Processos vitais comuns aos seres humanos

Propaganda
Ciências da Natureza 6º ano
Ficha informativa
Processos vitais comuns aos seres vivos – Circulação de ar
O mundo das ciências 6
1. Movimentos respiratórios – ar inspirado e ar expirado
O ar é indispensável à existência de vida na Terra. Para obterem o ar necessário, alguns seres vivos realizam
movimentos respiratórios.
Estamos continuamente a efetuar movimentos respiratórios. É através dos movimentos que se realiza a ventilação
pulmonar , isto é, a renovação do ar nas vias respiratórias com vista às trocas gasosas nos pulmões. Um movimento
respiratório apresenta duas fases: a inspiração e a expiração.
INSPIRAÇÃO
EXPIRAÇÃO
Durante a inspiração, o diafragma e os músculos intercostais
contraem-se. O diafragma baixa, as costelas levantam e o
esterno projeta-se para a frente. A caixa torácica aumenta de
volume, o que faz com que os pulmões também aumentem
de volume, recebendo ar através das vias respiratórias.
Durante a expiração, o diafragma e os músculos intercostais
relaxam. O diafragma, as costelas e o esterno voltam à
posição inicial. A caixa torácica diminui de volume, o que faz
com que os pulmões também diminuam de volume, saindo o
ar para o exterior através das vias respiratórias.
O ar inspirado é diferente do ar expirado.
1
2. Sistema respiratório – pulmões e vias
respiratórias
O sistema respiratório é constituído pelas vias
respiratórias, através das quais o ar é conduzido até
aos pulmões, e pelos pulmões, onde ocorrem as trocas
gasosas entre o ar atmosférico e o sangue.
Ao nível dos alvéolos pulmonares ocorre a hematose
pulmonar, isto é, ocorrem as trocas gasosas entre o ar
atmosférico e o sangue. Durante este fenómeno,
ocorre a passagem de oxigénio do interior do alvéolo
pulmonar para o sangue e a passagem de dióxido de
carbono do sangue para o interior do alvéolo
pulmonar. Graças à hematose pulmonar, o sangue fica
enriquecido em oxigénio e é transportado a todas as
células do organismo.
3. Sistema respiratório dos peixes
Os peixes possuem um sistema respiratório que lhes permite
realizar as trocas gasosas diretamente com a água. O sistema
respiratório de um peixe é constituído por brânquias, que se
encontram no interior da câmara branquial e que estão
protegidas pelo opérculo.
A água com o oxigénio dissolvido entra pela boca do peixe, passa pelas
brânquias – onde se efetua a hematose branquial (o oxigénio passa para o
sangue e o dióxido de carbono passa para a água) – e sai pela abertura do
opérculo.
Informação retirada de:
Preparar para testes – Ciências da Natureza 6
Areal editores
2
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards