Sistema Tampão Homeostase

Propaganda
Sistema Tampão
Homeostase
Prof. Priscilla Russo
Biotecnologia
Sistema Tampão
• Soluções que possuem capacidade
de resistir a variações de pH, mesmo
com adição de ácidos ou de bases
• São constituídas por sistemas de
doadores e receptores de prótons,
dissolvidos no mesmo solvente.
• As variações de pH normalmente não
ocorrem em organismos sadios, porque
seus fluídos internos são bem
tamponados.
• Grandes variações na alimentação ou
mesmo em alguma doença, embora
produzam mudanças internas
consideráveis no corpo, afetam pouco o
pH do sangue.
Homeostase = equilíbrio do organismo
• Os seres vivos utilizam oxigênio do ar
atmosférico para oxidar metabólitos,
gerando água, gás carbônico e obter energia
necessária para o funcionamento dos vários
processos vitais.
• O gás carbônico, CO2, hidrata-se
espontaneamente no sangue e forma ácido
carbônico, H2CO3 , que é um doador
potencial de prótons.
pH sanguíneo
• Situado na faixa de 7,35 a 7,45
• O equilíbrio ácido-base é controlado
com precisão pois um pequeno desvio da
faixa normal pode afetar gravemente
muitos órgãos
• O organismo utiliza mecanismos para
controlar esse equilíbrio do sangue
Sistema HCO-3\H2CO3
• Este sistema constitui a primeira linha de
defesa para evitar grandes modificações do
estado de equilíbrio ácido- base
• O pH do sangue pode ser determinado com
precisão, através da concentração
hidrogeniônica em função das variações do
bicarbonato do sangue, e portanto indicando
as alterações do equilíbrio ácido-base.
H2O + CO2 ↔ H2CO3
• durante a passagem do sangue pelos
capilares dos tecidos ou pulmões, o
tampão HCO-3\H2CO3 sofre alterações
dinâmicas para a neutralização e
eliminação do H2CO3
• Os chamados centros respiratórios, que
controlam os movimentos dos músculos
torácicos, são regulados pela
concentração de CO2 no sangue, fazendo
com que a velocidade de eliminação
deste gás pelos pulmões, mantenha o
tampão HCO-3\H2CO3 nas concentrações
mais convenientes para garantir a
homeostase.
• À medida que mais ácido ingressa na
corrente sanguínea, mais bicarbonato é
produzido.
• À medida que mais base entra na
corrente sanguínea, mais dióxido de
carbono é produzido.
• Em ambos os casos, o efeito sobre o pH
é minimizado.
• Alem disso, o excesso de ácido é
excretado pelos rins, principalmente
sob a forma de amônia
• Os rins possuem uma certa capacidade
de alterar a quantidade de ácido ou de
base que é excretada (processo
demorado)
Faixa do pH normal do sangue e as
suas principais alterações
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Criar flashcards