PERIÓDICO - Recortes do Morhan - eduardocarneiro.ac

Propaganda
Visualização do documento
PERIÓDICO.doc
(26 KB) Baixar
PERIÓDICO:
DATA: Ano – 7 de março de 1982. Nº
LOCAL: Rio Branco
Pág.:
Col.:
HANSENIANOS CRIAM SEU DIA
Nos dias 11 e 12 de junho de 1981 – Ano Internacional do Deficiente Físico foi realizado na cidade
de Bauru (São Paulo), o 1º Encontro Nacional de Hansenianos e outras Pessoas Deficientes. Neste
Encontro, estava também presente Francisco Augusto V. Nunes, o Bacurau, egresso da Colônia
Souza Araújo e muito conhecido entre as comunidades de Base da Prelazia do Acre e Purus pelos
seu cantos e um livro publicado pela Editora Vozes, intitulado “A margem da vida”.
Neste encontro, foram lançadas as primeiras idéias que deram origem ao Movimento de
Reintegração do Hanseniano (Morhan), que se espalhou rapidamente pelo Brasil e, atualmente, já
possui Núcleos em São Luís (Maranhão), Manaus (Amazonas), Belém (Pará), Anápolis e Goiânia
(Goiás), Recife (Pernambuco), Caxias, Nova Iguaçu, Itaboraí e Petrópolis (Rio de Janeiro), Bauru,
Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema, Guarulhos (São Paulo) e em fase de
organização em outros estados.
Depois de ter difundido as idéias do Movimento pelo Brasil afora, Bacurau voltou ao Acre, onde
também pretende organizar núcleos do Movimento que ajudou a criar em outrtos lugares.
A REALIDADE
Na raiz do Movimento de Reintegração dos Hansenianos está a dura realidade dos que foram
afetados pela doença. No primeiro Encontro Nacional dos Hansenianos e Outras Pessoas
Deficientes, realizado em Bauru, esta realidade foi resumida em vários itens:
Considerando que a transmissão da Hanseníase provocada pelo Bacilo de hansen está
intimamente relacionada com as condições precárias de vida e higiene;
Considerando as deficiências nos programas sociais de educação sanitária sobre a
Hanseníase para a população em geral, deficiências estas que não favorecem a descoberta
e tratamento da doença no começo;
Considerando o fato de que muitas incapacidades apresentadas pelo hanseniano podem
ser evitadas e que a grande maioria dos pacientes de Hanseníase não tem acesso a
informações sobre métodos simples para prevenção de tais incapacidades;
Considerando as deficiências nos sistemas de tratamento para os problemas médicos do
hanseniano;
Considerando o fato de que muitas incapacidades apresentadas pelo hanseniano podem
ser corrigidas, porém, o acesso a centros de reabilitação médica é muito limitado para o
paciente;
Considerando as idéias errôneas com respeito à doença causada pela falta de informação
científica, sistema antiquado de tratamentos segregados e má interpretação histórica;
-
Considerando que estas idéias errôneas têm gerado uma política de degregação, que impede
o acesso do paciente a programas e instituições médicas e sócio-econômicas para a
população em geral e dificulta o recrutamento e treinamento de profissionais para
trabalharem neste campo;
- Considerando que as atitudes paternalistas para o paciente de hanseníase não só contribuiu
para diminuí-lo como pessoa como também para acomoda-lo, retardando a luta pelo
cumprimento de seus direitos;
Considerando a necessidade de participação plena do paciente de Hanseníase na
formulação de uma política de integração, esta muitas vezes negada;
RESOLUÇÕES
Conscientes dessa realidade, os participantes do 1º Encontro Nacional de Hansenianos, traçaram
um vasto programa de trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Movimento de Reintegração,
através de seus Núcleos. Entre essas metas, destacam-se:
Convidar hansenianos e outras pessoas deficientes, assim como demais pessoas
interessadas a juntar esforços para promover programas adequados de prevenção,
tratamento, reabilitação, informação, conscientização;
- Oficializar a criação do Movimento de Reintegração do hanseniano (Morhan);
Promover a formação de Núcleos do Morhan onde for necessário, como meio de lutar
pelos objetivos de melhor atendimento e integração;
Integrar esse movimento esse movimento pelos direitos e interesses do hanseniano com
outros movimentos locais, regionais e nacionais em prol do deficiente em geral.
PERIÓDICO:
DATA: Ano – 29 de janeiro de 1985. Nº
LOCAL: Rio Branco
Pág.:
Col.:
DIA INTERNACIONAL DO HANSENIANO
HANSENIANOS QUEREM SEU DIREITO AO TRABALHO
Por ocasião do Dia Internacional do Hanseniano, domingo, dia 27, e Movimento de Reintegração
do Hanseniano – MORHAN promoveu uma programação constando de uma missa na Catedral,
celebrada por dom Moacir e uma passeata pelo Centro da Cidade, da qual participaram cerca de
80 pessoas. Durante a passeata vários hansenianos relataram suas lutas para sobreviverem como
pessoas iguais a todas as outras.
Um ex-hanseniano contou que foi despedido da forma onde trabalhava sem a menor justificativa,
a não ser a do preconceito social. Outros demonstraram sua vontade de trabalhar e levarem um
vida normal como de fato é necessário, pois não são incapazes nem diferentes de ninguém.
O médico Carlos Kawaharo, integrante do MORHAN, disse que o preconceito atrapalhou o
controle médico, prejudicando ainda mais a pessoa doente. Ressaltou que não sobe o porquê da
discriminação que a sociedade aplica ao hanseniano.
Destacou a importância da participação tanto do hanseniano como de todas as pessoas de bom
senso para eliminação do preconceito na verdade é uma doença bem mais contagiosa e perigosa
que a hanseníase. “Esta tem controle e cura com a medicina, já o preconceito requer muita luta e
disposição de todos para o aperfeiçoamento da sociedade que sofre a “lepra” da discriminação”.
Para o médico, a hanseníase é hoje uma doença comum. Antes o médico era o grande juiz que
determinava se a pessoa seria ou não isolada num internato. Agora, sabe-se perfeitamente que a
transmissão esbarra a partir de um tratamento sistemático, sem a necessidade de encerrar o doente.
Pela tarde o MORHAN fez uma campanha de conscientização, vendendo e doando livretos
esclarecedores sobre a doença, ao mesmo tempo que exibia cartazes como: “A ignorância é a fonte
do preconceito. Preconceituoso, te manca!; hanseníase tem cura!; Esmola não! O hanseniano quer
de fato seu direito ao trabalho”.
Arquivo da conta:
eduardocarneiro.ac
Outros arquivos desta pasta:

PERIÓDICO.doc (26 KB)
Pesquisa A Gazeta.doc (41 KB)
Pesquisa A notícia.doc (22 KB)
Pesquisa Folha do Acre.doc (101 KB)
Pesquisa Gazeta do Acre.doc (75 KB)




Outros arquivos desta conta:

Dissertação da Nilda
 Mohan-Diversos
Relatar se os regulamentos foram violados








Página inicial
Contacta-nos
Ajuda
Opções
Termos e condições
Política de privacidade
Reportar abuso
Copyright © 2012 Minhateca.com.br
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards