Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Estado do Paraná

Propaganda
Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu
Estado do Paraná
Secretaria de Saúde
INFORME TÉCNICO
FEBRE AMARELA / 2008
Em virtude da ocorrência de epizootias (epidemia animal) e casos confirmados de Febre Amarela
Silvestre no Brasil, a Vigilância Epidemiológica Municipal alerta para a necessidade de notificação
imediata (fax/fone) de casos atendidos e/ou internados de pacientes com quadro compatível com Febre
Amarela, especialmente os provenientes de áreas com registro de epizootias, conforme o que
determina a Portaria MS/SVS nº 05/2006. Lembrando que, segundo o “Guia de Vigilância
Epidemiológica” (MS, 2006), a definição de caso suspeito é: “Indivíduo com quadro febril agudo (até
07 dias), de início súbito, com icterícia, residente ou procedente de área de risco para Febre Amarela
ou de locais com ocorrência de epizootias em primatas não humanos ou isolamento de vírus em
mosquitos, nos últimos 15 dias, sem comprovante de vacinação contra Febre Amarela (solicitar
apresentação do Cartão de Vacinas)”. As formas graves de Febre Amarela, com quadro clínico
clássico ou fulminante, devem ser diferenciadas de Malária por Plasmodium Falciparum,
Leptospirose, Hepatite e ainda, febres hemorrágicas de etiologia viral, como Dengue Hemorrágica e
Septicemias.
Para realização de diagnóstico laboratorial pelo Laboratório Central do Estado (LACEN) é necessário
o encaminhamento das amostras para a Vigilância Epidemiológica Municipal com a devida
notificação.
Aproveitamos a oportunidade para salientar que as vacinas encontram-se disponíveis em todas as
Unidades de Saúde. Porem, a prioridade é para pessoas que irão deslocar-se para áreas de risco,
incluindo os praticantes de eco-turismo e trabalhadores que adentram as matas, lembrando que a
vacina deve ser aplicada com 10 dias de antecedência à viagem.
Comunicamos, ainda, que no Município de Foz do Iguaçu não há registro da doença, portanto a
notificação do suspeito deve ser criteriosa para evitar transtornos desnecessários.
Para maiores informações, entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica, na Av. Paraná, nº
1525, Jd. Pólo Centro ou pelos telefones 3521-1801 e 3521-1819.
Equipe Técnica da Divisão de Vigilância Epidemiológica
do Município de Foz do Iguaçu
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards