Ana Rúbia Torres de Carvalho, MP/PE

Propaganda
CASOS DE FALTA EXTREMA DE ÁGUA
SUMÁRIO
1. O Bioma Caatinga
2. A Convivência com a Semiaridez
3. As Alternativas Locais
4. Um Novo Modelo de Produção
5. Conclusão
CAATINGA
É o único bioma exclusivamente
brasileiro, o mais frágil deles e o menos
estudado. Ainda assim possui 932
espécies vegetais, sendo que 318
endêmicas. E em torno de 1500 espécies
de animais. É a região semiárida mais rica
em biodiversidade do planeta.
CAATINGA
- Área de 844.453 quilômetros
quadrados
- Equivalente a 11% do território
nacional
- Engloba os 9 estados do NE e o
norte de Minas Gerais
- População de 27 milhões de
pessoas
– Indústria da Seca
– DNOCS
– A Convivência com a semiaridez
– Alternativas:
Conceito Base Zero
Sistema de barramentos sucessivos
nos leitos dos rios intermitentes da
microbacia hidrográfica
2.000ha, 96% de área preservada, 4% explorado e
alocando aproximadamente 50 famílias rurais em
comunidades agrossilvopastoris
Importância da fruticultura irrigada para o Polo
Petrolina/Juazeiro
- A fruticultura irrigada do vale, no ano de
2014, exportou cerca de 113 mil toneladas
de manga com uma receita aproximada de
133 mi de dólares, a uva exportou 28 mil
toneladas com uma receita aproximada de
67 mi de dólares, totalizando 200 mi de
dólares apenas essas frutas;
- Contribui para exportação com quase
100% das uvas finas de mesa e 85% de
manga produzidos no país;
Polo Gesseiro do Araripe
-Produz 97% do gesso usado na
construção civil
- Possui 42 minas de gipsita, 147
indústrias de calcinação e cerca de 750
indústrias de pré-moldados, que geram um
faturamento anual na ordem de R$ 1,4
bilhão por ano, segunda dados do
Sindugesso, 2014
UM NOVO MODELO PRODUTIVO
ECONOMIA CIRCULAR
PRINCÍPIOS DA ECONOMIA
CIRCULAR
Materiais = Nutrientes
(Tudo é alimento)
Energias renováveis
Celebrar a diversidade
(Justiça Social)
Política Nacional de Resíduos Sólidos
LEI Nº 12.305, DE 2 DE AGOSTO DE 2010.
Art. 7º São objetivos da Política Nacional de Resíduos
Sólidos:
I - proteção da saúde pública e da qualidade ambiental;
NÃO GERAÇÃO, redução, reutilização, reciclagem e tratamento dos
II–
resíduos sólidos, bem como
Disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos;
III- ESTÍMULO à adoção de padrões sustentáveis de produção e consumo de
bens e serviços;
IV – ADOÇÃO, DESENVOLVIMENTO E APRIMORAMENTO de tecnologias
limpas como forma de minimizar
impactos ambientais;
SEMINÁRIO ALÉM DA
SUSTENTABILIDADE
MPPE TAC com o Sindugesso
PGRS integrado e coletivo do APL do
Gesso
Conclusões
– A Seca é uma questão natural, a MISÉRIA é que
resulta da FALTA DE POLÍTICAS PÚBLICAS
ADEQUADAS adequadas ao Semiárido
– HÁ de se implementar uma nova forma de produção:
– A ECONOMIA CIRCULAR, inovação com inclusão
– A legislação ambiental não apenas ampara, como
incentiva a transição do modelo linear para o circular
SONHO:
a economicamente próspero, ambientalmente rico e
MUITO GRATA!
Contatos:
E-mail: [email protected]
Fone: (81) 98878-5683
(87) 3866-6387
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards