o estágio curricular e o desenvolvimento das competências ético

Propaganda
Formação do Enfermeiro: cuidado ecológico, transculturalidade e cidadania
O ESTÁGIO CURRICULAR E O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETÊNCIAS
ÉTICO MORAIS NA FORMAÇÃO EM ENFERMAGEM
Autores:
HELOIZA MARIA SIQUEIRA RENNÓ - Enfermeira - Mestre - Universidade Federal de São João Del Rei - [email protected]
MARIA JOSÉ MENEZES BRITO - Enfermeira - Doutora - Universidade Federal de Minas Gerais - [email protected]
FLÁVIA REGINA SOUZA RAMOS - Enfermeira - Doutora - Universidade Federal de Santa Catarina - [email protected]
Introdução: O estágio é um dispositivo pedagógico privilegiado de vivências pelos estudantes de problemas, ligadas às
questões assistenciais e gerenciais, que demandam escolhas e estabelecimento de prioridades, o que contribui para o
desenvolvimento de suas competências ético-morais.
Objetivos: Descrever as questões éticas que permeiam o estágio curricular e sua relação com o desenvolvimento de
competências ético-morais nos estudantes de enfermagem.
Resultados: A análise documental apontou diversos dispositivos pedagógicos para desenvolvimento de competências éticomorais. Os estudantes vivenciam dilemas éticos no cotidiano do trabalho em saúde, que remetem à reflexão sobre a questão
do cuidado em sua dimensão ética. Os problemas éticos são condicionados à precariedade do sistema de saúde e a aspectos
referentes ao processo de ensino aprendizagem. As questões que se colocam podem desenvolver nos estudantes competências
ético-morais e/ou causar sofrimento moral, rupturas identitárias, adoecimentos e abandono do curso.
Conclusão: O estágio tem papel importante no desenvolvimento das competências ético-morais. Os cursos devem enfatizar
conceitos e vivências que promovam cidadania, ética, moral e valores no processo de formação, dentre outras ações que
provoquem mudanças nos processos de ensino aprendizagem.
Descritores: Estudantes de Enfermagem | Ética | Educação em Enfermagem
249
Download
Random flashcards
Criar flashcards