Fisiologia vegetal

Propaganda
Angiospermas
Angiospermas
• Origem grega que significa semente
escondida
• Principal Característica: possuem óvulos e
grãos de pólen encerrados em folhas
modificadas inteiramente fechadas sobre
eles.
• Apresentam heterosporia
• maior grau de complexidade
• maior diversidade de formas e grande
distribuição geográfica.
Sucesso das angiospermas
• Várias adaptações para resistir à seca
• Evolução de mecanismos especializados
para polinização ( flores) e dispersão de
sementes.
Stapelia schinzii, polinizadas por moscas
que se alimentam de matéria orgânica
Digitalis purpurea apresentam “guias de néctar” como sinais
indicadores para insetos voadores.Essa pétala funciona como plataforma de pouso.
Frutos de Harpagophytum são equipados
com ganchos para seprender a pelos e patas de
alguns animais.
Ophrys speculum atrai zangões que são
Enganados pela semelhança da flor
com abelhas fêmeas.
Introduzindo a sua cabeça dentro da corola da flor o morcego pode coletar néctar com
sua língua. Um pouco de pólen aderido à face e ao pescoço poderá ser
transferido para as próximas flores visitadas.
Betula papyrifera é uma espécie de clima temperado que possui
suas flores polinizadas pelo vento.
Rafflesia arnoldii, a maior flor do mundo, ocorre no Monte Sago, na Sumatra
Polinizadores e
Dispersores
Frutos
• Os frutos derivam-se do ovário das flores
• Os frutos mantêm-se fechados sobre as
sementes até, pelo menos, o momento da
maturação.
• A função primordial dos frutos é a
proteção da semente em desenvolvimento
Polinização das flores
•
•
•
•
Polinização pelo vento- Anemofilia
Polinização pela água- Hidrofilia
Polinização pelos insetos- Entomofilia
Polinização pelas aves- Ornitofilia
Dispersão das sementes
•
•
•
•
Dispersão pelo vento- Anemocoria
Dispersão pela água- Hidrocoria
Polinização pelos insetos- Entomocoria
Polinização pelas aves- Ornitocoria
Fisiologia vegetal
• A fisiologia vegetal estuda os fenômenos
vitais necessários à sobrevivência das
plantas. Estes fenômenos podem referirse ao metabolismo vegetal; ao
desenvolvimento vegetal; ao movimento
vegetal ou a reprodução vegetal.
Célula Vegetal
Raiz, caule e folha são os órgãos
vegetativos de uma planta
Revestimento e proteção
• As células meristemáticas se dividem
continuamente.
• Os tecidos adultos são geralmente
incapazes de se dividir e especializam-se
em várias funções.
Podem ser:
• De revestimento e proteção
 Epiderme
 Súber (quando adulta)
• De preenchimento
 Parênquima
• De sustentação
 Colênquima
 Esclerênquima
• De condução
Xilema
Floema
Tecidos de revestimento e proteção
• Tecidos que revestem e protegem as
diferentes estruturas vegetais, impedindo
a perda de água.
Epiderme
• Protege as partes mais jovens da planta.
• É formado por células vivas aclorofiladas
dispostas, geralmente em uma só
camada.
• Nas partes aéreas das plantas, as células
epidérmicas apresentam uma cutícula
• A cutícula é um composto secretado pela
epiderme e se mostra relativamente
impermeável à água
Epiderme
•
•
•
-
É monoestratificada
É aclorofilada
É viva
Função:
Restringir as perdas de água
Proteção mecânica
Trocas gasosas
Cutícula
• As células epidérmicas secretam uma
película de revestimento denominado
cutícula.
• O principal componente é a cutina
Pelo fato de estar em contato direto com o
ambiente, a epiderme pode sofrer
algumas modificações em sua estrutura,
dando origem assim a alguns anexos
como pêlos, acúleos, papilas e estômatos.
Pêlos ou tricomas
• Pêlos ou Tricomas: Funções - absorção (
nas raízes) e proteção ( urtiga)
• alguns pelos se adaptam para produzir
perfumes (atração), substâncias urticantes
(defesa) ou atraem e digerem insetos
Papilas
• São formações epidérmicas onduladas que
conferem o aspecto aveludado característico de
algumas pétalas.
Acúleos
• Estruturas pluricelulares, resistentes e
pontiagudas. Atuam na defesa.São
confundidas com espinhos mas diferem
destes por apresentar origem externa.Os
espinhos são folhas ou caule modificados.
Estômatos
• São estruturas localizadas entre as
células epidérmicas.São compostas por
duas células estomáticas ou guardas
(clorofiladas) que delimitam um espaço
denominado ostíolo.
Tecidos de Preenchimento
• Parênquima são tecidos que atuam no
preenchimento e desempenham
diferentes funções no corpo da planta.
• Os tecidos parenquimáticos são
constituídos por células vivas,
isodiamétricas e dotadas de relativa
capacidade de divisão.
• Como são tecidos diversificados, podem
desempenhar diferentes funções:
• Parênquima Clorofiliano
• Parênquima Aqüífero
• Parênquima Aerífero
• Parênquima de Reserva
Parênquima Clorofiliano
• Suas células apresentam grande
quantidade de cloroplastos onde é
realizado o processo de fotossíntese.
Parênquima Aquífero
• Pode ser encontrado em xerófitas (Plantas
de clima seco).Suas células apresentam
vacúolos onde se acumula grande
quantidade de água.
Parênquima Aerífero
• Também denominado de aerênquima.
• Em suas células há grande quantidade de
espaços vazios onde ocorre o acúmulo de ar.
Parênquima de reserva
• Tecido de armazenamento de nutrientes.
Pode ser encontrado em órgãos vegetais
como raízes (mandioca, batata doce),
caules subterrâneos (batata).
• Podem armazenar amido, sais, proteínas
e lipídios.
Tecidos de condução
• Os tecidos vasculares são responsáveis pelo
transporte de nutrientes através da planta, são
dois:
• Xilema: transporta água e sais minerais (seiva
bruta) da raiz para serem processados.
• Floema: transporta produtos (seiva elaborada)
da fotossíntese para o resto da planta.
Epífitas
• Epífitas são plantas que vivem sobre outras
plantas.
• O epifitismo é algo comum nas florestas
tropicais, onde existe a competição por luz e
espaço.
• Desta forma, certas espécies que conseguiam
germinar sobre a casca das árvores, acima do
nível do solo, foram selecionadas.
Epífitas
• As epífitas jamais buscam alimento nos
organismos hospedeiros
As raízes das orquídeas
são adaptadas para
absorver água com
grande eficiência a partir
de uma estrutura
esponjosa chamada
velame
Epífitas
• Bromélias
As bromélias apresentam
folhas longas e dispostas em
uma roseta formando um tanque que
armazena a água da chuva.
• Na superfície das folhas existem
estruturas especializadas na absorção da
água e sais minerais.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards