CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE BACTÉRIAS ISOLADAS

Propaganda
I CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA AGROPECUÁRIA,
AGRÍCOLA E AMBIENTAL (CBMAAA)
09 a 12 de maio de 2016 - Centro de Convenções da UNESP,
Câmpus de Jaboticabal, SP
CARACTERIZAÇÃO
MORFOLÓGICA
DE
BACTÉRIAS
ISOLADAS DO AR EM REGIÕES DE CULTIVO DE UVAS
VINÍFERAS
Suemis Maria Parenti de Souza(1)
Nathasha de Azevedo Lira (2)
Maria Cristina Martins (3)
Cristina Ferreira Silva(4)
Luís Roberto Batista (5)
Resumo
As uvas viníferas estão suscetíveis a sofrer contaminação por microrganismos presentes
no ambiente da lavoura em diferentes fases de cultivo. Considerando o ar um meio de
propagação destes microrganismos, este estudo teve como objetivo isolar as bactérias
presentes ao redor da videira em dois vinhedos no Sul de Minas Gerais (Três Corações-MG,
denominada vinícula 1 e Três Pontas- MG,denominada vinícula 2) e identificar por testes
bioquímicos as bactérias gram negativas. A metodologia utilizada para o isolamento de
bactérias foi o de sedimentação espontânea em placa de Petri, em 3 pontos equidistantes em
cada vinhedo. As placas com os meios BHI e MRS foram expostas ao ar por 5 minutos e após
acondicionadas em caixas térmicas e levadas ao Laboratório de Micotoxinas e Micologia de
Alimentos DCA/UFLA. Todas as placas foram incubadas a 28°C por 24 a 48 horas. Obtevese o numero total de unidades formadoras de colônias (UFC) e em seguida, fez-se a
caracterização morfológica das colônias, considerando, forma, elevação, borda, coloração e
tamanho. O número dos isolados foi determinado a partir do valor da raiz quadrada do
número para cada grupo de colônias. Os isolados foram submetidos à coloração de Gram e
caracterização morfológica das células e identificação das bactérias gram negativas utilizando
métodos bioquímicos (sistema Bactray). Na vinícola 1 foram encontrados 210 UFC, sendo
apresentado 19
diferentes morfotipos. Na vinícola 2 foram encontrados 110 UFC,
apresentando 12 morfotipos. As bactérias gram negativas isoladas foram identificadas como
Escherichia coli, Klebsiella ozaenae e Acinetobacter sp. Os demais microrganismos foram
1
Mestranda em Microbiologia Agrícola Pela Universidade Federal de Lavras. Endereço eletrônico: [email protected] 2 Mestranda
em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Lavras. Endereço eletrônico: [email protected] 3Professora na
Universidade Federal de Lavras. Endereço eletrônico: [email protected], 4Professor na Universidade Federal de Lavras. Endereço
eletrônico: [email protected]
! "
#$
%&''
( )*+ ,
I CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA AGROPECUÁRIA,
AGRÍCOLA E AMBIENTAL (CBMAAA)
09 a 12 de maio de 2016 - Centro de Convenções da UNESP,
Câmpus de Jaboticabal, SP
agrupados de acordo com suas características morfológicas para posterior identificação.
Conclui-se que das bactérias isoladas do ar em regiões de cultivo de uvas viníferas sua grande
maioria foram Gram + e as bactérias Gram – isoladas foram identificadas com testes
bioquímicos.
Agradecimentos: Á Fapemig, ao CNPQ e a CAPES pela concessão de bolsa de Mestrado ao
primeiro autor.
Palavras-chave: Vitis vinifera. Microbiologia do ar. Coloração de gram.
! "
#$
%&''
( )*+ ,
Download