concordância verbal

Propaganda
ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO
PROFESSORA MARIA JOSÉ DE SOUZA CORRÊA - 2013
CONCORDÂNCIA VERBAL
COM SUJEITO SIMPLES
I – VERBO CONCORDA COM SUJEITO EM NÚMERO E PESSOA.
II – OS VERBOS QUE NÃO PODEM TER SUJEITO, CHAMADOS DE IMPESSOAIS, SÃO USADOS
SEMPRE NA 3ª PESSOA DO SINGULAR. SE VIEREM ACOMPANHADOS DE AUXILIAR, ESTE FICA NA
3ª PESSOA DO SINGULAR.
III – VERBO TRANSITIVO DIRETO + SE + SUJEITO PACIENTE, O VERBO CONCORDA COM
SUJEITO.
COM SUJEITO INDETERMINADO, O VERBO (NÃO TRANSITIVO DIRETO) ACOMPANHADO DE SE,
FICA NO SINGULAR.
IV – NOME COLETIVO NO SINGULAR, VERBO NO SINGULAR, MESMO QUE SEGUIDO DE NOME NO
PLURAL.
Observações:
1) Um milhão, um bilhão, um trilhão etc. exigem o verbo no singular.
. Usando a conjunção, seguida de número determinado e inteiro, contudo o verbo vai ao plural.
. Se a conjunção não é seguida de número determinado e inteiro o verbo fica no singular.
. Tonelada, também nome coletivo, exige verbo no singular.
. Se no sujeito aparece a conjunção e, não seguida de número determinado e inteiro, o verbo continua no
singular.
. Se os números são determinados e inteiros, porém, o verbo no plural é obrigatório.
2) Quando um coletivo seguido de nome no plural antecede o pronome relativo que, faculta-se a concordância
(com o coletivo ou com o nome).
V – VERBO VIVER, NAS ORAÇÕES OPTATIVAS, CONCORDA COM O SUJEITO. QUE NESSE CASO
APARECE POSPOSTO.
VI – NOMES QUE TERMINAM EM S, EXIGEM VERBO NO PLURAL SE ACOMPANHADOS DE
DETERMINANTE NO PLURAL, CASO CONTRÁRIO, O VERBO FICA NO SINGULAR.
Observações: Nomes de obras artísticas, quando acompanhados de terminante no plural, devem deixar o verbo
no singular.
VII – COLETIVOS PARTITIVOS (A MAIORIA DE, GRANDE PARTE DE, BOM NÚMERO DE, METADE
DE...) SEGUIDOS DE NOME NO PLURAL, DEIXAM O VERBO NO SINGULAR OU NO PLURAL.
VIII - TODOS OS PRONOMES DE TRATAMENTO SÃO DA 3ª PESSOA; PORTANTO EXIGEM O
VERBO NESTA PESSOA.
IX – NÚMEROS PERCENTUAIS E FRACIONÁRIOS EXIGEM CONCORDÂNCIA NORMAL:
. O VERBO TAMBÉM PODE CONCORDAR COM O NOME QUE LHES SEGUE;
. SE ANTES DO NÚMERO PERCENTUAL EXISTIR ARTIGO OU PRONOME ADJETIVO, A
CONCORDÂNCIA SE FARÁ COM ELES;
SUJEITO FORMADO POR NÚMEROS INTEIROS E FRACIONÁRIOS:
. O VERBO FICARÁ NO SINGULAR SE O INTEIRO FOR A UNIDADE.
X – UM + SUBSTANTIVO + QUE EXIGEM VERBO NA 3ª PESSOA DO SINGULAR
XI – PRONOMES RELATIVOS QUE E QUEM: COM QUE, A CONCORDÂNCIA SE FAZ COM O TERMO A
QUE ELE SE REFERE; COM QUEM, O VERBO FICA NA 3ª PESSOA DO SINGULAR.
XII – COM DOIS PRONOMES NO SUJEITO, O VERBO CONCORDARÁ COM O SEGUNDO PRONOME,
SE OS DOIS ESTIVEREM NO PLURAL.
. MAS CONCORDARÁ COM O PRIMEIRO PRONOME SE OS PRONOMES POSSUÍREM NÚMEROS
DISTINTOS.
XIII – COM AS EXPRESSÕES MAIS DE, MENOS DE, CERCA DE, PERTO DE, O VERBO CONCORDA
COM O NUMERAL QUE ACOMPANHA A EXPRESSÃO.
1)
QUANDO O VERBO EXPRIME RECIPROCIDADE DE AÇÃO OU QUANDO LHE SEGUE
UM COLETIVO COM NOME NO PLURAL, O VERBO FICA NO PLURAL.
2)
QUANDO A ESTAS EXPRESSÕES SE SEGUE UM NÚMERO PERCENTUAL, A
CONCORDÂNCIA COM ESTE É OBRIGATÓRIA.
XIV – COM A EXPRESSÃO UM DOS QUE, O VERBO FICARÁ NO PLURAL OBRIGATORIAMENTE.
NA EXPRESSÃO COM SENTIDO CONTRÁRIO, NENHUM DOS QUE OU NEM UM DOS QUE,
NÃO ACEITA O VERBO NO SINGULAR.
Observações:
Quando a expressão um dos que vem entremeada de substantivo, o verbo pode:
. ficar no singular obrigatoriamente. quando a referência verbal se refere a um só ser;
. ficar no plural, quando a referência verbal se faz a dois ou mais seres.
. ficar no singular ou ir para o plural, dependendo do sentido que se queira dar à frase.
COM SUJEITO COMPOSTO
I – . VERBO DEPOIS DO SUJEITO COMPOSTO FICA NO PURAL;
. ANTES DO SUJEITO PODE CONCORDAR COM O NÚCLEO MAIS PRÓXIMO;
. É OBRIGATÓRIO O PLURAL QUANDO A AÇÃO EXPRESSA PELO VERBO É RECÍPROCA
OBSERVAÇÕES:
A) SUJEITO COMPOSTO REPRESENTADO PELO NÚMERO QUE IDENTIFICAM AS HORAS, A
CONCORDÂNCIA SE FAZ NORMALMENTE.
SE O VERBO USADO É DE LIGAÇÃO, INDICANDO DESIGNAÇÃO DE HORAS, DATA,
DISTÂNCIAS, A CONCORDÂNCIA SE FAZ COM A EXPRESSÃO NUMÉRICA.
B) FICA NO SINGULAR O VERBO, QUANDO O SUJEITO COMPOSTO É CONSTITUÍDO DE
ORAÇÕES.
II – SUJEITO FORMADO DE PESSOAS GRAMATICAIS DIFERENTES, O VERBO CONCORDA COM A
PESSOA QUE TEM PRIMAZIA (A PRIMEIRA SOBRE TODAS, A SEGUNDA SOBRE A TERCEIRA).
Observação: Como a segunda pessoa do plural é de uso muito restrito na língua contemporânea, prefere-se o
emprego da terceira quando ocorre a segunda com a terceira.
III – APARECENDO ENTRE OS SUJEITOS AS PALAVRAS COMO, MENOS, INCLUSIVE, EXCETO OU AS
EXPRESSÕES BEM COMO, ASSIM COMO, TANTO QUANTO, OU EQUIVALENTES, O VERBO
CONCORDA COM O PRIMEIRO ELEMENTO.
IV - UM E OUTRO, NEM UM NEM OUTRO, NEM... NEM O VERBO FICARÁ NO SINGULAR OU NO
PLURAL.
Observação: Em orações como um e um são dois, dois e dois são quatro, Corinthians e Palmeiras terminou em
0 a 0, o sujeito é composto mas o predicado não pode ser atribuído a um só núcleo.
V – SUJEITOS QUE APRESENTAM GRADAÇÃO DE IDÉIAS, O VERBO FICA NO SINGULAR.
VI – SUJEITOS SINÔNIMOS OU TOMADOS POR SINÔNIMOS O VERBO FICA NO SINGULAR.
VII – INFINITIVOS ANTÔNIMOS OU DETERMINADOS, O VERBO FICA NO PLURAL.
Observação: Infinitivos não são antônimos ou não vêm determinados, o verbo fica no singular.
VIII – UM PRONOME INDEFINIDO RESUMINDO TODOS OS SUJEITOS ANTERIORES, O VERBO
FICA NO SINGULAR.
Observação: No singular ainda fica o verbo quando, depois do pronome indefinido, aparece a expressão e
muito mais ou equivalente.
IX – VÁRIOS SUJEITOS TÊM COMO ADJUNTO O PRONOME CADA OU NENHUM O VERBO FICA NO
SINGULAR.
X – SUJEITOS LIGADOS POR NÃO SÓ...MAS TAMBÉM, TANTO...COMO OU EQUIVALENTES O VERBO
FICA NO PLURAL.
XI – SUJEITOS LIGADOS PELA PREPOSIÇÃO COM O VERBO FICA NO PLURAL
Observação: Desejando se dar ênfase ao primeiro sujeito, quer por sua importância, quer por deliberação
própria do autor da frase, o verbo com ele concorda.
XII – . ENTRE OS SUJEITOS APARECE A CONJUNÇÃO OU, O VERBO FICA NO SINGULAR SE HÁ A
IDÉIA DE EXCLUSÃO OU SINÔNÍMIA.
. SE O SUJEITO FOR CONSTITUÍDO DE PESSOAS GRAMATICAIS DIFERENTES O VERBO
CONCORDA COM A PESSOA MAIS PRÓXIMA.
TAMBÉM SERÁ ASSIM SE A ESTE SUJEITO FOR ACRESCENTADO NEM...NEM,
XIII – UM OU OUTRO FAZ PARTE DO SUJEITO O VERBO FICA NO SINGULAR.
XIV) QUANDO DOIS OU MAIS ADJUNTOS MODIFICAM UM ÚNICO SUJEITO, O VERBO FICA NO
SINGULAR.
SE PORÉM HOUVER DOIS OU MAIS NÚCLEOS, REPRESENTADOS POR SUBSTANTIVO E
PRONOME, O VERBO FICA NO PLURAL.
(Fonte: SACCONI, Luiz Antonio. Nossa Gramática. Teoria e Prática. 18 ed. São Paulo: Atual. 1994)
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards