questão bônus
de conhecimentos gerais, valendo 0,5 ponto = Peso 7,5 (75%)
- Trabalhos em grupo = Peso 1,5 (15%)
- Nota de participação, freqüência e produção em sala = Peso 1,0 (10%)
2ª Média – M2:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta = Peso 8,0 (80%)
- Trabalhos em grupo = Peso 1,0 (10%)
- Nota de participação, freqüência e produção em sala = Peso 1,0 (10%)
3ª Média – M3:
- Prova de conhecimento parcial, individual, sem consulta = Peso 70,0 (70%)
(contemplando todo o conteúdo ministrado no semestre).
- Trabalhos em grupo = Peso 3,0 (30%)
Observações Importantes:
 As análises de aprendizagem individuais (provas) serão escritas, constituídas de pelo
menos 50% de questões discursivas, e aplicadas em data previamente marcada;
6
 O aluno que se ausentar no dia da realização da prova só terá direito à prova
substitutiva mediante processo administrativo devidamente protocolado e autorizado
pela Secretaria do Aluno, limitando-se a apenas 01 (uma) prova substitutiva no
semestre;
 Os trabalhos devem ser entregues em sala de aula, em documento impresso;
 Não serão recebidos trabalhos entregues fora do prazo;
 Receberão nota 0 (zero) os trabalhos que apresentarem sinais de cópias de outros
trabalhos, contiverem evidências de material literalmente copiado ou traduzido de livros
ou Internet;
 Sobre os trabalhos escritos: a avaliação tem como critérios de análise:
1. Qualidade das idéias: fundamento das idéias, correlação de conceitos e
inferências, riqueza na argumentação, profundidade dos pontos de vista;
2. Uso de convenções: normas técnicas, gramaticais e de digitação. Serão
descontados os erros gramaticais das avaliações e trabalhos entregues. O aluno terá
direito a reaver os pontos perdidos desde que apresente a avaliação ou trabalho
corrigido na aula posterior à entrega do mesmo.
3. Sempre, criatividade. Sobre as apresentações: A apresentação oral é avaliada
individualmente e será observado o domínio do aluno sobre o assunto bem como sua
capacidade de fazer correlações, além de se valorizar formas criativas de exposição do
conteúdo. Caso haja interesse, será fornecido feedback particular quanto à postura e
apresentação do(a) acadêmico(a).
 Sobre a originalidade: Os trabalhos e provas que apresentarem qualquer sinal de
cópia serão desconsiderados e receberão nota zero e não têm direito à recuperação.
10. BIBLIOGRAFIA
10.1 BIBLIOGRAFIA BÁSICA
TERRY R. ,Fisioterapia em ortopedia e medicina no esporte 3.ed. , ,Santos Livraria Editora
Malone ,3.ed. ,2002
DUTTON , MARK ,Fisioterapia Ortopédica ,Exame, Avaliação e Intervenção ,artemed , ,
,2007
CIPRIANO , JOSEPH J. ,Manual Fotográficos de Testes Ortopédicos e Neurológicos ,
,Manole , ,4ª ed. ,2005 2
10.2 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
MACNICOL , MALCOLM F. ,O Joelho com Problema , ,Manole , , ,2002
CANALE, S. TERRY ,Cirurgia ortopédica de Campbell , ,Manole ,volume dois ,v.2 ,2006
CASONATO, OSCAR ,Reabilitação integrada das patologias do tornozelo e do pé ,
Guanabara ,2005
CARVALHO, JOSÉ ANDRÉ ,Amputações de mebros inferiores 2.ed. ,em busca da plena
reabilitação ,Editora Manole , ,2.ed. ,2003
KENDALL, F.P. Músculos Provas e Funções. São Paulo: Manole, 1986.
7
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards