Bom dia Dr Paulo

Propaganda
PROFILAXIA ANTIMICROBIANA NAS
CARDIOPATIAS
NA PRÁTICA ODONTOLÓGICA
ANVISA
INDICAÇÃO DA PROFILAXIA
A profilaxia antimicrobiana está indicada para pacientes com as seguintes cardiopatias:
A. Cardiopatias classificadas em alto risco para endocardite:







portador de prótese de valva cardíaca;
valvulopatias;
endocardite prévia;
doença cardíaca congênita cianótica;
derivações sistêmico-pulmonares construídas cirurgicamente;
comunicação interventricular não corrigida;
disfunção valvar adquirida (ex: doença cardíaca reumática).
B. Cardiopatias classificadas em risco moderado para endocardite:




maior parte das outras malformações cardíacas congênitas (além das citadas);
cardiomiopatia hipertrófica;
prolapso de valva mitral com regurgitação valvar e/ou folhetos espessados;
degeneração valvar
A profilaxia da endocardite não é recomendada nas seguintes cardiopatias:






comunicação intra-atrial isolada;
comunicação interventricular ou comunicação inter-atrial ou persistência do
ducto arterioso corrigidos cirurgicamente;
cirurgia anterior de revascularização miocárdica;
prolapso da válvula mitral sem regurgitação valvar;
sopros cardíacos fisiológicos ou funcionais;
marcapassos cardíacos.
Atenção!
Indivíduos com risco de
desenvolver endocardite infecciosa
devem estabelecer e manter a
melhor saúde oral possível.
http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/controle/rede_rm/cursos/atm_racional/modulo3/
indicacao_odontologica3.htm
PROFILAXIA ANTIMICROBIANA
Os antimicrobianos utilizados para profilaxia em procedimentos odontológicos devem:


apresentar atividade contra os microorganismos patogênicos e colonizantes
presentes na cavidade oral (mucosa/gengivas/dentes);
alcançar concentrações efetivas nos locais destinados à prevenção, antes que os
microrganismos alcancem estes locais por via hematogênica.
Enxágües da boca com soluções anti-sépticas, à base de clorexidina e
iodopovidona, imediatamente antes dos procedimentos dentários,
podem reduzir a incidência ou a magnitude de bacteremia. Quinze
mililitros de clorexidina podem ser utilizados em pacientes sob risco,
por meio de enxágüe oral leve, por 30 segundos antes do tratamento
dentário. No entanto, existe a preocupação do uso prolongado ou
repetido destas soluções e a seleção de microrganismos resistentes.
Otimização do momento de início da profilaxia
Os antimicrobianos devem ser administrados a fim de fornecer um nível de pico sérico
efetivo, quando da realização de procedimentos que possam causar bacteremia. Não
existe justificativa para iniciar o antimicrobiano mais cedo do que o realmente
necessário. Quando o início da profilaxia é feito horas antes da realização do
procedimento, tem-se observado que os microrganismos sensíveis à penicilina podem
ser substituídos por outros resistentes a eles, podendo causar endocardite. Portanto, a
administração realizada 30 a 60 minutos antes do procedimento é considerada
apropriada. Se o procedimento tiver uma duração de 1 a 2 horas, uma dose
suplementar deverá ser aplicada.
Otimização da duração da profilaxia
Estudos em modelos animais têm evidenciado que o uso de dose única é suficiente para
a prevenção da endocardite infecciosa. Apesar disso, observa-se que muitos
profissionais têm utilizado a profilaxia antimicrobiana, por maior tempo,
desnecessariamente. Esta prática abusiva pode levar à emergência de microrganismos
resistentes e expor o paciente a risco de reações adversas ocasionadas pela
medicação.
Devemos lembrar que o uso de antimicrobianos com a finalidade profilática das
infecções associadas à realização de procedimentos dentários, é apenas um elemento na
prevenção de infecções.
Além da indicação apropriada da profilaxia (somente para procedimentos
reconhecidamente de alto risco), existem outros elementos fundamentais na prevenção,
como:



utilização de artigos esterilizados para procedimentos intra-orais. A desinfecção
poderá ser suficiente para alguns artigos que entram em contato somente com
mucosa íntegra;
utilização de boas práticas de controle de infecção;
manutenção rígida de técnica asséptica durante a realização de procedimentos
intra-orais.
http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/controle/rede_rm/cursos/atm_racional/modulo3/
escolha.htm
Download
Random flashcards
Criar flashcards